Equilibrar vida profissional e pessoal é desafio para franqueadas

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

sobrancelhas mercado de franquias

O fato de serem mães e terem uma família para zelar, não atrapalhou as franqueadas Luzia Costa, do Grupo Sóbrancelhas e Maria Eduarda Baumer, do Play Space de triunfarem em suas carreiras e colecionarem sucesso. Atuando em setores diferentes e compartilhando uma jornada brilhante, as profissionais colhem os frutos do bom planejamento.

A caminhada de Luzia Costa, 36, presidente do Grupo Sóbrancelhas, não foi fácil, mas as dificuldades foram superadas ao lado do primogênito.  Por muitas vezes o filho foi à única companhia da empresária, visto que o marido trabalhava durante todo o dia. Caio, hoje com 16 anos, esteve com a mãe inclusive em uma temporada de trabalho no litoral paulista, local onde ela tinha uma tenda de massagem. Enquanto a mãe atendia banhistas em praias de Ubatuba, o garoto brincava na areia aguardando a volta para casa. Atualmente, o jovem atua na empresa da família, que no último ano faturou acima dos R$ 50 milhões e já possui quase 200 lojas. Mãe também de uma menina de 9 anos, Renata, a empresária se orgulha de ter criado os filhos e erguido uma empresa simultaneamente.

 

Essa também é a realidade da empreendedora carioca Maria Eduarda Baumer, 40, mãe da Letícia, Stella, Pedro e Antônio, que administra o próprio negócio. A empresária até parece fazer mágica para conciliar tantas tarefas no dia a dia, mas é assim que ela se sente realizada e completa há 19 anos, desde que criou a rede de recreação lúdica Play Space. A organização possui um conceito diferenciado e proporciona conforto e diversão às crianças, que têm liberdade para brincar nos espaços cheios de cor e magia, enquanto os adultos podem passear tranquilos enquanto deixam os pequenos em segurança. Se dividindo entre as cinco unidades do Play Space em São Paulo, Maria Eduarda não abre mão de estar presente nas atividades dos filhos e participar da rotina da casa.

Equilibrar o tempo entre família e carreira é a principal dificuldade que as franqueadas enfrentam. Bem-sucedidas Luzia e Maria Eduarda provam que com planejamento e dedicação é possível obter êxito em todos os campos.

Comentários