Recém chegada, Bidon Corretora de Seguros foca em grandes Estados

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

A Bidon Corretora de Seguros, rede que já conquistou 30 unidades por todo o Brasil, com pouco mais de cinco meses de operação no franchising, entra 2017 com o pé direito e meta para chegar ao faturamento bruto de – nada mais, nada menos – R$15 milhões até o final de 2017, com 100 franquias em operação. “Somente para o primeiro semestre desse ano, nosso objetivo é bater os R$6 milhões, com 50 unidades em funcionamento”, conta Henrique Mol, diretor executivo da marca. Em 2016, o faturamento bruto total da franqueadora já foi de R$10 milhões.

A Bidon atua no mercado de seguros em diversas áreas: acidentes pessoais, empresarial, condomínios, responsabilidade civil, risco de engenharia, imobiliário, caminhão, motos, frotas de veículos, e o carro-chefe – seguros de automóveis. E segundo a CNseg (Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização), em 2017, o mercado geral de seguros deve chegar aos 10% de crescimento.

E, de acordo com o diretor executivo da rede, Henrique Mol, os Estados de Minas Gerais e São Paulo são os que mais vêm atraindo novos investidores. “Juntos, essas duas regiões somam oito unidades da rede, atualmente. E esperamos que, até o final de 2017, esse número chegue a 30 unidades”, revela o executivo, otimista, principalmente diante da retomada lenta, porém, gradual da economia do país.

Bidon_corretora_41

EM TERRAS MINEIRAS

Somente em Minas Gerais, a Bidon possui cinco unidades: quatro em Belo Horizonte e uma no interior do Estado. E para 2017, a meta é completar a marca de 15 franqueados em todo o Estado Mineiro, sendo 10 novos franqueados somente na capital mineira e mais cinco em cidades do interior do Estado.

O objetivo da rede é focar na capital mineira e nos polos com número grande de habitantes no Estado, aumentando assim o potencial de mercado e as possibilidades de investimento dos novos franqueados. “Nossa estratégia está focada em número de habitantes. Cidades com número superior a 200 mil habitantes mostram-se mercados com evolução rápida do franqueado em volume de vendas”, explica Mol.

E Minas Gerais certamente é um dos cenários mais favoráveis para isso. O mercado segurador em Minas permanece em constante ascensão. Segundo a Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (Cnseg), desde 2015, o crescimento do segmento no Estado vem sendo em torno de 10% ao ano.

Além disso, dados do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Minas Gerais (Sinduscon/MG), mostraram que em julho de 2016, por exemplo, foi registrado o segundo maior volume de vendas de imóveis residenciais do ano em Belo Horizonte e Nova Lima. “E tudo indica que em 2017, essas vendas em imóveis continuaram crescendo – até mesmo as de automóveis. O que consequentemente atrai nosso consumidor final em busca de seguros e consórcios para manter e adquirir bens como esses”. Por isso devemos investir fortemente na conquista de novos franqueados nessa região do país.

Bidon

NAS TERRAS MAIS RICAS DO PAÍS…

Em um dos Estados com o maior PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil, a Bidon também pretende ser referência em 2017. De acordo com dados da Fundação Seade, para se ter uma ideia, o PIB industrial do Estado de São Paulo cresceu 3,8% no segundo trimestre de 2016, sobre o primeiro. “Isso é só uma mostra que a economia do país, principalmente, nas regiões mais populosas do Brasil, está voltando a se reerguer, aumentando assim o potencial de compra dos consumidores e, consequentemente, a busca por serviços de proteção a bens materiais como os seguros”, acredita Mol.

De acordo com o Sincor-SP (Sindicato dos Corretores de Seguros no Estado de São Paulo), para 2017, o mercado de seguros deve crescer junto com o desenvolvimento do estado paulista – o setor de seguros deve crescer, em termos nominais, cerca de 10%. E por isso, que desde sua entrada no franchising, em dezembro de 2016, a Bidon vem reforçando sua presença e investindo na conquista de novas unidades da marca nessa região do país.

 

Atualmente 3, dos 30 franqueados da marca, estão no estado de São Paulo. “Até o fim do ano devemos chegar a 5 unidades da Bidon, somente na capital paulista, e mais 10 em cidades do interior do Estado”, afirma o diretor da marca. “Em longo prazo queremos estar presentes em todas as mais de 640 cidades de São Paulo. Afinal, temos uma grande presença em vendas e conhecimento da marca nesta região”, acredita o executivo.

Diferenciais da rede

Para tanto a Bidon Corretora de Seguros deve investir cerca de R$150 mil esse ano, em ações de divulgação da marca e para captação de novos franqueados. “Vamos estar presentes nas principais feiras do setor, apostar em um networking eficiente e fazer com a marca seja uma das maiores do país em números de unidade e faturamento até o final do ano”, acredita o diretor.

E para conquistar novos franqueados, a taxa de investimento acessível (R$10 mil) e a alta rentabilidade (R$7 mil), assim como o trabalho flexível possibilitado pelo modelo de negócio da marca (home office) serão reforçados a todo momento nesse plano de expansão.

Fale com a Franquia

Nome

Email

Telefone

Mensagem

Comentários