Franquia de viagem: esse negócio é para você?

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

As franquias de viagem são excelentes opções para quem está pensando em empreender e não é à toa. O mercado está aquecido e as franquias de turismo cresceram mais do que qualquer outro segmento no começo deste ano, cerca de 37% de acordo com a ABF (Associação Brasileira de Franchising).

Porém, como qualquer outra franquia, é um negócio que depende, entre outros fatores, da gestão do franqueado, e é muito importante que você garanta que tem o perfil para estar à frente de uma franquia de viagem.

Para ter algumas pistas sobre isso, listamos as principais perguntas que você deve se fazer antes de assinar com a franqueadora. Veja quais são!

Tenho espírito empreendedor?

As franqueadoras tendem a procurar interessados que tenham vontade não só de investir em um novo negócio, mas de colocar a mão na massa, superar desafios e inovar.

Isso porque, apesar de os franqueadores precisarem seguir certos padrões, também são estimulados a atualizar a franqueadora e dar sugestões baseadas no que vivem no dia a dia da operação.

Apesar do turismo ser uma área que prosperou no ano passado e segue crescendo em 2017, o setor já penou muito nos últimos anos e é necessário que o franqueado tenha garra e determinação para fazer sua unidade vencer momentos de crise e desaquecimento do mercado.

Se você gosta de colocar a mão na massa e tem espírito empreendedor esse é um ponto que te deixa muito mais perto de ser um franqueado, mas ainda assim é necessário ter certeza de que esse é o mercado certo para você. Reflita sobre as próximas questões e responda!

Gosto de viajar ou tenho interesse por viagens?

Você faria uma faculdade relacionada à um assunto que não gosta? Ou trabalharia diariamente com algo pelo qual não nutre nenhum interesse? Talvez a resposta até seja positiva, mas certamente essas situações não seriam lá muito agradáveis, não é mesmo?

Quem quer abrir uma franquia de viagens precisa gostar muito do mercado, ter paixão por viagens e se interessar em conhecer sobre o assunto, já que vai conversar com fornecedores e clientes sobre isso.

É essencial que o franqueado pesquise, estude e viva o universo de viagens para que possa trocar figurinhas com parceiros e dar dicas apropriadas para os clientes, que podem não saber o que fazer em uma cidade, qual a temperatura média na época em que vão viajar e se precisarão ou não de um visto para entrar no país.

Quero trabalhar com um segmento com vários produtos e públicos?

O turismo é um mercado bastante diversificado, e quem trabalha com agência de viagens tem a oportunidade de trabalhar com vários tipos de produtos e público. Você pode vender, por exemplo, para estudantes, famílias, profissionais viajando a trabalho e até empresas inteiras que levam os funcionários para treinamentos em outras cidades.

Se você gosta de ter uma rotina e um mix pequeno de produtos talvez essa não seja a melhor escolha. O franqueado que atua com turismo deve ser flexível e saber ouvir as necessidades do cliente para propor as melhores condições dentro de um portfólio imenso de possibilidade e experiências.

Estou disposto a ouvir e ajudar o cliente com opções personalizadas?

Quem trabalha com turismo sabe que não é raro aparecerem clientes que querem fazer uma viagem, mas não sabem exatamente por onde começar, e uma das suas tarefas como franqueado pode ser prestar auxílio para essas pessoas.

Se aparecer um cliente que quer fazer um intercâmbio para estudar inglês, mas também quer aproveitar para surfar, você seria capaz de indicar um bom destino para ele? Você conseguiria indicar alguns lugares possíveis para um casal em lua de mel que quer aproveitar o inverno brasileiro com um orçamento limitado? E qual seriam suas indicações para uma família que fará a primeira viagem com um bebê de um ano de idade?

Os profissionais que atuam com viagens devem conhecer bem os produtos que comercializam, mas também saber reconhecer os gostos e necessidades de cada turista e indicar as melhores opções para cada um. Dessa forma, garante que o viajante tenha a melhor experiência possível e se torne um cliente fiel.

Tenho uma boa rede de contatos ou estou disposto a construir uma?

Essa vale, principalmente para quem quer trabalhar em regime home office, um dos modelos mais populares de franquias de viagem. No começo, o franqueado pode começar a vender para pessoas próximas, como amigos e familiares.

O interessante é que ele já tenha uma boa rede de contatos que goste de viajar ou que tenha interesse em construir uma para fidelizar os consumidores. Além disso, para fazer seu negócio crescer, é recomendado que o franqueado visite feiras, eventos e aproveite outras oportunidades para fazer novas parcerias e trazer mais negócios para sua empresa.

É claro que o marketing e prospecção também acontecem online, através de ferramentas como as redes sociais, links patrocinados e e-mail marketing, mas uma aproximação física também pode resultar em boas oportunidades de negócio.

Consigo seguir orientações da franquia?

Como você já sabe, uma franquia é um modelo de negócio que já foi testado e aprovado, e, por isso, quando você se torna franqueado, precisa seguir algumas orientações da rede e seguir os padrões que já foram estabelecidos.

É claro que você tem autonomia em muitas áreas, mas existem certos processos que são decisivos para o bom andamento da empresa e a franqueadora vai exigir que eles sejam cumpridos. É de extrema importância que você saiba exatamente quais são esses deveres que tem com a rede e que tenha certeza que pode cumpri-los, antes de assinar o contrato.

Franquia Encontre Sua Viagem

Como modelos de franquias home-based e loja física, a Encontre Sua Viagem é uma rede de franquias de viagens que trabalha com passagens, hospedagem e outros serviços que deixam a viagem do cliente ainda mais completa.

Com mais de 500 unidades franqueadas no país e mil parceiros em seu portfólio é uma opção interessante para quem deseja investir em uma franquia de turismo contando com a expertise de uma empresa que está no mercado desde 2011.

Investimento total: R$ 5 mil a R$ 40 mil
Taxa de franquia: R$ 3 mil a R$ 20 mil
Faturamento médio mensal: R$ 70 mil a R$ 200 mil
Prazo de retorno: de 3 a 24 meses

Leia também:

franquia de turismo

Fale com a Franquia

Nome

Email

Telefone

Mensagem

Comentários