Franquias de entretenimento e lazer: esse negócio é para você?

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Mesmo com o mercado retraído por conta da crise econômica, um fato é certo: as pessoas continuam investindo em entretenimento para espairecer sempre que podem. Dentro desse contexto, as franquias de entretenimento e lazer surgem como uma ótima opção para aqueles que estão buscando empreender.

Isso acontece porque, atualmente, não dá mais para dizer que esse setor é voltado exclusivamente às crianças. Clientes de todas as idades e com os mais variados gostos buscam opções para se divertirem e se distraírem. Enfim, este ramo é uma excelente opção para quem quer entrar no mercado de franquias.

franquias de entretenimento esse negócio é para você

Para que tenha ideia, de acordo com dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor de entretenimento e lazer faturou 534 milhões de reais no primeiro trimestre de 2017.

Mas, mesmo com o cenário positivo, é importante estar atento a outros fatores na hora de investir, como acontece com qualquer outra franquia. Isso porque esse é um negócio que depende, entre outras questões, da gestão do franqueado. Aqui, você precisa ter um perfil determinado para estar à frente de franquias de entretenimento e lazer.

Para que você tenha dados sobre isso, listamos as principais perguntas que você deve se fazer antes de assinar com a franqueadora. Confira!

Tenho perfil de franqueado?

Antes de seguir com a ideia de investir em uma franquia, é preciso avaliar se você tem perfil de franqueado. Na realidade, independente do segmento em que quer atuar, uma característica é tida como requisito básico para o investidor: espírito empreendedor.

E, além dessa característica básica para franquias de todos os setores, é possível que as redes façam exigências pontuais. Formação em determinadas áreas, idade mínima, experiência anterior no ramo e habilidades de comunicação e gestão de pessoas, por exemplo, podem ser atributos essenciais para algumas marcas.

Com isso na cabeça, se você gosta de colocar a mão na massa e tem espírito empreendedor, possivelmente esse é um ponto que o deixa mais perto de ser um franqueado. Mesmo assim, ainda é necessário ter certeza de que esse é o mercado certo para você. Por isso, reflita sobre as próximas questões e responda!

Gosto de atuar com lazer ou tenho interesse por entretenimento?

Pare e pense: você faria uma faculdade relacionada a um assunto que não gosta? Ou trabalharia diariamente com algo pelo qual não nutre nenhum interesse? Por mais que você tenha respondido positivamente a essas questões, certamente não teria muito futuro com esse ramo de atuação, uma vez que é importante gostar do seu trabalho para ter sucesso na carreira profissional.

Por isso, quem quer abrir franquias de entretenimento e lazer precisa gostar muito do mercado, ter paixão por esse setor e se interessar em conhecer tudo sobre o assunto. Lembre-se: você vai conversar com fornecedores e clientes sobre isso.

Mais do que isso: é muito importante que o franqueado pesquise, estude e viva o universo de entretenimento para que possa trocar figurinhas com parceiros e dar dicas apropriadas para os clientes, que podem não saber como relaxar, precisando de ajuda para definir em qual tipo de lazer investir.

Outro ponto importante: como este é um ramo que atua com aquilo que distrai o público, trabalhar aos finais de semana e feriados é normal neste setor. Então, pontue se você está disposto a abrir mão desses dias de descanso para trabalhar, o que é inevitável neste segmento.

Quero trabalhar com um segmento com vários produtos e públicos?

Um dos pontos altos do mercado de franquias de entretenimento e lazer é a extensa gama de possibilidades de atuação. De espaços para festas e convivência até máquinas e lojas de brinquedos, as opções de serviços e produtos são diversas.

E não é só isso. A diversidade entre os públicos com os quais você pode atuar também é muito grande, uma vez que o mundo do entretenimento atinge de crianças aos adolescentes e adultos.

Por isso, se você gosta de ter uma rotina e um mix restrito de produtos, talvez essa não seja a melhor escolha. O franqueado que atua com entretenimento deve ser flexível e saber ouvir as necessidades do cliente para propor as melhores condições dentro de um portfólio imenso de possibilidades e experiências.

Estou disposto a ouvir e ajudar o cliente com opções personalizadas?

Atuar com entretenimento quer dizer, também, que você vai mexer com um lado de idealizações de seu cliente. Divertir-se é um momento de realização, de aprendizado e de relaxamento, o que faz com que trabalhar com esse serviço se torne muito gratificante para o empreendedor.

Você terá a chance de fazer com que o cliente se esqueça dos problemas por alguns momentos, o que faz com que a experiência com a sua marca seja ainda melhor. Dessa forma, certamente os consumidores voltarão muitas e muitas vezes para comprar com você.

Mas quem trabalha com entretenimento sabe que não é raro aparecerem clientes que querem espairecer, mas não sabem exatamente por onde começar. Portanto, uma das suas tarefas como franqueado pode ser prestar auxílio para essas pessoas.

Se aparecer um cliente que quer se divertir com a família, você saberia o que indicar? E se a ideia é fazer algo com quem se ama, qual seria a sua opção? Solteiros também querem se divertir, por isso você precisa ter uma ideia para eles também, ok?

Enfim, os profissionais que atuam com entretenimento devem conhecer bem os produtos que comercializam, mas também saber reconhecer os gostos e as necessidades de cada cliente para indicar as melhores opções para cada um. Dessa forma, garante que a pessoa tenha a melhor experiência possível e se torne um cliente fiel.

Consigo seguir orientações da franquia?

Uma franquia é um modelo de negócio que já foi testado e aprovado. Exatamente por isso que, ao se tornar um franqueado, você precisa seguir orientações preestabelecida pela rede.

Mesmo assim, você tem autonomia em diversas áreas, mas existem processos que são decisivos para o bom andamento da empresa e a franqueadora vai exigir que eles sejam cumpridos. Por isso, o indicado é que você saiba quais são os deveres com a rede e que tenha certeza de que pode cumpri-los, antes de assinar o contrato.

Outro ponto importante é que franqueados precisam estar dispostos a seguir todas as normas impostas pela franqueadora – seja usando os fornecedores homologados ou aplicando técnicas específicas de atendimento no dia a dia. Por isso, um franqueado deve entender que ele é um empreendedor com limitações, já que precisa seguir regras e padrões. E, além disso, você precisa ter disciplina.

Franquias de entretenimento? GEmotion é opção

Para quem quer atuar no mercado de franquias de entretenimento e lazer, a GEmotion é uma excelente pedida. A marca surgiu no mercado brasileiro em 2017 com a promessa de proporcionar a adultos e crianças diversas experiências em realidade virtual.

franquias de entretenimento gemotion

As nove dimensões apresentadas ao público vão de vivência em montanha russa a parque de dinossauros, de ambientes de terror e a temáticas infantis. Tudo a rigor do gosto dos clientes. Os jogos duram cerca de cinco minutos e dependem de apenas um funcionário para operar a máquina.

Investimento total: R$ 100 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil
Royalties: R$ 1 mil
Faturamento médio: R$ 35 mil
Prazo de retorno: 4 a 7 meses

Fale com a Franquia

Nome

Email

Telefone

Mensagem

Comentários