Jovens empreendedores dão cara nova ao mercado imobiliário

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

As atividades de compra e venda de imóveis no Brasil são baseadas, por vezes, em relações informais. Disposta a transformar essa realidade, a RE/MAX Brasil, integrante da rede de franquias que mais vende imóveis no mundo, tem investido tempo e dinheiro para  profissionalizar o mercado imobiliário por meio do incentivo à qualificação de franqueados e corretores,  gestão de pessoas e implementação de processos éticos e competitivos.
O foco da rede está no atendimento ao cliente vendedor e na adequação do imóvel aos preços e exigências do mercado. No intuito de dividir este conhecimento, adquirido a longo de mais de 40 anos de história, a franqueadora promove a capacitação profissional por meio de cursos presenciais e online desenvolvidos pela Universidade RE/MAX. Esses fatores atraem cada vez mais jovens empreendedores, que enxergam um propósito nos negócios acima do lucro e desejam gerar valor para os corretores associados e clientes.
REMAX Class - By Daiana Sampaio
Esses diferenciais, que contribuem para a melhora de todo o mercado imobiliário, atraíram os empreendedores Vinicius Capella Trevisan, de 22 anos, e Gabriela Capella Trevisan, de 27 anos. Desde a metade de 2016, os irmãos administram juntos uma unidade RE/MAX na zona Oeste de São Paulo. De acordo com Vinícius, os consultores imobiliários associados à franquia são unânimes em ressaltar as mudanças que os cursos da Universidade promoveram em sua forma de atuar na área. “Um deles deixou de encarar os concorrentes como inimigos e agora os vê como parceiros”, explica.
“Quando comecei a pesquisar sobre o funcionamento do mercado imobiliário, ouvi muitas críticas por conta da falta de profissionalismo dos corretores. Cheguei a considerar não entrar no ramo”, afirma Vincenzo Russo, de 30 anos, outro franqueado da RE/MAX Brasil, que inaugurou seu negócio em sociedade com o irmão, Stefano, de 27 anos, no segundo semestre de 2015.
Em ambos os casos, há uma forte vontade de amadurecer os negócios familiares. Vincenzo e Stephano são netos de um italiano, que chegou a São Paulo em meados de 1950, conseguiu montar um pequeno negócio e comprar propriedades para alugar. Já a mãe de Vinicius e Gabriela, Tânia Capella, trabalha há 19 anos com imóveis comerciais, e os filhos decidiram expandir a operação para os residenciais.
Os quatro optaram pela franquia da RE/MAX Brasil porque a marca se diferencia dos demais concorrentes pelos processos de gestão. Esse fator deu segurança à escolha de todos. “Os clientes vendedores sabem que nós buscaremos o melhor negócio para eles, os compradores ganham qualidade no atendimento e os corretores têm a certeza de que receberão suas comissões, pois há muita transparência”, assegura Vincenzo. Stefano concorda com o irmão: “sou corretor, atuo na ponta do nosso negócio. Desde que tirei o Creci, vejo que nosso método traz muito mais resultados, por ser bem profissional e mais eficiente”.
Cada corretor da RE/MAX Brasil deve ter até 20 imóveis no portfólio, com preços listados dentro dos valores de mercado. Peixoto Accyoli, CEO da RE/MAX Brasil, destaca que esses profissionais não necessariamente devem ter experiência no setor. “O bom agente imobiliário é aquele que se torna especialista e está em constante desenvolvimento pessoal e profissional. Este é o caminho do sucesso”, afirma. “Oferecer estas oportunidades para reinventar a carreira, em conjunto com planejamento, gestão e a visibilidade de uma marca sólida são os fatores que atraem esta nova geração de empreendedores”, explica o executivo.

Fale com a Franquia

Nome

Email

Telefone

Mensagem

Comentários