Mercado da moda fatura quase R$ 160 bi no Brasil em 2015

[AdSense-A]

Redes de franquias apostam no crescimento do setor

O Brasil consome, cada vez mais, moda. Segundo pesquisa da consultoria Euromonitor, o país nunca vendeu tanto como nos últimos dez anos. Prova disso é que passamos da sétima para a quinta posição no ranking dos maiores consumidores mundiais de roupas, com US$ 42 bilhões em vendas.

CDs

Ainda de acordo com o estudo, a melhora na distribuição de renda e crescimento do varejo de rua, shopping centers e e-commerce, aliados à agilidade nos lançamentos do mercado de roupas são os principais fatores para o crescimento expressivo do setor, que  totaliza mais de 365 mil empresas e é detentor de mais de 679 mil postos de trabalho, movimentando R$ 9,3 bilhões em salários em todo o país.

Todo esse crescimento reflete no mercado de franquias. Em 2015, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor de acessórios e calçados foi o que teve maior alta, de 12%. Quem comprova isso é a Chilli Beans, que é considerada a maior rede especializada em óculos escuros da América Latina.

[AdSense-B] [AdSense-B]

Tendo o fast fashion como plataforma de negócios, a Chilli Beans lança, semanalmente, dez modelos de óculos de sol, cinco de relógios e três de armações de grau. Em 2016 a marca completa 18 anos de operação. Hoje conta com 700 pontos de venda em nove países diferentes: Brasil, EUA, Portugal, Abhu Dhabi, Kuwait, Peru, México, Colômbia e Chile. A ideia é chegar a 1.000 pontos de venda nos próximos três anos e se tornar um player global.

Para comemorar a “maior idade”, a empresa apresentou, durante uma feira do setor ótico, seu novo formato de expansão. Agora, as armações de grau da pimenta não estarão à venda apenas nos pontos de venda próprios e franqueados, mas também, em óticas multimarcas. A ideia é alavancar a venda das armações que, ao passar dos anos, são procuradas por um número cada vez maior de consumidores.

sapatilha na sacolaQuem também faz parte do segmento que alavancou o crescimento das franquias é a marca Sapatilha na Sacola, especialista na venda de modelos exclusivos de sapatilhas, que tem como formato principal e diferenciado de a vendedora ir visitar os clientes levando uma mala expositora personalizada com os diferentes modelos de sapatilhas.

Entre o primeiro e segundo ano de operação no setor de franquias, a marca registrou um crescimento de 50% e tem previsão de fechar 2016 com faturamento acima de R$ 1 milhão.

Hoje, a Sapatilha na Sacola conta com 31 unidades comercializadas espalhadas por todas as regiões do Brasil e 10 unidades em implantação. A presidente e idealizadora da rede, Letícia Penna, se diz contente com o andamento da rede no mercado e com a satisfação dos franqueados. “A empresa está no caminho certo, crescendo de maneira segura e sustentada, com os franqueados satisfeitos superando a média de faturamento. Nossa previsão é fechar o ano com um crescimento de 30%”, finaliza Penna.

A rede de franquia de sapatos pretende se expandir em todo o Brasil, porém no momento atual está focada na expansão no Norte e Nordeste, e com o cenário atual da economia é uma boa para quem procura uma oportunidade com um investimento razoavelmente baixo.

Comentários