4 segmentos para apostar no mercado de estética

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

A vaidade feminina e masculina alimenta o mercado de estética em ascensão que movimenta mais de 38 bilhões de reais por ano no país, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec). De acordo com o Sebrae, o número de registros de microempreendedores individuais (MEIs) nessa área teve um incremento de 567% entre os anos de 2010 e 2016, passando de 72.309 para 482.455 profissionais. E outra ótima possibilidade de se ingressar nesse mercado de estética e beleza é por meio das franquias.

Especialistas garantem que o mercado é bom o ano inteiro. O brasileiro está cada dia mais preocupado com a aparência, o que pode render um bom negócio aos empreendedores. O mercado de estética, apesar da crise econômica e política que o Brasil atravessa, não tem sido tão abalado quanto o comércio de produtos e demais setores da atividade econômica, devido à preocupação da mulher brasileira com a estética, a beleza e os cuidados pessoais. Recentemente, até mesmo os homens têm buscado novos serviços e produtos de beleza.

mercado de estética

Para o brasileiro, beleza não é apenas estar bonito por fora. Manter a aparência saudável reflete bem-estar interior. Para os negócios do setor, atender à nova demanda exige criatividade na hora de pensar alternativas que vão potencializar as experiências e sensações buscadas pelo consumidor.

A segmentação traz novo ritmo para o mercado de estética e beleza. De um lado, existem salões com serviços de alta classe e preços elevados; de outro, espaços que priorizam a eficiência do serviço, como esmalterias e lojas de escovação dos fios.

Existem, ainda, os ambientes onde o atendimento por diversos profissionais e a qualidade da experiência são o ponto alto. Por fim, serviços de spa, atendimento personalizado e consultoria de beleza também integram a variedade de segmentos que os negócios de beleza têm alcançado.

Confira, a seguir, informações e dicas sobre algumas tendências desse mercado:

Cuidados com cabelos

A saúde dos cabelos é preocupação constante das brasileiras que, tradicionalmente, investem em produtos e serviços especializados. As consumidoras querem fios bonitos e saudáveis. O tratamento para cabelos cacheados e danificados por química está entre os serviços mais procurados.

A tendência para a coloração traz tonalidades que se aproximam do natural. Há o colorido com azul, rosa e roxo para mulheres de todas as idades. O vermelho deixa para trás os tons fechados e aveludados para ganhar luminosidade. Cabelos loiros e castanhos continuam em alta e o contraste entre tons muito claros e muito escuros também ganha espaço.

Estética masculina

O público masculino tem sido uma boa surpresa para o mercado de beleza e estética. Os homens estão mais vaidosos e preocupados com marcas de expressão, redução de medidas abdominais e procedimentos de rejuvenescimento.

Tanto é assim que, de acordo com dados da consultoria Euromonitor, o mercado de beleza masculina faturou 19,6 bilhões de reais em 2016. São clientes fiéis, que gastam mais quando gostam do serviço e indicam o estabelecimento com boas recomendações à família e aos amigos.

A manutenção da barba e das unhas tem atenção especial do público masculino. Uma boa oportunidade para aproximação com o cliente, uma vez que a constância do serviço cria rotina de frequência no ambiente.
Assim, o negócio que atende à beleza masculina pode criar um clube de vantagens ou políticas de desconto, que não precisam ser necessariamente em dinheiro, mas bônus em serviço.

Beleza das unhas

A tendência para o look das unhas traz design que substitui a famosa “filha única” por um par pintado às avessas do restante da mão. Se a cor principal é escura, dois dedos unidos ficam com cor clara, e vice-versa.

É preciso garantir um visual completo e sem imperfeições, oferecendo serviços extras para manter as unhas saudáveis e bem tratadas. Para tanto, existem a aplicação de esmaltes e as técnicas de preenchimento de falhas. Nesse caso, o seu negócio pode investir em tratamento e embelezamento de mãos e pés.

Datas especiais como o Réveillon, por exemplo, permitem que o profissional explore novas cores, formas e texturas. É uma maneira de potencializar o serviço de manicure e transformá-lo em um atendimento de design de unhas.

As esmalterias vieram para ficar e novos espaços que permitem o serviço de manicure e bar juntos fazem sucesso. Espaços desse tipo são chamados de clube das unhas.

Depilação

Diferentemente da cera, a depilação a laser de diodo é definitiva, indolor e praticamente sem contra indicações. Ela pode ser feita em quase todas as partes do corpo tanto para homens e quanto para mulheres. O método da depilação a laser age progressivamente. De modo geral, são necessárias 10 sessões com intervalo de aproximadamente 45 a 60 dias entre as sessões.

A depilação a laser pode ser aplicada em diversos tipos de peles, mas o paciente deve passar por uma avaliação prévia antes de realizar o procedimento. É um processo que varia de caso para caso. Dependendo do resultado desejado pela pessoa, ela pode ter de fazer mais ou menos sessões.

A depilação a laser não é indicada para pacientes grávidas ou pessoas que possuam escoriações ou ferimentos na pele. No início, apenas médicos podiam realizar a depilação a laser. No entanto, com o passar do tempo, o mercado de estética procurou se especializar no assunto.

Conheça a SUAV: franquia 3 em 1

mercado de estética - franquia SUAV

Que tal oferecer boa parte desses serviços em um só lugar? A franquia SUAV oferece três serviços em suas unidades: depilação, esmalteria e sobrancelhas. Dessa forma, aumentam-se a quantidade de clientes e o tíquete médio.

Para se tornar um franqueado SUAV, é necessário um investimento inicial de 127,8 mil reais. A estrutura deve contar com espaço de, no mínimo, 80 metros quadrados, assim como uma equipe de sete funcionários. Por isso, o capital de instalação é estimado em 62,8 mil reais. Quanto ao faturamento médio mensal, ele gira na casa dos 70 mil reais, com taxa de lucro de 20%.

Investimento total: R$ 127,8 mil
Taxa de franquia: R$ 35 mil
Royalties: R$ 1,5 mil
Faturamento médio: R$ 70 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Comentários