Franquias no interior são oportunidades para empreendedores

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

O Brasil é a terra dos empreendedores, e o surgimento de novos negócios, principalmente em épocas de crise, tem batido recordes dia após dia. Apesar das oportunidades hoje parecerem muitas, no mercado de franquias, especificamente, a concorrência também não para de crescer, forçando os empreendedores a se reinventarem.

Durante muito tempo, a imensa maioria das redes só aceitavam abrir unidades nas grandes capitais. Cidades com menos de 300 mil habitantes ficavam longe do radar dessas empresas. Segundo pesquisa divulgada pela ABF (Associação Brasileira do Franchising), ainda existe um certo receio empresarial que leva alguns empreendedores a acreditarem que as melhores oportunidades estão nos grandes centros, já que os dados mostram que 75% das marcas associadas a ABF estão presentes nas grandes metrópoles. Porém, a verdade é que as pesquisas comprovam que há um gigantesco potencial para negócios em pequenas cidades.

card_remax

Enquanto os principais centros urbanos estão sobrecarregados de concorrentes, com um número de unidades franqueadas que vai crescendo excessivamente, ocupando rapidamente os pontos comerciais das capitais, deixando menos espaço para novas empresas, o interior cresce forte, e cidades pequenas, com média de 30 mil habitantes, têm sido a bola da vez para quem quer investir.

De acordo com dados da ABF, atualmente, o consumo em cidades pequenas corresponde a 38% do total do consumido no país, arrecadando mais de R$ 827 bilhões anualmente. Pensando nisso, marcas internacionalmente conhecidas, como a RE/MAX, têm investido nesse novo cenário para o desenvolvimento do franchising.

A franquia imobiliária presente em Minas Gerais, com sede de suporte ao franqueado em Belo Horizonte, e unidades franqueadas em funcionamento nas cidades de BH, Betim, Nova Lima, Uberlândia e Juiz de Fora, aposta no pioneirismo da marca em novas cidades, como peculiaridade desse novo cenário comercial, para a criação de negócios bem estruturados e promissores.

 

Daiana Sampaio, executiva de marketing da máster franqueadora, ressalta a importância da oportunidade de ser pioneiro nos pequenos núcleos urbanos e conquistar um mercado em desenvolvimento e lucrativo. “Essas cidades oferecem uma série de vantagens para a criação de um novo negócio. Quem opta por abrir uma franquia como a RE/MAX, por exemplo, no interior, além de contar com um modelo de gestão já testado, correndo um risco muito menor do que se abrissem um negócio próprio e independente, saberá que o investimento de uma franquia em cidade pequena é bem mais baixo, e retorno vem mais rápido”, explica Daiana.

Para atender esse novo cenário do franchising, a RE/MAX em Minas Gerais criou novos modelos de investimentos que atendam a cidades menores – o modelo de microfranquia, a começar pela taxa da franquia, onde o custo é bem menor quando comparado aos grandes centros. Com investimento a partir de 25 mil e não ultrapassando 90 mil reais, para municípios com até 50 mil habitantes, e em alguns casos, com até 100 mil habitantes, a sede de suporte da rede imobiliária oferece um momento exclusivo durante o processo de negociação da franquia, assim como toda a consultoria para abertura da unidade. Dessa forma, o empresário saberá, através do plano de negócios os valores reais de investimento para sua cidade.

Fale com a Franquia

Nome

Email

Telefone

Mensagem

Comentários