7 opções de franquias de seguros

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

As franquias de seguro têm se popularizado muito nos últimos anos e despertado o interesse de quem busca no franchising uma oportunidade de empreender.

Um dos grandes atrativos é o fato de que, apesar de ser um mercado que ainda está se expandindo no país, já existem muitas empresas e pessoas físicas que querem garantir a integridade de sua saúde, seus imóveis e veículos e buscam as corretoras de seguro para isso.

Segundo um estudo realizado pela Universidade de Oxford, apenas 19% dos brasileiros têm um seguro de vida, mas 56% têm interesse real em adquiri-lo.

Isso cria um cenário muito favorável para que pessoas que tenham o desejo de empreender desenvolvam o interesse de investir em uma franquia de seguros. Mas, antes de dar esse grande passo, o mais interessante é conhecer quais são as opções que estão disponíveis no mercado atualmente.

7 opções de franquias de seguros

Para te ajudar, separamos sete alternativas de franquias de seguros que estão em alta no mercado e podem ser excelentes opções para você se tornar um franqueado ainda este ano. Veja quais são elas.

Franquias de seguro home office

Um dos modelos mais procurados pelos interessados em franquias, o home office permite que o empreendedor trabalhe em casa e, geralmente, com recursos próprios. Com isso, não há grandes investimentos em equipamentos e estrutura, o que barateia consideravelmente o custo da franquia.

Outro ponto interessante de uma franquia home office é que ela proporciona maior flexibilidade para o franqueado, que pode atuar nos dias e horários que escolher e ainda tem mais facilidade para conciliar o trabalho com outra ocupação ou suas atividades pessoais.

Porém, nem tudo são flores nas franquias home based. Quem optar por esse modelo precisa lembrar que o custo de aquisição da unidade costuma ser menor, mas ele não é único. Muitas redes solicitam que seja disponibilizado um valor para capital de giro, taxa de publicidade e de treinamentos pagos.

Além disso, fica muito fácil misturar contas pessoais com os custos da empresa quando se trabalha em casa, o que pode comprometer seriamente o seu fluxo de caixa e a saúde financeira do negócio. Contas de eletricidade, internet e telefonia tendem a aumentar no regime home office e eles precisam ser cobertos pelo faturamento da empresa.

Franquias de loja física

Um modelo bastante tradicional, as lojas físicas costumam ter um custo maior do que de esquemas como o home office. Afinal, é necessário achar um ponto comercial, trabalhar em um projeto arquitetônico, adquirir mobiliário e equipamento e contratar funcionários para atender o público.

Tudo isso encarece o valor da franquia, mas é um investimento que pode retornar um faturamento proporcional, já que, com mais funcionários atendendo e maior proximidade com o público, as chances de conseguir atender mais clientes são maiores.

Como a loja física tem um custo maior, o prazo de retorno também tende a ser mais longo, por isso, o empreendedor precisa estar preparado para ficar alguns meses ou anos sem ter lucro na empresa.

Franquias de seguro saúde

Essas são redes especializadas em seguros voltados à saúde. Nessa categoria entram produtos como os planos de saúde e odontológico e seguro de vida.

Um dos atrativos de atuar nessa opção de franquia é que o franqueado pode vender seguros de saúde para diversos tipos de clientes, como pessoas físicas ou empresas que queiram oferecer o benefício para seus funcionários.

Muitas empresas que estão nesse segmento comercializam planos de saúde de grandes seguradoras do país, o que aumenta a credibilidade da franquia e cria uma relação de confiança imediata, já que o consumidor pode até não conhecer a unidade franqueada, mas provavelmente conhece o fornecedor de planos de saúde.

Franquias de seguro viagem

No momento de planejar uma viagem, o turista normalmente pensa nos passeios que vai fazer, nas lojas em que quer comprar, onde será sua hospedagem, qual valor separar para a alimentação, se tem um visto válido… Mas tem um elemento que é muito importante e muitas vezes obrigatório para a viagem: o seguro.

Ficar doente ou se acidentar em outro país é um transtorno que, além de acabar com a viagem, pode resultar em uma conta altíssima. O seguro viagem garante que o turista tenha acesso à uma lista de clínicas e hospitais conveniados para que seja atendido em situação de emergência.

Além disso, muitos pacotes de seguro cobrem outras situações que podem acontecer em uma viagem, como o extravio de malas, perda de documentação, despesas com medicamentos, atendimento odontológico e até cancelamento da viagem.

O seguro não só é importante para que o turista não fique perdido em caso de necessitar de assistência médica, como também é obrigatório em vários casos. Muitos países solicitam que estudantes de intercâmbio, faculdade ou trabalhadores voluntários tenham o seguro durante o período em que estarão no país.

As redes que atuam nesse setor podem criar parcerias com agências de viagens e intercâmbio, escolas de inglês e outras empresas que atuam com turismo para promover seus serviços.

Franquias de seguros para empresas

As empresas também são clientes bastante assíduos das corretoras de seguro e consomem produtos voltados à preservação de seus próprios bens, como seguros de frotas de veículos, equipamento e maquinário, seguros contra roubos e furtos e seguros empresariais, assim como seguros de vida, saúde e planos odontológicos para os seus funcionários.

Há redes que trabalham especificamente com a comercialização destes e outros serviços apenas para empresas e pessoas jurídicas. Isso é vantajoso levando em consideração que o valor de contratação por serviço costuma ser maior, mas existem obstáculos e particularidades do atendimento às empresas que o franqueado que decidir atuar nesse segmento precisa atender.

Ao contrário de uma pessoa física, uma empresa pode ter uma rotatividade de funcionários relativamente grande, e, contratando seguro para todos eles, é necessário que a franquia tenha capacidade operacional para lidar com todos esses clientes.

Franquias de seguro de imóveis e automóveis

Focada em bens duráveis, essas franquias trabalham principalmente com seguros para imóveis e carros, mas tem vários produtos que podem entrar nesse enquadramento, como seguros para caminhões, seguros para frotas de veículos, para prédios comerciais e residências.

Essas seguradoras também costumam criar parcerias com empresas que trabalham no mesmo mercado, como imobiliárias, construtoras, empresas que fazem reformas residenciais, concessionárias de veículos e até fabricantes de carros, o que pode ampliar e fortalecer sua atuação.

Apesar deste ser um segmento que sofre bastante com o cenário econômico, quem já tem um bem durável, como um carro ou uma casa, está cada vez propenso e contratar um seguro para garantir sua integridade.

Mesmo assim, é necessário que o franqueado avalie bem os riscos e recompensas de trabalhar apenas com comercialização de seguros para imóveis e veículos.

Franquias de seguro de produtos diversificados

Esse modelo de franquia reúne vários tipos de produtos em um só negócio, como consórcios, planos de saúde, seguro de vida, seguro viagem e mais.

A grande vantagem de adquirir uma franquia de corretora de seguros que trabalha com produtos diversificados é que o empreendedor consegue atender um público diversificado e não sofre com a sazonalidade que outras franquias mais específicas estão expostas.

Por exemplo, se fora do período de férias as vendas de seguro viagem caem, a franquia pode ter a certeza de que continuará comercializando seguros para automóvel, que vendem o ano inteiro.

O desafio deste modelo é conhecer bem cada serviço para garantir que será capaz de indicar o produto certo para a necessidade do consumidor. Criando uma relação de confiança e ótimo atendimento, há mais chances de fidelizar o cliente e dela voltar a comprar outros seguros com você.

Bidon: franquia de seguros

Desde 2011 no mercado, a Bidon é uma rede de corretoras de seguros que oferece a possibilidade de empreender comercializando produtos como seguros para automóveis e imóveis, planos de saúde e odontológico, seguro viagem, consórcios, previdência privada, entre outros.

Por ter um portfólio bastante diversificado, o franqueado tem a oportunidade de atuar em diversos segmentos e com públicos diferentes. A Bidon trabalha com dois tipos de negócio, o home-office, em que o empreendedor atua em casa e loja física.

Entre os diferenciais da marca, está o acesso a um sistema que utiliza tecnologia de ponta para ajudar o empreendedor a encontrar e fazer a cotação adequada de cada serviço.

Investimento total: R$ 11,9 mil a R$ 21,9 mil
Taxa de franquia: R$ 9,9 mil
Faturamento médio mensal: R$ 50 mil
Prazo de retorno: de 3 a 12 meses

 

Comentários