fbpx
  • Fale Conosco:

    (31) 3654-5664

  • E-mail:

    franquia@encontresuafranquia.com.br

Encontre sua Franquia

5 estratégias de marketing para aproximar a sua empresa do consumidor


Definir boas estratégias de marketing é essencial para qualquer tipo de negócio. Afinal, elas são as responsáveis por aproximar sua empresa do público, conquistando-o. Veja, a seguir, como adotar as melhores estratégias.

Hoje em dia, o marketing é  primeira forma pensada para conquistar um novo cliente. Porém, você não pode mais se dar ao “luxo” de apenas dizer que o seu produto ou serviço é o melhor da categoria.

Estratégias bem-sucedidas de uma empresa precisam de planejamento e foco na experiência do público. 

Por que investir no marketing da sua empresa?

Há alguns anos, o marketing era feito quase que exclusivamente fora da internet. Primeiro porque a internet ainda era um ambiente novo, e também pelo costume dos consumidores com a propaganda off-line. Quem tinha as informações sobre o produto ou serviço era o vendedor, e ele a divulgava como achava mais eficaz.

Com o tempo, porém, o meio online expandiu sua influência, tanto na divulgação, quanto na decisão de compra do usuário. Segundo a CNDL/SPC Brasil, 47% dos entrevistados fazem pesquisas na internet antes de realizar uma compra em loja física. E eles não pesquisam apenas sobre o seu produto.

Na verdade, um consumidor normalmente passa pela chamada jornada de compra. Primeiro, ele percebe que tem um problema ou necessidade. Então, busca um meio de resolvê-los, e pesquisa na internet sobre como fazer isso.

O público ganhou autonomia, em vez de depender apenas de anúncios para decidir uma compra.

Ele chegará ao seu produto, mas dificilmente vai querer ver apenas uma propaganda. Para se decidir pelo que a sua empresa oferece, o usuário vai querer saber das suas vantagens e desvantagens, e até compará-lo com os seus concorrentes.

Para entregar tudo isso a ele, você vai precisar de estratégias de marketing bem definidas. Não apenas contando com a publicidade, mas com conteúdos úteis ao usuário. Esse método é chamado de marketing de conteúdo.

Mas também existem outros tipos de marketing, que podem ter enorme reflexo no seu volume de vendas. 

Por exemplo: as pessoas se baseiam nas opiniões de outros compradores, algo que compõe o marketing de indicação. 

Quer saber quais estratégias de marketing são capazes de produzir esses grandes resultados? Acompanhe as 5 melhores, que separamos para este post!

Que estratégias de marketing usar para aproximar sua empresa do consumidor?

1. Social media marketing

Para aproximar a sua empresa do consumidor, as redes sociais são indispensáveis. Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn são apenas algumas de uma vasta lista de plataformas, em que o público consegue interagir com a marca e acompanhá-la de perto.

A principal vantagem de uma rede social é que é possível estabelecer interações mais próximas com os usuários. Isso aproxima a empresa dos seus clientes, despertando o interesse deles no que você oferece.

As estratégias de marketing para as redes sociais variam de publicações de imagens e vídeos, até a divulgação de blog posts, publicações patrocinadas e mais. O objetivo é despertar o interesse pela sua marca e atrair as pessoas para o seu site e/ou loja.

Comentários, compartilhamentos e boas avaliações nesses canais ainda geram a validação do negócio, aumentando seu engajamento e alcance.

É importante lembrar que existem várias redes sociais disponíveis, mas nem sempre seu público está nelas. Assim, é essencial fazer um estudo detalhado sobre onde atuar, para só então direcionar os seus esforços a esse canal.

2. Marketing de Conteúdo

Entre as estratégias de marketing utilizadas hoje, o marketing de conteúdo é a que vem ganhando mais força nos últimos anos. Ele consiste em produzir conteúdo, especialmente escrito, para a divulgação da marca e do setor. Empresas que trabalham o marketing de conteúdo têm cinco vezes mais conversões em vendas.

Mas o conteúdo produzido não fala apenas da marca. Na verdade, ele entrega informações úteis para o consumidor, material relevante para que o usuário deseje conhecer o que você tem a oferecer. 

Reflita com a gente: normalmente você pesquisa sobre o seu problema antes de resolvê-lo, certo? Se o seu problema é uma dor de cabeça, você pesquisará sobre como curá-la. 

Em um site de busca como o Google, a pesquisa sobre “como curar a dor de cabeça?” poderá te levar ao site da maior fabricante de aspirinas no País. 

Porém, a resposta da empresa não será “use minha marca de aspirina”. Na verdade, graças ao marketing de conteúdo, ela provavelmente irá apresentar uma série de soluções, e então citar o remédio que produz. 

O consumidor precisa compreender, por meio de informações concretas, que a aspirina é a melhor opção. Ele deve chegar a essa conclusão sozinho, em vez de ser induzido logo de cara a essa resposta.

Que tipos de conteúdo posso produzir?

Além do conteúdo em texto, o marketing de conteúdo pode vir em formato de vídeos, podcasts, elementos gráficos e mais. A melhor estratégia deve levar em conta o público-alvo e o que ele espera receber de uma marca como a sua.

Aliás, se os vídeos forem importantes para a sua marca, eles poderão ser muito eficazes para a conquista de clientes. Segundo pesquisas, 40% das pessoas prefere consumir conteúdo no formato audiovisual.

Vale dizer que um dos principais canais para aplicação do marketing de conteúdo é o site da sua marca. Mas não apenas ele. A apresentação de informações também pode ser feita por meio das redes sociais, canais de vídeo, envio de e-mails e mais.

3. E-mail marketing

Quando o usuário lhe dá autorização para encaminhar e-mails a ele, significa que já tem interesse na sua marca. Por isso, é importante usar essa oportunidade para reforçar o que você tem a oferecer. 

No entanto, isso deve ser feito por meio de informações relevantes, e não exatamente pela propaganda da marca.

A taxa de rejeição dos e-mails é de cerca de 10% em 38,7% das empresas, mas tende a aumentar quando seu único envio é de publicidade. O consumidor espera marketing de conteúdo, e não mensagens que pareçam spam.

É importante criar  um plano para alimentação dos seus leads. Ou seja, para oferecer informações que o façam avançar na jornada de compras. 

Os conteúdos relevantes aumentam o interesse na marca, até o fechamento do negócio com a sua empresa. Para esse processo, você pode criar newsletters e enviá-las periodicamente, para a alimentação dos seus leads.

Aqui, é essencial destacar um ponto. Você só deve enviar e-mails para endereços que, expressamente, lhe deram essa autorização. Quando compra uma lista de e-mails, ou se mantém o envio após o descadastro do cliente, a empresa cria uma grande taxa de rejeição. Essa rejeição acaba por afetar toda a entrega de e-mails e por prejudicar a sua estratégia.

4. Marketing de experiência

Existem dois tipos de marketing de experiência: o físico, presencial; e o online. O primeiro é mais simples, devendo ser realizado por meio do cuidado no atendimento ao consumidor. Na loja ou escritório, o usuário precisa se sentir bem-vindo, e que teve toda a atenção de que precisava.

Já no meio online, essa estratégia de marketing consiste em estabelecer uma boa experiência de acesso aos canais da marca. Por exemplo:

  • Site com design intuitivo (fácil de usar) e que se adapte bem ao smartphone e outros dispositivos;
  • Site seguro;
  • Redução no tempo de carregamento do portal;
  • Redes sociais com publicações visualmente atrativas etc.

5. Marketing de indicação

ilustrativo opinião pessoas segurando balões de fala
Quando o consumidor indica uma empresa para outras pessoas, ele demonstra a sua validação para o trabalho oferecido.

Por fim, é uma ótima estratégia de conteúdo investir no marketing de indicação. Também chamada de marketing de recomendação, essa opção consiste em atuar de modo a fidelizar os clientes. As ações passam por promover a marca, oferecer bom atendimento, garantir descontos e programas de fidelidade. 

Se o usuário considera uma boa comprar com a sua empresa, ele indicará a sua marca para amigos, parentes e conhecidos. 

Também terá mais disposição em produzir uma avaliação online, fazendo comentários nas suas redes sociais ou no Google, por exemplo. As opiniões do público na internet são importantes para o impulso nas suas vendas.

Como definir uma boa estratégia de marketing?

Se você leu esse texto até aqui, já percebeu o quanto as estratégias de marketing podem ser diversas. E olha que citamos apenas cinco das principais! 

Porém, para que tenham bons resultados, essas estratégias precisam ser planejadas com cuidado. Especialmente porque o marketing para a empresa A pode não ser o mesmo indicado para a B. Veja algumas dicas a seguir.

Estabeleça os seus objetivos

Saber onde você quer chegar é essencial para definir as melhores estratégias de marketing para a sua empresa. Por isso, é preciso realizar uma análise cuidadosa do que a concorrência faz e do que o seu público espera.

Para essa etapa de planejamento, e também para execução das ações, é importante contar com o auxílio de especialistas em Comunicação. Isso pode ser feito por meio de uma equipe interna, ou mesmo pela contratação de profissionais ou agências externas.

Esses profissionais vão além das chamadas métricas de vaidade (como curtidas no Facebook) e podem estabelecer metas que irão, realmente, trazer retorno ao seu negócio.

Mantenha a comunicação frequente

Se o seu objetivo é se manter relevante, a sua produção de conteúdo deverá ser contínua. Uma empresa que produz é vista e lembrada mais facilmente. 

Para reforçar a sua marca, será preciso definir um calendário de marketing, com o planejamento de conteúdo, envio de e-mails, publicações nas redes sociais e mais.

Defina bem suas personas

As personas de um negócio são como o público-alvo, mas de modo ainda mais segmentado. Definir o seu cliente ideal permite que as ações de marketing da marca sejam ainda mais direcionadas e eficazes.

Por esse motivo, é essencial estabelecer bem as suas personas. Não com base em “achismos”, mas avaliando dados do mercado — inclusive considerando o que a sua concorrência faz. 

Lembre-se, apenas, de definir poucas personas. O ideal é contar com uma ou duas. Isso vai tornar a segmentação das suas ações de divulgação mais simples e sólida.

Siga boas práticas

A comunicação que você produz tem reflexos diretos sobre a percepção da sua marca. Por isso, é importante:

  • Ter uma linguagem adequada;
  • Respeitar o seu público;
  • Interagir com os consumidores;
  • Manter a frequência de publicações;
  • Apresentar informações relevantes e corretas;
  • Não exagerar no envio de e-mails marketing etc.
estratégias de marketing redes sociais logotipos
Principalmente nas redes sociais, uma má prática pode provocar grande impacto sobre a percepção da marca.

Fique de olho no novo

É importante se manter atualizado sobre as novidades. Os parâmetros de alcance virtual mudam frequentemente, tal qual o que os consumidores esperam receber. 

Por isso, é necessário atualizar as suas estratégias de marketing periodicamente, desde que as mudanças façam sentido para a sua marca. 

Escolha as ferramentas certas

As estratégias de marketing são as mais diversas e, a cada dia, elas só aumentam. Mas de pouco adianta tentar utilizar todas as ferramentas disponíveis.

Como explicamos ao longo do texto, a sua atuação deve ser segmentada em uma persona. Por isso, é necessário escolher as ferramentas que façam sentido para esse público. Investir em canais que não combinam com o seu consumidor será uma enorme perda de tempo e dinheiro.

Analise seus resultados

Se os seus objetivos foram definidos, você já sabe exatamente onde quer chegar com o marketing dessa empresa. Para saber se as suas metas estão sendo alcançadas, será preciso analisar os resultados.

No marketing virtual, isso poderá ser feito por meio de ferramentas como o Google Analytics, o SEMrush e os relatórios de métricas de cada rede social. Os dados apresentados informam o número de usuários, comportamento do público, entre outros.

estratégias de marketing programa de mensuração
Para fazer a mensuração de dados, avalie os seus objetivos e defina aspectos específicos para a análise.

Saber o que seu marketing virtual tem gerado é essencial para definir novas estratégias, para resultados ainda mais interessantes para a sua marca.

Quer saber como calcular o investimento em marketing para uma empresa? Acesse nosso texto sobre marketing digital e descubra tudo o que você precisa.

Marketing off-line

Vale lembrar que o marketing vai além da internet, apesar das estratégias citadas aqui serem apenas virtuais. Muitas vezes, mesmo que o alcance do marketing off-line seja mais limitado, ele pode ser mais eficaz para o seu público.

Por isso, é importante ainda considerar ações como a distribuição de panfletos, outdoors, inserções na TV ou rádio e mais.

A divulgação off-line é mais difícil de mensurar, mas você poderá adotar métodos como uma uma pesquisa com os consumidores. Assim, saberá, por exemplo, como eles chegaram à sua empresa. Se tiver sido por uma ação off-line, será mais simples definir o investimento nesse meio de divulgação.

Segundo pesquisa, 47% dos consumidores acessam, pelo menos, 3 conteúdos de uma empresa antes de comprar. Ainda assim, apenas 0,06% das companhias investem em Marketing Digital no Brasil, enquanto várias outras não dão atenção à divulgação off-line. 

Os números mostram que, quem investe em estratégias de marketing, sai na frente da concorrência, trazendo cada vez mais consumidores. Esse é o seu objetivo, correto? Então, inicie já o seu planejamento de marketing!

Sair

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *