fbpx
  • Compre sua Franquia:

    (31) 3654-5664

  • E-mail de Contato:

    franquia@encontresuafranquia.com.br

Como montar uma corretora de seguros e ter acesso a várias seguradoras


Muitas pessoas buscam saber como montar uma corretora de seguros para conseguir mudar de vida e ter um empreendimento para chamar de seu. 

Para conseguir trabalhar nessa vertente, é muito importante que consiga oferecer um bom leque de serviços. É por meio dessa variedade que as corretoras de seguro conseguem se destacar no mercado. 

Não há muito segredo quando se trata das operações necessárias para conseguir entregar o melhor trabalho possível. Porém, é muito importante que fique atento para escolher a maneira mais barata e fácil de entrar no mercado. 

São diversas etapas que precisam ser cumpridas para conseguir exercer o melhor trabalho possível. Desde a aquisição de parceiros ou a habilitação no Susep para exercer as atividades mais práticas do dia a dia de um corretor. 

Dessa forma, preparamos o texto a seguir para lhe apresentar as melhores práticas para descobrir como montar uma corretora de seguros. Acompanhe a leitura. 

Veja algumas dicas de como montar uma corretora de seguros

Se tornar dono de uma corretora de seguros é um trabalho muito tranquilo de ser feito, uma vez que não é necessário ter muita experiência na área. Para isso, existem duas opções para quem pretende empreender nesse segmento. 

Primeiramente, a opção que a maioria das pessoas pensa logo de cara é abrir um negócio do zero. Esse modelo exige muita atenção, acompanhamento e dedicação por parte do empreendedor. Não apenas para os processos de abertura, mas também para obter o registro na Superintendência de Seguros Privados (Susep), junto a Escola Nacional de Seguros. 

Já a segunda possibilidade é referente as franquias. Dessa forma, você inicia a sua jornada com base em um plano de negócio conceituado no mercado de seguros e preparado para lhe ajudar a desenvolver o empreendimento. Além disso, você ainda pode atuar sem o Susep por dois anos. 

Certamente que, para quem deseja saber como montar uma corretora de seguros e consórcios e, por isso, opta pelas franquias, também precisará se dedicar ao negócio. Entretanto, o empreendedor encontrará suportes e treinamentos oferecidos pelas franqueadoras.

Assim, para ajudar você a conseguir empreender nesse negócio, separamos algumas dicas para ajudar a tomar a melhor decisão. Com base no que apresentarmos, será fácil decidir entre uma franquia ou um empreendimento próprio. 

Conheça bem o setor

A primeira coisa que deve ser observada por quem deseja saber como montar uma corretora de seguros em casa é o mercado. Ou seja, não apenas os seus números e benefícios, mas também analisar as possibilidades que ele oferece para o seu crescimento. 

Por exemplo, vivemos em um dos países mais inseguros do mundo. De acordo com o Índice Global da Paz, o Brasil é um dos piores do ranking quando se trata de segurança na América do Sul. Na lista, o País ocupa a 116º posição.

Esse é um dado que tem impacto direto no seu futuro empreendimento. Afinal, pode demonstrar que as pessoas se sentem inseguras no País e a busca por seguros pode acabar sofrendo um impacto positivo, assim como é demonstrado nos números atuais. 

De acordo com a Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais, Previdência Privada e Vida, Saúde Suplementar e Capitalização (CNseg), o Brasil tem registrado seguidos anos de crescimento na área. 

Entre as principais aquisições estão os seguros de saúde e de automóveis, representando um avanço de 11,5% e 7,7% respectivamente. Muito desse movimento também tem a ver com a queda no poder de compra do brasileiro. 

Ou seja, com o dinheiro valendo menos que em outros momentos, comprar um carro, casa ou celular ficou mais caro. Assim, para conseguir adquirir esses bens, é comum ir atrás de financiamentos e parcelamentos. Dessa forma, caso tenha algo roubado ou perdido, sem seguro, fica praticamente impossível adquirir um novo. 

Para que você veja um pouco melhor as informações sobre o segmento, separamos o infográfico a seguir com os números do setor de maneira mais abrangente. 

infografico setor seguros

Escolha ou defina o seu modelo de negócio

Agora que você conhece um pouco mais sobre o mercado e as possibilidades de crescimento, é necessário escolher o negócio mais adequado para o seu perfil no processo de como montar uma corretora de seguros de veículos, moveis e saúde, por exemplo. 

Para isso, é muito importante que você conheça as características e desafios que irá precisar enfrentar em cada uma das frentes que apresentamos até aqui: franquias ou negócio próprio.

Se você deseja uma atuação mais solitária, iniciando o projeto do zero, precisará se preparar para algumas questões como abertura da empresa, definição do modelo de negócio, desenvolvimento da sua identidade visual, contratação de um software de gestão, fazer parcerias com as seguradoras e etc. 

Também vale ressaltar que dentro dessa possibilidade, você tem que ser capaz de identificar diversos pontos para o desenvolvimento do seu negócio. Junto com todas essas etapas, você só poderá começar a atender após obter o seu Susep.

Enquanto isso, para os franqueados, o caminho é um pouco mais barato e menos trabalhoso. Isso acontece pois as franquias funcionam como uma “cópia autorizada” de uma empresa reconhecida e com história no mercado. 

Dessa forma, é possível iniciar a sua jornada contando com a expertise e know how da empresa que você escolheu para ser franqueado.

Porém, para que essa parceria seja considerada um sucesso, o empresário precisa seguir alguns padrões operacionais. Por isso, as franquias são conhecidas como modelo de negócio semi-independente. 

A própria empresa oferece o software de gestão para que você possa consultar todos os serviços e fazer os orçamentos necessários para trabalhar. Lembrando que você pode começar a trabalhar sem a necessidade do Susep. Ou seja, fechou o contrato, está apto a fechar os contratos com alguma companhia seguradora.

Faça o planejamento financeiro

A seguir, o próximo passo para quem deseja montar uma corretora de seguros é trabalhar para conseguir o dinheiro necessário para início dos trabalhos. Para isso, a primeira dica é fazer um levantamento do quanto será preciso inicialmente. 

Levante o investimento mínimo que tem que fazer para conseguir se tornar um corretor. No caso dos negócios próprios, esse cálculo deve ser baseado em uma média do mercado. Afinal, abrir uma empresa do zero requer alguns gastos que quase sempre vão além do esperado. 

Sem contar que o processo de aquisição do registro no Susep também deve estar incluído nesse cálculo. Analisando o seu levantamento, você consegue ter uma noção dos primeiros gastos referentes a abertura do negócio e, assim, poderá recorrer a uma linha de crédito, por exemplo. 

No caso das franquias, esse investimento é conhecido assim que você recebe a Circular de Oferta de Franquia (COF). Esse documento é responsável por apresentar o negócio para você e conta com todas as taxas que devem ser pagas para conseguir abrir a sua corretora de seguros. 

Dessa forma, você consegue ter uma ideia mais exata do dinheiro que realmente será gasto, podendo recorrer a um financiamento específico para franqueados. Além disso, existem algumas dicas para que você consiga trabalhar melhor a sua gestão e administração financeira. 

Primeiramente, é aconselhável que consiga identificar o caminho que seu dinheiro faz assim que bate em sua conta. Com base nisso, você identifica os gastos bobos que tem feito e economizar ao final do mês. 

Você também pode procurar negociar novos planos para internet, televisão fechada e telefone. Sempre há possibilidades mais baratas e benéficas para o seu perfil. Caso tenha dívidas, não deixe de entrar em contato com os credores para encontrar valores mais baratos. 

Descubra qual o seu perfil de empreendedor

Casal de idosos fechando algum contrato
Como você irá lidar com diferentes públicos, é muito importante que conheça o seu perfil empreendedor

Uma das etapas mais importantes para quem deseja saber como montar uma corretora de seguros de automóveis, casa, saúde e outras opções, está no autoconhecimento. Ou seja, quais os pontos no seu perfil empreendedor tem a ver com o que é exigido para ser um corretor e quais podem ser aprimorados. 

Para conseguir ter uma corretora de sucesso é muito importante que tenha um perfil mais ligado a vendas. Os profissionais que possuem essa vertente mais aflorada costumam ter boas técnicas de persuasão, sabem lidar com o público e estão prontos para lidar com diversas situações ao longo de uma conversa. 

Mas isso não quer dizer que você não possa abrir uma corretora de seguros, muito pelo contrário. É justamente para isso que separamos esse tópico. Você pode fazer uma auto análise para descobrir seus pontos forte e fracos dentro das características de quem trabalha com venda.

Com essa lista em mãos, basta correr atrás de adquirir essas habilidades por meio de cursos, treinos e estudos direcionados. No caso das franquias, você tem a possibilidade de ter acesso a treinamentos específicos para ajudar nesse aprimoramento. Além disso, existe uma vantagem nessa transformação. 

Você pode apresentar diversas características que foram desenvolvidas ao longo da sua vida que, alinhadas às técnicas de vendas, poderão transformar o seu empreendimento em referência no mercado. 

Defina a sua forma de atuação

Com todos esses passos para descobrir como montar uma corretora de seguros on-line ou presencial, você apenas precisa saber como será a sua atuação. As empresas que trabalham oferecendo diversos tipo de seguro tem a possibilidade de trabalhar em duas frentes. 

Primeiramente, a atividade pode ser feita por meio de um espaço físico. Ou seja, um local determinado em que vai atrair novos clientes para fechar um contrato. Dentro desse processo, é importante que fique atento a pontos como o valor do aluguel e estrutura.

Além disso, o empresário precisa fazer um processo muito detalhado para saber qual será o melhor ponto comercial para o seu negócio. No caso das franquias, na maioria dos casos, esse trabalho é feito com o auxílio da franqueadora. 

A segunda opção de negócios é o home office. Para quem abrir um empreendimento próprio, o maior desafio será conseguir apresentar o empreendimento para as pessoas e levar confiabilidade para elas, uma vez que não existe um histórico da marca que possa servir como referência em um primeiro momento. 

Quando se opta pelo home office ou home based, o franqueado consegue investir uma quantia menor e ter um grande retorno financeiro.

Muito desse sucesso se dá por causa do apoio que a marca oferece para os franqueados por meio dos treinamentos, transferência de know how, expertise, suporte, publicidade etc. 

Para que você conheça um pouco mais sobre esse modelo para as franquias, separamos o vídeo a seguir. Confira. 

Quais as vantagens de investir em uma corretora de seguros?

Apostar em uma corretora de seguros oferece diversas vantagens, se comparadas com quem opta por trabalhar com apenas uma seguradora. Estar com várias empresas em seu catálogo permite que conte com serviços que se completam. 

Por exemplo, se você tem um cliente atrás de um seguro de vida e outro para seu pet, mas a sua seguradora favorita não possui a opção para os animais, você tem a possibilidade de encontrar a marca e o orçamento que melhor se encaixa para o que ele precisa. 

Assim, você consegue fechar diversos contratos ao mesmo tempo, tendo como obrigação inicial garantir que tudo que foi acordado na negociação esteja presente na apólice. Tendo isso em mãos, fica muito mais fácil se tornar uma referência no mercado. 

Ainda dentro dessas possibilidades, você irá trabalhar com diversas marcas reconhecidas pelo grande público. São nomes que transmitem credibilidade ao seu trabalho e que fazem seus clientes confiarem ainda mais no serviço que presta. 

Porém, no caso de quem opta por abrir um negócio do zero, esse pode ser um desafio maior. Afinal, precisará trabalhar também para conseguir incluir as grandes marcas em seu catálogo de serviços, tendo dificuldades iniciais para se manter no mercado. 

Como vimos ao longo do texto, saber como montar uma empresa corretora de seguros é algo relativamente simples, apesar dos estudos necessários para conseguir tirar o projeto do papel. 

Atualmente, existem duas opções para quem deseja entrar nesse ramo como as empresas próprias ou franquias. Cada uma delas possui seus benefícios e características que precisam ser bem analisados para que tenha a melhor experiência possível. 

Gostou do nosso texto sobre como montar uma corretora de seguros de saúde, automóveis, casa etc? Continue em nosso blog e acesso o artigo “Quisto Corretora de Seguros: conheça a história da franquia

Autor: Rodrigo Brito
18 de setembro de 2020

Ficou interessado em alguma franquia?

Preencha o formulário e fale com um consultor das nossas marcas.

Matérias relacionadas:

Enzyte 24 7 Does It Work|Diet Supplementation Tablets|cbdmedic muscle and joint