fbpx
  • Fale Conosco:

    (31) 3654-5664

  • E-mail:

    franquia@encontresuafranquia.com.br

Encontre sua Franquia

Cozinha central: uma inovação para as franquias de pizzaria


Atualizado em

Nos modelos de negócio do franchising, a cozinha central tem sido cada vez mais comum. Conheça a opção e as suas vantagens para uma pizzaria franqueada.

A cozinha central de uma franquia unifica toda a preparação de insumos e facilita o trabalho de uma empresa. Com ela, o investimento na marca é menor, mais seguro e tem rapidez no retorno financeiro.

Apesar da lenta recuperação da economia brasileira, que tem deixado empreendedores receosos, as franquias de alimentação só têm crescido no País. Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), em 2018 o número de franquias do setor cresceu 5,9%, alcançando faturamento de R$ 45,8 bilhões.

Os números atraentes existem graças a uma tendência de gastos com comida fora de casa. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 25% da renda dos brasileiros é gasta em refeições fora do lar.

Dentro desse cenário, as franquias de fast food se destacam no Brasil. E para que os clientes sejam melhor atendidos, algumas redes passaram a contar com uma cozinha central. Mas como funciona essa mecânica? Continue acompanhando para descobrir!

O que é uma cozinha central?

O sistema de cozinha central é bastante comum em franquias. Uma franquia nada mais é do que uma nova unidade de uma empresa que já atua no mercado. 

Ou seja, uma “cópia” de uma marca, com os mesmos produtos, serviços e plano de negócio. A opção aumenta as chances de sucesso do empreendedor, pois o modelo já terá sido testado e terá sua eficácia comprovada.

Pensando nessa padronização, as franqueadoras que atuam com alimentos veem enorme vantagem em estabelecer uma cozinha central. 

Essa central fornece às unidades franqueadas os principais ingredientes, produtos e insumos para a preparação dos alimentos que são vendidos pela marca, incluindo a preparação de lanches, pastéis, pizzas, entre outros.

Uma franquia de pizzaria, por exemplo, pode fornecer a massa pronta e os ingredientes aos franqueados. Assim, as unidades só precisam montar a pizza, sem a necessidade de fazer a massa do zero. 

A partir desse sistema, é possível reduzir os custos operacionais do franqueado. Afinal de contas, não há necessidade de comprar equipamentos específicos, nem de contratar mais funcionários para cuidar das várias etapas do processo.

Isso sem falar que a cozinha central simplifica a operação, deixando a preparação dos pratos mais rápida.

Fórmula Pizzaria: cozinha central em franquias de fast food

homem trabalhando no porcionamento de ingredientes cozinha central
O porcionamento dos ingredientes na cozinha central facilita o processo de montagem das pizzas nas unidades da Fórmula Pizzaria.

Criada em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, a Fórmula Pizzaria atua no segmento de alimentação com pizzas, calzones e lanches. Após a fundação da unidade piloto, em 2014, se estruturou para o franchising. Seu objetivo é levar alimentos de qualidade ao consumidor, de forma rápida. 

Atualmente, a rede possui mais de 15 unidades espalhadas pelo Brasil. Sua intenção é chegar a 30 lojas até o final deste ano. Graças ao sistema de cozinha central, a empresa viu o faturamento dos seus negócios subirem e gastos serem contidos.

Para se ter uma ideia, a Fórmula Pizzaria faturou R$ 1,7 milhão em 2017. A previsão é que o faturamento da rede chegue a R$ 5 milhões neste ano.

Vantagens da cozinha central da Fórmula

Como já citado, uma das principais vantagens de uma cozinha central é a padronização dos alimentos. Isso também acontece nas franquias da Fórmula Pizzaria, já que os ingredientes, assim como a massa, vêm de um mesmo lugar. 

A cozinha central da Fórmula Pizzaria oferece, por exemplo, a massa congelada das suas pizzas, que devem ser descongeladas localmente. Com esse método, a massa permanece fresca, não perdendo em nada no sabor. 

Alguns dos insumos para a montagem das pizzas também já são entregues processados, fatiados e/ou porcionados. 

Tudo isso evita a dependência de receitas ou da forma de preparo dos funcionários de cada unidade. Com a menor dependência, há uma maior facilidade na produção das pizzas. 

Isso significa que, mais do que economia na contratação dos funcionários, há economia de tempo.

Incluindo o processo de assar, o tempo de preparação de uma pizza da Fórmula gira em torno de 7 minutos.  Assim, há maior segurança em entregar os pedidos em menos de 30 minutos na casa dos clientes. A rapidez na entrega é um enorme atrativo da marca.

Suporte ao franqueado também é destaque da Fórmula Pizzaria

Investir em uma Fórmula Pizzaria é algo que oferece ao empreendedor uma série de suportes para o sucesso da sua unidade. Afinal de contas, o compromisso com o investidor é uma das maiores forças da rede. 

Na Fórmula Pizzaria, os modelos de negócio disponíveis são ideais para franqueados com perfil investidor, ou seja, que não precisam estar no dia a dia da unidade. Os processos da operação são bem alinhados e definidos, gerando dependência mínima ao franqueado. 

“A rede Fórmula Pizzaria tem formato compacto, processos bem definidos e alta rentabilidade. Tem também baixo investimento para o setor alimentício, espaço físico reduzido para operação e necessidade de poucos profissionais”, destaca o empresário e diretor executivo da franquia, Henrique Mol.

Para aproveitar de todos esses atrativos, é necessário que o empreendedor tenha facilidade de relacionamento interpessoal, para lidar com equipe e clientes.

O treinamento feito pela rede ocorre in loco e tem duração média de 10 dias, acontecendo antes e após a abertura da unidade. Nele, o franqueado aprende todas as etapas do processo de: 

  • Produção das pizzas, calzones e lanches; 
  • Atendimento ao cliente; 
  • Cuidados no manuseio de alimentos; 
  • Processos internos; 
  • Marketing com orientação das principais estratégias, entre outras.

A tecnologia também é um pilar importante desse crescimento. Além de trazer comodidade para quem compra, ela aumenta os canais de atendimento das unidades. Veja a seguir.

Delivery por aplicativo Fórmula Pizzaria

A Fórmula Pizzaria possui três modelos de negócio, e dois deles têm espaço para os consumidores na loja. Ainda assim, a marca se destaca pelo serviço de entrega — tanto que 75% das vendas da franquia são feitas pelo delivery. No vídeo abaixo, você pode acompanhar como funciona a central de atendimento da empresa.

Embora os pedidos por telefone continuem sendo uma opção bastante utilizada, o futuro da entrega de alimentos está em plataformas digitais. Elas já reúnem milhares de estabelecimentos em todo o País, e acabam oferecendo maior comodidade para aquele que quer consumir algo novo sem sair de casa.

O empresário e diretor executivo da franquia Fórmula Pizzaria, Henrique Mol, aponta os benefícios da tecnologia para o setor de alimentação.

“Os consumidores estão buscando cada vez mais comodidade para a alimentação. Isso acaba refletindo diretamente em setores como o nosso. O aumento da violência em algumas cidades, inclusive, torna o serviço de delivery uma opção mais segura, já que não é preciso sair para comer”, destaca o empreendedor. 

Segundo Mol, as pessoas também estão mais atarefadas com o trabalho, não tendo o tempo suficiente, ou mesmo habilidade, para preparar alimentos em casa. Por isso o delivery é uma opção recorrente.

A Fórmula Pizzaria se destaca no mercado tendo como pontos altos:

  • A qualidade dos seus produtos;
  • Experiência positiva no contato do cliente com as unidades; e 
  • Rapidez na entrega dos pedidos. 

Aplicativo Fórmula Pizzaria e iFood

Para aproveitar do serviço delivery da Fórmula Pizzaria, o cliente consegue fazer os pedidos por telefone, site, balcão da unidade e aplicativos, como o iFood e Pedidos Já. Além disso, a marca possui um aplicativo próprio, disponível no Google Play.

Fazer o pedido pelo aplicativo da Fórmula é muito prático: o usuário seleciona o que quer no cardápio virtual, confirma o pedido e escolhe a forma de pagamento. O pagamento pode ser feito diretamente com o entregador ou de modo online.

“Tem sido um ótimo recurso para atrair ainda mais a atenção do consumidor que prefere não sair de casa”, ressalta Mol.

O empresário destaca ainda a parceria com aplicativos como iFood e Pedidos Já. Segundo ele, uma das principais vantagens é que os apps possuem uma base de clientes consolidada. Assim, quando ocorre a inauguração de novas unidades, é possível iniciar a operação em ritmo acelerado de faturamento.

Se a encomenda demora mais do que o prometido, também é possível avisar a central de atendimento do app, para identificar o problema. 

“A unidade informa o tempo médio de entrega, baseado na demanda, dias ou casos pontuais. Mas, caso o tempo seja ultrapassado, o cliente pode ligar para a loja, por meio do próprio aplicativo. Como os clientes avaliam o atendimento de cada empresa, existe uma preocupação maior das empresas. Por isso, elas se comprometem mais em oferecer um bom atendimento”, conclui Henrique Mol.

Fórmula Pizzaria em números

imagem pizza
Por dia, 1 milhão de pizzas são produzidas no Brasil, segundo a APUESP.

No Brasil, a concorrência no mercado de pizzarias é alta. Segundo levantamento da Associação das Pizzarias Unidas do Estado de São Paulo (APUESP), existem 36 mil pizzarias em funcionamento no País. Trata-se de um setor que gera 360 mil postos de trabalho e cujo faturamento gira em torno de R$ 22 bilhões por ano.

Paixão dos brasileiros, este tipo de alimento possui a maior fatia do mercado no setor de alimentação em residências (delivery). Estudos mostram que pizzas representam mais de 30% da comida pedida em casa, mostrando um mercado com alto potencial e demanda.

Tem interesse em franquias de pizzaria? Então, fique sabendo que a Fórmula Pizzaria é uma das opções mais acessíveis para você investir! 

Confira, abaixo, o capital necessário para você se tornar um franqueado da marca.


DeliveryDelivery + MesasExpress
Taxa de FranquiaR$ 40 milR$ 40 milR$ 50 mil
Adequação InstalaçõesR$ 10 milR$ 30 milR$ 125 mil
EquipamentosR$ 40 milR$ 40 milR$ 70 mil
Despesas AdministrativasR$ 5 milR$ 5 milR$ 5 mil
Móveis e UtensíliosR$ 20 milR$ 20 mil
Capital de GiroR$ 30 milR$ 30 milR$ 40 mil
TOTAL APROXIMADO DO INVESTIMENTOR$ 145 milR$ 165 milR$ 290 mil

Viu só como o sistema de cozinha central pode facilitar a vida de um franqueado? Com a opção da Fórmula Pizzaria, inclusive, os empreendedores conseguem economizar valores e otimizar todo o seu processo de trabalho. O resultado é um faturamento mais rápido e substancial. 

Sair

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − seis =