fbpx
  • Fale Conosco:

    (31) 3654-5664

  • E-mail:

    franquia@encontresuafranquia.com.br

Encontre sua Franquia

Quais as diferenças entre corretora, seguradora e corretor de seguros?


Corretora, seguradora, corretor de seguros… Todos esses são agentes importantes no ramo de seguros, mas seus significados podem provocar dúvidas. Para saná-las de uma vez por todas, fizemos esse texto. Acompanhe!

Tem interesse em se tornar um corretor de seguros? Ou, quem sabe, abrir uma seguradora, ou uma franquia corretora de seguros? Se o seu objetivo é ter sucesso nesse ramo, você deverá começar por compreender as diferenças entre cada um desses termos.

O ramo de seguros é um mercado altamente promissor. Afinal, ele vende serviços essenciais para quem deseja cuidar de seu patrimônio e evitar grandes prejuízos, no caso de acidentes e outras ocorrências. 

Para se ter uma ideia  o setor de seguros movimentou R$ 154,4 bilhões em 2018 e deve crescer 8,4% em 2019. Os dados são do Sindicato de Empresários e Profissionais Autônomos da Corretagem e da Distribuição de Seguros do Estado de São Paulo (Sincor-SP) e da Confederação Nacional das Empresas de Seguros Gerais (CNSeg).

Mas qual é a diferença entre corretora, corretor e seguradora?

De uma maneira bem simples, podemos dizer que a principal diferença entre uma corretora de seguros, uma seguradora e um corretor de seguros é o serviço. A proteção é oferecida pela seguradora, enquanto corretor e corretora só fazem a intermediação da sua contratação.

Corretor e corretora também são intermediários da relação entre o cliente e a seguradora. São eles quem conectam uma ponta a outra.

Entender melhor esses termos e saber exatamente como diferenciá-los é muito importante, principalmente para que o empreendedor reconheça qual tipo de negócio combina mais com o seu perfil.

Pensando nisso, criamos este artigo. A seguir, contamos quais são as características e particularidades de uma corretora, uma seguradora e um corretor de seguros. Confira!

O que é uma seguradora?

O mercado de seguros no Brasil é regulado e fiscalizado por um órgão chamado Superintendência de Seguros Privados (Susep). Ela é a responsável por emitir a devida autorização para o funcionamento de empresas seguradoras.

As seguradoras têm como objetivo assumir os riscos de seus clientes e indenizá-los no caso de ocorrências cobertas pela apólice.

Entre as coberturas oferecidas ao consumidor estão as contra acidentes, furtos e roubos. Desde que listada na apólice, a ocorrência será ressarcida pela empresa seguradora.

Também é a seguradora que realiza a verificação do sinistro, validando a veracidade das informações e dos danos ocorridos ao patrimônio ou à vida do segurado. Só então a indenização será devidamente liberada.

São diversos os tipos de seguros oferecidos pelas companhias de seguro. Alguns dos mais comuns são os seguros automotivos, seguros de vida, residenciais, cargas, entre outros. Nos últimos anos, o seguro pet e seguro saúde também têm se tornado populares.

Além dos serviços de proteção ao patrimônio, uma seguradora pode transacionar outros tipos de serviços. Há, por exemplo, os planos de previdência e títulos de capitalização, o que amplia ainda mais o ramo de atuação de uma seguradora.

Os produtos e serviços vendidos podem ser contratados diretamente com a seguradora. Podem, ainda, ser obtidos com o auxílio de um corretor de seguros certificado ou uma empresa corretora de seguros.

Vale ressaltar que apenas as empresas autorizadas pela Susep podem segurar bens no Brasil. Por isso, antes de contratar qualquer serviço ou realizar parceria, é importante pesquisar pela seguradora no site da Superintendência.

O que é uma corretora de seguros?

Assim como as seguradoras, as corretoras de seguro são entidades que necessitam da autorização da Susep. Só assim elas podem operar livremente no ramo de seguros.

As corretoras de seguros atuam como intermediárias entre o cliente e a seguradora, podendo trabalhar com marcas de seguros diferentes.

Aliás, essa é uma das principais vantagens para o consumidor. Por meio desse tipo de negociação, é possível comparar mais facilmente os serviços oferecidos pelas companhias de seguro. Então, o usuário pode escolher o mais adequado para as suas necessidades e condições financeiras.

Uma agência corretora de seguros é responsável por todo o processo de venda do seguro. Ela atua desde a realização das cotações, até o momento da contratação e renovação do acordo. Isso sem esquecer do suporte ao consumidor, realizado durante todo o período de vigência do contrato.

Também é de responsabilidade da corretora de seguros garantir a execução do contrato e o cumprimento de todas as cláusulas previstas. A empresa deve intervir com a seguradora sempre que houver necessidade.

Isso tudo transforma a corretora de seguros em uma ótima opção de negócio para quem deseja empreender.

O que é um corretor de seguros?

O corretor de seguros nada mais é do que o profissional que está habilitado para ofertar os serviços das seguradoras. Ele é a pessoa que vai gerenciar todo o processo de compra pelo usuário. Desde o fornecimento das informações iniciais, realização de cotações e suporte ao segurado, até o pós-venda.

Para atuar como um corretor de seguros, o profissional deve ser aprovado em um exame específico para o exercício da função. Esse exame é realizado pela Escola Nacional de Seguros e garante uma autorização fornecida pela SUSEP.

O trabalho do corretor de seguros faz com que muitas seguradoras economizem recursos. Afinal, não é preciso lidar com a remuneração de uma equipe de vendas, nem com a confecção de materiais de divulgação.

O corretor de seguros ainda traz uma maior tranquilidade ao segurado, pois está preparado para atendê-lo. Esse especialista tem como função tirar suas dúvidas e “traduzir” as cláusulas do contrato antes da contratação da proteção. Depois, em caso de sinistro, ele poderá entrar em contato com a seguradora e abrir o processo para indenização.

Como um bom corretor trabalha?

Um bom corretor de seguros trabalha como um assessor. Ou seja, ele primeiro analisa as reais necessidades e o perfil de seu cliente. Depois, avalia quais os tipos de seguro e as seguradoras que trarão mais benefícios para o segurado.

Esse profissional deve entender muito bem sobre as questões contratuais e análise de riscos. Também deve sempre acompanhar as mudanças no mercado de seguros e nas apólices já assinadas pelos seus clientes. Assim poderá deixá-los atualizados e evitar dores de cabeça.

O corretor de seguros é um profissional que recebe comissões. Por isso, quanto mais vende, mais ele vai faturar no fim do mês.

Porém, é essencial que ele seja sempre honesto ao ofertar o melhor seguro aos seus clientes. Principalmente considerando que o corretor será acionado em qualquer dificuldade ou problema com a apólice. 

Oferecer um bom trabalho é a melhor maneira de construir sua credibilidade e contar com a propaganda boca a boca, realizada por consumidores sempre satisfeitos.

Quem deseja se tornar um corretor de seguros pode investir em uma corretora própria ou em uma franquia.

Quais são as vantagens de investir em uma franquia corretora de seguros?

Está interessado em abrir uma empresa no setor de seguros, mas não possui muito conhecimento na área? Uma ótima opção pode ser investir em uma franquia, que oferece uma série de vantagens para quem está iniciando no mundo dos negócios. Confira abaixo algumas delas!

Marca reconhecida

Normalmente, uma franquia já possui sua marca reconhecida no mercado e uma boa credibilidade perante os consumidores. Mesmo marcas que sejam desconhecidas em sua região, podem já ter um certo renome em outras cidades.

Na era digital em que vivemos, o reconhecimento da marca é extremamente relevante. Afinal de contas, os consumidores têm o hábito de pesquisar sobre as empresas na internet. Encontrando boas referências sobre a franquia, eles terão maior facilidade em confiar no seu trabalho.

Além disso, empreender com uma marca conhecida facilita na obtenção de descontos, prazos maiores e crédito com seus fornecedores. Isso porque, eles já estarão habituados com os franqueados da empresa escolhida por você.

Não é preciso ter experiência na área

Para abrir um negócio, é comum que as pessoas busquem áreas em que já possuem um nível de domínio e conhecimento. Entretanto, nem todo empreendedor já teve experiência na área de seguros.

Nesse caso, escolher uma franquia para iniciar no mundo dos negócios garante facilidade ao trabalho. Tudo porque, uma franquia oferece um modelo de negócios e suporte constante da franqueadora.

Menor risco

A franquia é uma escolha com muito menos risco para o empreendedor. Por meio desse modelo, o empresário pode contar com um plano de negócios já pronto, testado e com eficácia comprovada.

Os modelos de franquia têm, inclusive, previsões sobre o retorno do investimento do negócio. Logo, são excelentes para quem deseja investir com maior segurança.

Suporte da franqueadora

corretor de seguros treinamento em frente ao computador
Normalmente, o treinamento do franqueado é feito de modo on-line, otimizando o processo.

O suporte oferecido pela franqueadora é de grande valia ao empreendedor. As franqueadoras já têm materiais, estudos de mercado e estudos financeiros prontos. Isso garante ao franqueado materiais de marketing, plano de negócios, projetos arquitetônicos e mais.

Ao mesmo tempo, as marcas franqueadoras oferecem treinamentos aos franqueados e colaboradores. Assim, elas conseguem padronizar os processos, serviços e atendimento da rede.

A seguir, apresentamos a Quisto Corretora de Seguros, uma rede de franquias que vem se expandindo nos últimos anos.

Quisto Corretora de Seguros

Com investimento total a partir de R$ 17.600, a Quisto Corretora de Seguros é uma das opções de franquias disponíveis para quem deseja empreender no setor.

A marca investe bastante em tecnologia, infraestrutura e na qualidade de atendimento aos seus clientes. Seus consultores atuam em todo o Brasil, e seu leque de produtos é amplo, abrangendo diversos tipos de seguros.

O faturamento médio mensal de uma franquia Quisto é de R$ 50 mil. Seu prazo de retorno previsto vai de seis a 18 meses. Já são quase 50 unidades da marca espalhadas pelo País, especialmente no modelo home based.

A Quisto Corretora de Seguros trabalha com seguradoras conceituadas e que transmitem muita credibilidade ao cliente. Veja, a seguir, os custos associados à abertura de uma unidade da empresa.


Quisto Home OfficeQuisto Loja Física
Taxa de Franquia R$ 15.000,00 R$ 15.000,00
Abertura EmpresaR$ 600,00R$ 600,00
Capital de GiroR$ 2.000,00R$ 2.000,00
Instalações do Projeto ArquitetônicoR$ 13.000,00
TOTAL APROXIMADO DO  INVESTIMENTOR$ 17.600,00 R$ 30.600,00

Gostou do nosso artigo e acha que ele pode tirar as dúvidas sobre corretora, seguradora e corretor de seguros? Compartilhe este post em suas redes sociais e deixe seus amigos saberem!

Sair

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *