fbpx
  • Compre sua Franquia:

    (31) 3654-5664

  • E-mail de Contato:

    franquia@encontresuafranquia.com.br

Encontre sua Franquia

O que é empreendedor franqueado?


Uma das atividades que mais vem crescendo no Brasil é a do empreendedor franqueado. Afinal, o número de franquias aumenta a cada ano.

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), 2019 foi mais um ano que fechou com bons números para o setor. O faturamento ultrapassou a casa dos R$ 185 bilhões e a quantidade de unidades no país marcou o 5º ano em ascensão. 

A mudança está acontecendo e vem ganhando velocidade com o passar do tempo. São novas ideias de negócio, variados segmentos de atuação e vários cuidados para que o empreendedor obtenha o sucesso.

Observando esse movimento e buscando esclarecer melhor algumas questões relacionadas a esse tipo de investimento, preparamos o texto abaixo mostrando o que é o franqueado, quais as suas características e quais os seus gastos. Acompanhe!

Entenda o empreendedor franqueado

O empreendedor franqueado é uma pessoa física que opta por investir em uma franquia. Ou seja, por meio da quitação de alguns valores, ele pode utilizar a marca e o modelo de negócio da empresa matriz (franqueadora).

Em síntese, os franqueados são responsáveis por ajudar no projeto de expansão de um determinado empreendimento. Mas sempre respeitando e seguindo as orientações da franqueadora. 

Não à toa, as marcas oferecem treinamento in loco para todos os funcionários e gestores da unidade, além do suporte operacional e administrativo, auxílio jurídico e publicidade. 

Qual o perfil de um franqueado?

Não existe uma fórmula mágica para que um empreendimento de franquia dê certo. Porém, será mais simples alcançar o sucesso caso o empresário tenha um perfil para superar os desafios que o negócio propõe. Veja abaixo!

Organização no dia a dia

Talvez o maior segredo dos grandes empresários seja sua capacidade de organização. Graças a essa forma de conduzir seus negócios, eles conseguem definir quais ações são prioridade. Isso otimiza o tempo de execução e garante o crescimento da sua empresa. 

Todo esse processo começa pelo planejamento que o empresário deseja cumprir nos próximos meses e quais as metas a serem alcançadas.

Pensando nisso, seja estratégico para atuar no que realmente importa e esteja sempre à disposição para esclarecer as dúvidas de seus clientes e equipe de trabalho.

Se optar por uma franquia home office, essa organização será ainda mais importante.

Capacidade de liderança

Para estar à frente de um projeto que exige tanta atenção, é preciso que o empreendedor franqueado tenha um papel de líder consolidado. Em suma, será essa figura a responsável pela execução dos processos ligados ao empreendimento. 

Ser um bom líder não quer dizer atuar em todos os setores, mas sim conhecer sobre eles. Só assim o gestor consegue entender a função de cada indivíduo e engajar sua equipe, por meio de objetivos alinhados com o perfil de cada função.

Motivação para investir

Administrar e gerir uma empresa não é uma atividade muito simples. Ela requer atenção e dedicação quase que 24 horas por dia. Por isso, gostar do segmento que atua, da marca que carrega e do produto/serviço que vende é fundamental para o sucesso da empresa.

Definitivamente, esse é um dos aspectos mais importantes para o empreendedor franqueado. Não à toa, a falta de motivação é um dos principais motivos para o fechamento de algum empreendimento. 

Compromisso com o negócio

Comparada aos pontos levantados até aqui em nosso texto, o principal para montar um negócio é ter compromisso. Ou seja, conhecer a franquia, ir atrás das informações necessárias, estudar a COF, participar dos treinamentos, entre outros comportamentos.

O empreendedor franqueado, que não está acostumado ou não tem experiência em gerir um negócio, precisa entender que irá trabalhar mais que o normal. As oito horas tradicionais serão poucas para ele. 

Engajamento das pessoas

Uma consequência de um empresário comprometido com o seu empreendimento é o engajamento das pessoas a sua volta. Familiares, amigos e companheiros, todos transmitindo confiança e entusiasmo para que o negócio seja um sucesso.

Além disso, um investidor engajado no seu negócio e conhecedor da área que atua, com boas ideias e vontade de crescer, também motiva seus funcionários. Dessa forma, eles se tornam leais à ideia da marca e se sentem inspirados a crescer dentro da empresa. 

Capacidade de execução

Ter capacidade de execução quer dizer que o empreendedor entende do processo de pessoas, estratégia e de desenvolver um bom plano de operação.

Não adianta ter todos os pontos apresentados acima, mas não conseguir colocá-los em prática para conseguir bons resultados com a sua franquia. Mas calma, essa é uma qualidade que vem com bastante estudo e experiência. 

Um bom empresário conhece seus pontos fortes e fracos, os estuda e sempre busca aprimorá-los. O empreendedor franqueado faz seu empreendimento se desenvolver graças ao seu crescimento pessoal.  

Como funciona uma franquia?

A franquia é uma estratégia de negócio que visa ampliar a área de atuação da empresa e aumentar o seu número de consumidores. Pensando nisso, a marca permite que empresários abram unidades com base no seu modelo de negócio e tecnologia. 

Como consequência, o franqueado recebe todo o suporte necessário para desenvolver o seu empreendimento. É oferecido treinamentos, consultorias e auxílio jurídico para o investidor ficar preparado para atuar de acordo com a política da empresa.

Isso acaba tornando o negócio mais vantajoso e seguro. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apenas 5% das franquias fecham antes dos dois anos de operação. 

Em contrapartida, 23 em cada 100 empresas abertas do zero vão a falência no período de dois anos. 

Investir em uma franquia traz diversos benefícios, como a isenção de alguns encargos e acesso a um modelo de negócio já testado e aprovado pelos consumidores. Porém, antes de tudo, é preciso ficar atento a alguns pontos. 

Tipos de franquias

Ao optar por empreender em uma franquia, é importante ficar atento aos tipos que existem no mercado. Há marcas que atuam em todos os formatos e existem outras que preferem apenas um ou outro modelo. Veja quais são a seguir!

As microfranquias

Uma das formas mais populares de franquia, as microfranquias são caracterizadas pelo baixo investimento inicial, de até R$ 90 mil.

A grande vantagem desse modelo é o baixo custo operacional e a alta rentabilidade. Inclusive porque, muitas das microfranquias são do tipo home office.

Neste caso, o empresário não precisa se preocupar com um ponto comercial ou quadro de funcionários, por exemplo.

Aqueles que optam por esse formato atuam em suas próprias casas e, em alguns casos, se deslocam até o cliente.  

As microfranquias chamam atenção dos novos empreendedores e possuem várias opções no mercado. Conheça mais sobre elas no vídeo a seguir!

Franquia unitária

A franquia unitária ou individual é o modelo mais comum no mercado. Ela permite que o empreendedor atue com uma unidade loja física, quiosque, contêiner, entre outros. 

Franquia master

Esse modelo de franquia é mais voltado para a expansão internacional de uma marca. Também é muito usado pelas marcas que desejam crescer sua participação em outras regiões do Brasil.

O franqueado desse modelo tem o direito de procurar e atrair empreendedores para abrir novas unidades pela região que atua. Ele também fica responsável pelo treinamento e suporte aos demais investidores. 

Dessa forma, o master (ou Sub Franqueador) recebe parte dos valores adquiridos por meio das taxas pagas pelos franqueados daquele país, estado ou província. 

Desenvolvedor de Área

As franquias conhecidas como Desenvolvedoras de Área são um conjunto de unidades unitárias que pertencem a um único franqueado. 

Durante um determinado espaço de tempo, ele tem o direito de abrir quantas lojas desejar, desde que isso esteja de acordo com sua condição financeira.

O empresário também tem o direito de vender unidades nesta região e receber o valor cobrado pela taxa de franquia e royalties. Em alguns casos, também é necessário prestar consultoria e ministrar treinamentos. 

Semelhante ao modelo anterior, o objetivo é expandir a atuação em uma determinada área. Porém, a diferença para Master está no contrato. Nesse formato, ele não pode assinar nenhum documento em nome da franqueadora, pois é apenas um intermediário. 

Algumas marcas também utilizam o desenvolvedor de área como fornecedor de materiais e produtos para outros franqueados. Este é o caso, por exemplo, da Acquazero, empresa referência em limpeza automotiva ecológica. Conheça mais sobre o seu modelo de negócio no vídeo abaixo!

Investimento necessário

Junto com o tipo de franquia que o empresário vai escolher, é preciso observar também a quantia necessária para fazer o investimento. 

Os valores vão variar de acordo com o tamanho da unidade pela qual o empreendedor optar. Os principais gastos associados à franquia estão listados abaixo.

Taxa de Franquia

A taxa de franquia corresponde à autorização para o franqueado utilizar e comercializar os produtos/serviços de uma determinada marca.

Ao quitar a quantia no ato do contrato, o empresário recebe todo o know how que transformou a empresa franqueada em um grande empreendimento. 

Esse custo é fixo e pago apenas uma vez durante a vigência do contrato. Porém, existem franquias que podem manter ou variar o valor de acordo com o modelo que o empresário escolher. 

Capital de giro

Capital de giro é a tarifa reserva utilizada para manter um negócio funcionando nos primeiros meses de tração e, em casos de imprevistos, cobrir situações que possam prejudicar de alguma forma o fluxo de caixa da unidade. 

Todas as franqueadoras estimam o valor necessário para que você consiga iniciar suas atividades.

Apesar da marca exigir apenas a monta referente a um mês, o aconselhável é separar a quantia referente a seis meses de operação.

Royalties da franquia

Se a taxa de franquia é referente apenas ao direito de começar a utilizar a marca da franqueadora, os royalties permitem que o empresário continue recebendo todo o suporte, treinamento, auxílio, consultoria e comercializando os produtos/serviços da empresa em questão.

Mensal, a taxa pode ser cobrada por meio de um valor fixo ou de acordo com uma porcentagem do faturamento bruto da unidade. 

Fundo de Propaganda

Esse fundo é responsável por gerar verba para propagandas, marketing e ações publicitárias com o intuito de promover a marca como um todo. 

Dessa forma, não há necessidade de o empresário criar os próprios trabalhos. Algo que permite que ele foque mais na administração e gestão do empreendimento.

Porém, caso seja da vontade do franqueado criar algo do zero, o projeto deve ser aprovado pela marca.

A cobrança também pode ser feita de acordo com o valor fixado em contrato ou com base no faturamento bruto da franquia.

Importância da Circular de Oferta de Franquia

Todas as informações que apresentamos até aqui precisam estar presentes em um lugar: na Circular de Oferta de Franquia (COF). Isso é determinado pela Lei de Franquias.

Esse documento é o responsável por reunir vários dados importantes para que o candidato a franqueado escolha a melhor opção para ele.

Deve ser informado, por exemplo, o histórico da marca, seus balanços financeiros, as pendências judiciais, contato dos franqueados da rede, multas, valores, modelos etc.

Porém, para que o contrato seja assinado e considerado válido, a COF precisa ser entregue 10 dias antes do ato e também precisa ser marcada pelo investidor. Caso o prazo não seja respeitado, o vínculo será considerado ilegal. 

Por se tratar de um documento delicado e que pode gerar muitas dúvidas, é aconselhável que o empreendedor consulte um advogado e esclareça suas questões com os consultores da marca pela qual se interessar.

No vídeo a seguir, vamos falar mais detalhadamente sobre o que é a COF. Confira!

Agora você já sabe que o franqueado é um empreendedor que investe em um modelo de negócio já consolidado no mercado. Apesar de ser considerado seguro, abrir essa “cópia autorizada” exige um comportamento específico. 

Gostou e quer saber mais sobre como se tornar um empreendedor franqueado? Baixe o nosso ebook e descubra se é mesmo a sua hora de empreender!

ebook chegou a sua hora de empreender?

Sair

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *