Você sabia que a região Sudeste do Brasil reúne a maioria das mulheres empreendedoras do Brasil? De acordo com estudo inédito divulgado da Serasa Experian esse ano, o Brasil possui mais de 5 milhões de mulheres empreendedoras, o que representa 8% da população feminina do país.

Isso significa que 43% dos donos de negócios do país são do sexo feminino e 57% masculino. E a maior concentração de sócias brasileiras encontra-se na região Sudeste, com 52,06% do total, estando grande parte em Minas Gerais.

Esse é o caso de Camila Aparecida Da Silva Horta, 34 anos, que em julho do ano passado abriu uma unidade da Rede Leve Pizza, rede de franquias única no Brasil a oferecer pizzas pré-assadas, na cidade de Diamantina (MG).

Formada em radiologia médica e sem experiência alguma no segmento de alimentação, em meados do ano passado, essa mulher, esposa e mãe de um menino de seis anos, finalmente concretizou o sonho do negócio próprio junto com o sócio e marido, Júnior César de Oliveira Horta, 48 anos.

“Sempre trabalhei com vendas em lojas, concessionárias, roupas, calçados, acessórios e peças íntimas. Até que um dia, conhecemos a Rede Leve Pizza logo e nos tornamos clientes assíduos da marca.

Apostamos na ideia e resolvemos investir, por acreditar na qualidade e procedência do produto – pizzas feitas na hora da compra, com ingredientes frescos, preço acessível (em torno de R$20,00) e pronta pra assar em apenas 10 minutos na casa do cliente”.

 

No entanto, além da qualidade, a empresária colocou a praticidade da condução do negócio como fator decisivo nessa inciativa, priorizando a flexibilidade de horários para poder se dedicar a criação do filho também.

“Optei pela Rede também para poder estar mais presente na vida do meu filho (João Pedro), para ter horários mais acessíveis e para acompanhar mais de perto a criação e o crescimento dele. Assim, a cada dia me torno uma pessoa melhor e mais realizada”, enfatiza.

E não é que deu tudo certo? “Hoje em dia, percebo que tenho mais inciativa e sou otimista diante ao mercado de trabalho. Tenho a autoconfiança suficiente para conseguir chegar ao fim do dia com a certeza de dever cumprido, não só como empresária, mas acima de tudo como mãe e esposa”, conta.

Dia a dia

Entretanto, para que tudo ocorra de forma produtiva, a rotina e Camila é regrada e minuciosamente planejada. “Geralmente, no dia anterior, já tenho que programar o dia seguinte, como toda mãe empreendedora deve fazer, acredito. Na parte da manhã me dedico ao meu filho e aos afazeres de casa.

Após o almoço, eu o deixo na escola, onde ele permanece até às 17h15. Nesse intervalo, resolvo pendências da pizzaria, faço compras e atendo fornecedores. Vou para a pizzaria por volta das 16h00 para começar a organizar a abertura, que acontece uma hora depois. Permaneço então na recepção e administro os funcionários.

Enquanto isso, o João Pedro permanece comigo na unidade, até encerrarmos as atividades às 22 horas e às 23h nos fins de semana. Só então, consigo voltar pra casa e descansar”, conta.

Com toda essa disciplina, os resultados já apareceram, com menos de um ano de franquia em funcionamento. Atualmente, a média de pizzas vendidas diariamente na unidade de Camila é de 43 pizzas.

Assim, ela já conquistou um faturamento médio mensal de R$36.2 mil, sendo sua maior marca atingida de R$48.5 mil. No entanto, o sucesso do negócio se credita não somente a qualidade do produto e a boa administração, mas sim a algumas iniciativas diferentes também.

“Todo mês realizamos um evento no qual oferecemos pizzas por meio de um rodízio, em parceria com um espaço de festa destinado a crianças com vários brinquedos para que os pais possam aproveitar o momento, enquanto seus filhos se divertem aos cuidados de monitoras.

Além disso, realizamos também aniversários, onde os pais compram as nossas pizzas e disponibilizamos todo apoio para assar as pizzas onde acontece a festa”, conta.

Para aquelas mulheres, mães, que acreditam não serem capazes de conciliar as reponsabilidades de uma vida profissional com a maternidade, Camila deixa um recado: “Seja empreendedora, mas não se esqueça que o negócio tem que ser rentável.

Não adianta você trabalhar fazendo o que ama, se sua nova profissão não lhe trouxer o mínimo de retorno para você se manter. Por isso, antes de iniciar qualquer negócio, faça um bom planejamento, e isso inclui prever e administrar com precisão o tempo e a dedicação ao filho, em meio ao negócio. Pense grande e tenha paciência!”.

Categories: MERCADO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esclareça suas dúvidas pelo Whatsapp.
Enviar pelo whatsapp

Faça parte de um dos maiores grupos de franquias do Brasil!

Preencha com seu e-mail a baixo e receba em seu e-mail as melhores dicas de franquias.

chevron-down