fbpx
  • Compre sua Franquia:

    (31) 3654-5664

  • E-mail de Contato:

    franquia@encontresuafranquia.com.br

Encontre sua Franquia

Faça Bom Uso da Negociação nas Franquias de Negócios


Faça Bom Uso do Poder de Negociação nas Franquias de Negócios. Ao contrário do que muita gente imagina, o fator negociação está presente na vida das pessoas constantemente, sendo algo longe de ser limitado ao segmento dos negócios. Nas franquias de negócios, esse fator ainda tem maior valor.

Faça Bom Uso do Poder de Negociação nas Franquias de Negócios

Negociamos com a família, com amigos, com franqueados e franqueadora e, até mesmo, com um empregador, em uma entrevista de emprego. O importante é que, em uma negociação, não existem vencedores nem perdedores, mas sim a tentativa de conciliar o que é bom para ambos os lados.

No entanto, quando se aborda o tema negócios, principalmente nas franquias de negócios, o profissional necessita ser um negociador melhor do que a maioria, para conseguir o sucesso. É possível dizer que esse é um inciso efetivo incluso do quadro de jurisdições que o profissional deve ter. De modo significativo é ministrar as palavras certas para expor sua opinião em uma reunião de equipe ou discernir qual o melhor modo de apresentar um novo projeto diante de uma concorrência.

No momento da negociação, devemos ressaltar a sensibilidade do fechamento do acordo. É um momento de deixar a ansiedade e a euforia de lado. E levar em consideração alguns pontos relevantes:

  • Resumir o que foi acordado;

  • Recapitular os benefícios de ambas as partes;

  • Verificar se não há mal-entendidos e/ou resistências;

  • Formalizar, se necessário, o compromisso;

  • Registrar o que ficou acordado;

  • Acertar os próximos passos e definir o cronograma.

Entretanto, não significa dizer que um negociador, necessariamente, tenha que ser um profissional superficial na negociação. Espera-se que ele tenha desenvoltura para conduzir uma conversa e chegar a um acordo comum. É importante que essa correspondência traga efeitos a longo prazo, caso contrário, uma das partes pode se sentir lesada e uma sensação negativa dará lugar ao sentimento de bem-estar.

Antes de submergir em uma negociação, é importante que conheça substancialmente todos os produtos e serviços, também no caso das franquias de negócios, a serem negociados e quais são os valores da organização. Só dessa forma, bons argumentos poderão ser criados para decidir eventuais problemas, além de oferecer mais segurança ao outro lado durante a transação.

O simples ato de colocar no papel que resultados seriam benéficos para ambos, ajuda a acelerar o processo. Podem encontrar pontos em comum, como a estratégia de crescimento ou a entrada em novos mercados, que logo à partida tornam o acordo mais interessante. A não ser que esteja numa posição de clara ascendência é normal que não alcance tudo o que pretende. É importante que pense em que áreas pode ser mais flexível para salvaguardar outras onde não pode ceder. Talvez possa aceitar um preço um pouco mais alto em troca de condições mais alargadas de pagamento, por exemplo. Mas é importante que pense nisto antes da reunião.

Perceber as indigências e perspectivas do cliente e se assegurar que as palavras e a postura adotada durante a reunião podem ser itens que auxiliam a alcançar o sucesso. Quando o negociador compreende o que o outro lado quer e espera do diálogo, torna-se mais fácil barganhar pelo que se quer. Os fatores categóricos para a negociação contém uma postura abordada em respeito, identificação de necessidades dos dois lados, nitidez e honestidade. É uma arte que todos podem ampliar com dedicação, ética e ousadia.

O empreendedor precisa ressaltar parte da sua energia ao comunicar-se com clientes, fornecedores e parceiros.

Tipos de Negociadores (Gestores de Negócios)

Segundo Martin, 1982, o negociador pode utilizar de diversos estilos para conseguir atingir seus objetivos, demonstrando ser:

A. Catalisador: Ênfase na inovação, criatividade, exclusividade, grandes projetos, ideias.

B. Apoiador: Ênfase no trabalho em equipe, preocupação com pessoas, no bem estar geral, na eliminação de conflitos, problemas.

C. Controlador: Ênfase em redução de custos, tempo, prazos, resultados, metas, independência em relação aos outros.

D. Analítico: Ênfase em informações, dados, detalhes, perfeição, preocupação com o micro, segurança.

Sair

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *