fbpx
  • Compre sua Franquia:

    (31) 3654-5664

  • E-mail de Contato:

    franquia@encontresuafranquia.com.br

Franquia brasileira no exterior: conheça marcas de sucesso


Investir em uma franquia brasileira no exterior pode ser o melhor passo para quem deseja empreender em outro país. Mas para que isso aconteça sem risco, é preciso seguir algumas dicas. 

É comum encontrarmos empreendedores brasileiros, morando em outros países e buscando um negócio para criar raízes em um determinado local. Além disso, também podemos observar empresas nacionais querendo ultrapassar as fronteiras do Brasil.

Para o investidor, iniciar um negócio do zero no exterior significa mais dinheiro gasto, leis que nem sempre são fáceis de entender e um entendimento sobre o comportamento de um público totalmente diferente do que está habituado. 

O mesmo vale para uma marca que pretende abrir uma nova sede em um outro país. Porém, para ambos os casos, o modelo de franquia pode ser a melhor solução.  

Por isso, preparamos o texto a seguir para você que se tornar empreendedor em outro país e começar a firmar sua vida nesse novo local. Acompanhe!

Como abrir uma franquia brasileira no exterior?

Antes de pensar em abrir uma franquia brasileira no exterior, é preciso conhecer bem a marca e a área na qual você vai atuar. 

Esse é o primeiro passo para o empresário conseguir fazer uma projeção do que será preciso para manter o negócio de pé durante a vigência do contrato. 

Para ajudar nesse breve estudo, o empreendedor deve pesquisar sobre a legislação do país em questão e quais as regras para os estrangeiros que pretendem atuar na região. Nem todos os locais têm legislação que favorecem os investidores de fora. 

O estudo pode ser feito junto a um advogado que conheça sobre as normas e questões burocráticas da localidade. Importante levantar nesse momento também, quais os custos operacionais e atividades que são permitidas por lei

Após esse primeiro passo, é hora de pensar no valor necessário para abrir. A cotação para a abertura de uma franquia sempre será entregue com valores condizentes a moeda local, nunca em real. 

Com a conversão, é hora de estudar os costumes do povo que escolher atender. Por mais que pareça que exista uma necessidade em um determinado país, isso não quer dizer que o seu empreendimento fará sucesso. 

É preciso observar se o população realmente precisa de serviço ou produto, quais os fatores sazonais podem interferir no seu negócio e se há ou não uma comunidade que possa ser servida com o seu empreendimento.

Pesquise bem sobre o mercado, os concorrentes, o comportamento deles etc. Todas esses dados serão importantes na hora de desenvolver o plano de negócio. 

Uma dica importante é, caso já exista outros franqueados dessa empresa atuando no país em que escolheu, converse com eles sobre todos os pontos levantados acima. 

As vantagens da internacionalização da marca

É comum encontrarmos economistas e estudiosos que apontam à internacionalização da marca como uma tendência essencial para a sobrevivência. 

Para isso, essas empresas precisam buscar estratégias e cuidados para que não seja considerado um passo maior do que as pernas. 

Dessa forma, é importante que o franqueado conheça bem a estrutura interna do empreendimento que está para assumir. Quais os tipos de treinamentos oferecidos, o suporte que será dado no exterior, quais os auxílios serão prestados etc. 

Além disso, é preciso observar como o produto irá ser visto pelos consumidores. Como falamos anteriormente, nem sempre a população está disposta a adquirir um produto ou serviço novo e isso pode levar a falência.

Porém, ele também pode ser um sucesso e nesse caso, o investidor tem que identificar quais os processos logísticos precisam ser executados para que a marca continue atuando e tendo sucesso. 

Vale lembrar que a Circular de Oferta de Franquia (COF) também deve ser entregue para os interessados, mesmo que a abertura seja feita em outro país. Como os contratos também terão validade no Brasil, a lei obriga que a franqueadora entregue esse documento.

A COF nada mais é do que um documento que conta com diversas informações sobre a marca. Dados mostrando o histórico da empresa, os balanços recentes, as taxas, os benefícios, as obrigações de ambas as partes etc. Porém, a circular deve ser adaptada para o novo país. 

O Brasil é um dos poucos países que possui uma legislação específica para o mundo do franchising. Para saber mais sobre como ela funciona, veja o vídeo a seguir!

7 opções de franquia brasileira no exterior

A seguir, separamos sete empresas que são modelos de franquia brasileira no exterior. Marcas já conhecidas e que atuam principalmente no mercado latino e norte americano, além do europeu. 

1. Oakberry

Oakbery é uma marca brasileira que surgiu em 2016 pelo empresário Georgios Frangulis. Ela veio para o mercado para atender a necessidade de um “fast-food” saudável, afinal as pessoas estão ficando cada vez mais sem tempo para se dedicar a uma alimentação mais balanceada. 

Em questão de minutos, o cliente já tem o açaí pronto para consumir. Com um modelo estruturado e produtos de qualidade, a marca conta com mais de 150 unidades no Brasil. Além de lojas no Peru, Dubai, Austrália, Estados Unidos, Portugal e Espanha. 

2. Acquazero

A Acquazero é a maior franquia de estética automotiva do Brasil. Criada em 2009, a marca se associou a um dos maiores grupos de franchising do país, a Encontre sua Franquia. Com esse novo passo a empresa se expandiu ainda mais pelos estados. 

Com apenas 300 mililitros de água, um copo americano, a empresa consegue lavar um carro por completo. O modelo de negócio, que atua tanto com lojas físicas quanto home office, passou a atrair clientes e assim, aumentar a lucratividade de seus franqueados. 

Atualmente ela conta com 350 unidades nacionais e recentemente inaugurou a primeira franquia nos Estados Unidos. Mostrando quais os passos ela deseja seguir.

Para saber mais sobre o modelo de negócio da Acquazero e como ela pode ajudar você a se estruturar em outro país, veja o vídeo a seguir!

3. Vivenda do Camarão (Shrimp House)

Criada em 1984, a Vivenda do Camarão é um dos restaurantes mais tradicionais quando se trata de frutos do mar. 

Não à toa, a marca está presente nas grandes capitais brasileiras e vem ganhando mercado em outros países. 

O maior objetivo da empresa, foi transformar o camarão e outros frutos em produtos mais acessíveis para a população. Todos os produtos que são entregues para os franqueados são produzidos por eles. 

Para atrair mais clientes, a marca adotou o nome internacional de “Shrimp House” e atua em países Europeus, Paraguai e China. 

4. First Class

Uma das maiores redes de produtos de cama, mesa e banho do Brasil. A First Class nasceu em 2000 e passou a atuar no mercado de franchising em 2008. 

Ela passou a fazer sucesso após ofertar produtos de extrema qualidade e além disso, devido ao número de mulheres que compravam seus produtos, fechou parcerias com salões de beleza, lojas de maquiagem e aluguel de trajes de festa.

Com mais de 170 unidades no Brasil, a marca iniciou sua expansão internacional pela Angola e instaurou sua primeira loja em Luanda, capital do país.

5. Localiza

A Localiza é atualmente uma das maiores franquias do segmento automotivo. Mas dentro do seu setor, locação de veículos, é a mais conhecida e que marca presença em quase todos os estados do país. 

Criada em 1973, a empresa começou a sua expansão na década de 1990 com a primeira unidade em Buenos Aires, Argentina. A partir daí, a marca passou a crescer e se tornou uma das referência do mercado sul americano. 

Atualmente são mais de 70 unidades espalhadas pela Colômbia, Chile, Equador, Paraguai, Uruguai e o seu maior centro depois do Brasil, Argentina. 

6. Cia Hering

Com mais de 140 anos de história, a Hering é uma marca brasileira de roupa que surgiu no estado de Santa Catarina. 

O conceito casual em suas peças, ela domina o mercado de franquias do segmento. Atualmente conta com mais de 500 unidades em variados estados brasileiros. 

Com um mercado tão ocupado, em 2010 foi a vez de estruturar seu modelo de expansão para outros países. Hoje ela conta com lojas no Paraguai, Uruguai e Bolívia.

7. iGUi Piscinas

A iGui Piscinas é atualmente a maior rede de franquia brasileira no exterior. Ela está presente em mais de 30 países e tem como principal produto piscinas e equipamentos voltados para o segmento. 

Desde 2016, a marca passou a contar com uma fábrica própria no Paraguai e se tornou a 8ª master franquia da rede. O que a transformou na maior franquia de piscinas do mundo.

Como vimos ao longo do texto, abrir um empreendimento do zero pode não ser uma ideia muito lucrativa. Porém, para quem deseja se tornar um empresário em outros países, apostar em franquias é um cenário totalmente favorável.

Apesar dos cuidados necessários como estudo de mercado, comportamento do consumidor, tipo de produto ou serviço que interessa e claro, domínio do idioma local, utilizar esse modelo de negócio para se firmar em um país é uma ótima oportunidade. 

Com as marcas que apresentamos, é possível escolher qual a melhor franquia brasileira para você investir no exterior. Todas elas já possuem dados, estudos e conhecimentos que irão facilitar a sua vida.

Gostou e deseja ficar por dentro de outras dicas para abrir sua franquia em outro país? Assine nossa newsletter e receba informações sobre os empreendimentos possíveis no exterior.

*Informações publicadas em Agosto/2020. Os preços das franquias podem sofrer atualizações. Informe-se com a franqueadora da marca.

Autor: Rodrigo Brito
31 de março de 2020

Ficou interessado em alguma franquia?

Preencha o formulário e fale com um consultor das nossas marcas.

Matérias relacionadas: