fbpx
  • Fale Conosco:

    (31) 3654-5664

  • E-mail:

    franquia@encontresuafranquia.com.br

Encontre sua Franquia

Franquia de Pizza: esse negócio é para você?


Atualizado em

Investir em uma franquia de pizza pode ser um negócio cheio de bons rendimentos. Mas não significa que a opção é interessante para todo o empreendedor. A seguir, você poderá descobrir se ela é a ideal para você. 

Você sonha em empreender e já decidiu que quer investir em uma franquia de pizza. Mas são muitas as opções de marcas no mercado, o que torna a escolha pelo negócio mais difícil. Sem contar que uma pizzaria pode nem ser um bom investimento para o seu perfil.

O desejo de apostar as fichas no setor de alimentação é bastante comum. Afinal de contas, o segmento é o que mais fatura no franchising brasileiro: R$ 45,8 bilhões apenas 2018, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF). 

Também em 2018, o número de unidades das franquias de alimentação cresceu 5,9%. Dentro dessa categoria, as franquias de pizzaria surgem como uma ótima alternativa, principalmente devido ao amor dos brasileiros por essa delícia italiana. 

Para se ter uma ideia, a Associação Pizzarias Unidas do Estado de São Paulo (Apuesp) calcula que são produzidas, diariamente, um milhão de pizzas no País. Juntas, as pizzarias, franquias ou não, chegam a faturar R$ 22 bilhões anualmente.

Além disso, 25% da renda dos brasileiros é gasta em refeições fora do lar. Dentro dessa porcentagem, 30% dos pedidos realizados são de pizzas, segundo informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Devo investir em uma franquia de pizza?

Ficou interessado em investir no setor de pizzaria? Essa é uma ótima escolha! Porém, saiba que ter vontade e capital para abrir uma franquia de pizza não é suficiente para obter sucesso nessa empreitada. É preciso muito mais! 

Para te ajudar a descobrir se você tem perfil para esse tipo de negócio, produzimos este conteúdo. Antes de continuar, porém, você pode acessar o texto “Afinal, o que é uma franquia?” e entender melhor essa opção de negócio. 

Já sabe tudo sobre o franchising? Então, basta continuar lendo esse texto! A seguir, listamos as principais perguntas que você deve se fazer antes de investir.

Tenho interesse pelo setor de alimentação?

Por mais que a franqueadora dê todo suporte e treinamento aos seus franqueados, o sucesso do negócio depende exclusivamente do empenho e dedicação do empreendedor. Portanto, ele deve arregaçar as mangas e trabalhar muito. Isso só acontece quando o empreendedor tem interesse pelo mercado em que atua.

Reflita conosco: quantas vezes você já iniciou um projeto ou hobbie, e depois o deixou de lado por não ter tanto interesse na opção? Se isso acontecer com o ramo da empresa que você escolher, seu prejuízo financeiro poderá ser grande.

Portanto, identificar-se com o setor de alimentação é um fator fundamental na hora de investir em uma franquia de pizza.

Sei lidar com as exigências do setor?

Ter amor à gastronomia não é suficiente. Caso fosse assim, 35% dos restaurantes não fechariam as portas após um ano de existência, segundo dados da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

Trabalhar no ramo de alimentação também demanda uma atenção constante e redobrada por parte do franqueado. Isso porque, os estoques de ingredientes têm prazo curto de validade, ou seja, requerem reposição constante. Restaurantes que servem comida vencida ficam sujeitos a multa pesada, além de interdição.

Mais do que ficar atento à qualidade e validade dos produtos, o franqueado precisa se preocupar com a higiene da cozinha. Assim, poderá seguir à risca as normas sanitárias. 

É preciso, inclusive, contar com autorizações específicas para o trabalho no ramo alimentício. Nesse sentido, é fundamental que o franqueado esteja sempre presente na pizzaria, para gerenciar o estoque e a cozinha de perto. Outra opção é contar com um gerente de confiança.

Estou preparado para atender em diversos canais?

Existem muitos formatos de pizzarias, mas boa parte delas trabalha nos sistemas de delivery e de consumo no local. Isso significa, na prática, que o franqueado deve estar preparado para atender aos clientes em diversos canais, sempre com eficiência.

franquia de pizza foto entregador
O delivery de alimentos, incluindo pizzas, movimentou R$ 10 bilhões apenas em 2017, segundo a Abrasel.

Quem trabalha com delivery deve demarcar um limite geográfico para as entregas em domicílio. Assim, a pizza chegará quentinha à casa do cliente. 

Aqui, engana-se muito quem pensa que só é possível receber pedidos de delivery por telefone. Para aumentar as vendas, é preciso atender, também, por meio dos aplicativos de pedidos online. O iFood, por exemplo, recebe uma média de 1,1 milhão de pedidos mensalmente. A Fórmula Pizzaria também tem um aplicativo próprio para atendimento ao consumidor.

Atender em diversos canais exige do franqueado um controle rigoroso do estoque, uma vez que a saída de pizza tende a ser maior.

Consigo seguir as regras da franquia de pizza?

Após fazer uma autoanálise, você chegou à conclusão de que, sim, você nasceu para ter uma franquia de pizza. Mas vamos com calma… 

Antes de assinar o contrato da franquia, fique atento às regras do negócio. Você precisa segui-las à risca, uma vez que a empresa terá um modelo padronizado. Ou seja, o mesmo modo de fazer, produtos e serviços da “loja matriz”. 

Caso você não se identifique com as regras da franquia, é melhor não investir nela. As normas para atuar com a marca ficam listadas na Circular de Oferta de Franquia (COF) da empresa, que deve ser consultada com cuidado. Por lei, o empreendedor tem prazo de 10 dias entre o recebimento da COF e a assinatura do contrato de franquia.

Vale a pena, inclusive, conversar com franqueados atuais para conhecer a experiência deles. Quanto mais informações você reunir, mais fácil será tomar uma decisão acertada.

Do outro lado da relação, a franqueadora também precisa enxergar em você um parceiro ideal para tocar o negócio. Por isso, ao mostrar interesse na marca, o empreendedor tem seu perfil avaliado. Apenas quando seus objetivos convergem para os mesmos da franquia, investir é considerado um bom negócio.

Tenho perfil empreendedor?

Cerca de 66% dos brasileiros querem abrir o próprio negócio, para ter mais liberdade e autonomia. Mas não significa que todos esses tenham o chamado “tino para os negócios”. 

Empreendedores de sucesso possuem características específicas, que os destacam no gerenciamento de uma empresa. Muitas dessas características podem ser desenvolvidas, mas é interessante que elas existam já antes do investimento na franquia. Assim, haverá mais segurança de que o negócio dará certo desde o início.

Entre as características importantes para um bom empreendedor estão:

  • Iniciativa;
  • Comprometimento com a empresa;
  • Persistência e paciência;
  • Disciplina em estabelecer e cumprir metas;
  • Bom relacionamento com clientes e fornecedores;
  • Bom networking;
  • Capacidade de negociação;
  • Noções de administração de empresas;
  • Boa comunicação.

E então, abrir uma franquia de pizza é uma boa opção para o seu perfil? Na hora de abrir a sua empresa, é importante ter a certeza que sim. Principalmente: assegure-se de aderir a uma marca com bons rendimentos e reconhecimento do mercado!

A Fórmula Pizzaria é uma ótima opção, e pode te colocar no topo de um mercado concorrido, mas cheio de bons resultados.

Que tal acompanhar também um case de sucesso? Leia o texto “Fórmula Pizzaria: família empreende no ramo de franquias e se dá bem” e conheça melhor as vantagens que uma franquia de pizza pode render!

Sair

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − oito =