fbpx
  • Compre sua Franquia:

    (31) 3654-5664

  • E-mail de Contato:

    franquia@encontresuafranquia.com.br

Franquia de moto peças ou franquia de estética automotiva: qual é a melhor?


Abrir uma franquia de moto peças pode ser uma grande chance de mudar de vida. Afinal, estamos falando de um dos veículos mais populares do Brasil. 

Todo mundo conhece pelo menos uma pessoa que utiliza moto para se locomover no dia a dia. Sem contar nas inúmeras vezes que vemos motociclistas conseguindo escapar do trânsito nos horários de maior movimentação. 

Por causa dessa quantidade, muitos futuros empresários acreditam que abrir um empreendimento voltado exclusivamente para motos pode ser uma boa ideia. Mas será mesmo?

No texto a seguir vamos apresentar para você quais as características desse tipo de empreendimento e se existe outra possibilidade para ajudar você a virar um empresário de sucesso. Acompanhe a leitura. 

Como funciona uma franquia de moto peças?

Para entendermos os benefícios de abrir uma franquia de moto peças é importante compreender como funciona esse modelo de negócio.

O intuito desse formato é possibilitar que uma marca possa expandir a sua área de atuação sem gastar muito. Em contrapartida, ela ajuda empresários a conseguirem a se desenvolver. 

Essa ajuda acontece por meio da transferência de know how e expertise da marca, seja pelos treinamentos oferecidos ou suporte em tempo integral ao franqueado. Ao mesmo tempo, ela exige que os empreendedores sigam uma série de padrões que irão fazer a unidade manter a identificação com o público. 

Resumindo, franquias são empreendimentos que permitem que um terceiro possa explorar comercialmente uma determinada marca. Por causa de todas as ajudas, o modelo de negócio é considerado o mais seguro.

Segundo levantamento do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a taxa de mortalidade das franquias é muito inferior. 

Negócios que são abertos do zero apresentam uma taxa de 75%. Ou seja, aproximadamente quatro em cada cinco empresas fecham as portas dentro de 10 anos. Em comparação com as franquias, a diferença é gritante. Apenas 15% encerram as atividades durante o período analisado. 

Vale destacar que nem todas as unidades que fecham as portas levam em consideração a falência. Diferentemente das empresas abertas do zero, as franquias possuem um contrato que pode ou não ser renovado. Assim, o empresário tem a liberdade de sair do negócio quando achar necessário. 

Conheça as vantagens de uma franquia de moto peças

Franquia de moto peças: homem olhando computador, conversando no celular, em sua oficina e um moto ao lado
Diversos aspectos são importantes na hora de definir qual o melhor empreendimento para você.

Agora que você entende um pouco mais sobre como funciona uma franquia de moto peças, chegou o momento de entender as questões que envolvem esse tipo de negócio. Atualmente, existem algumas marcas que trabalham exclusivamente com esse tipo de veículo, porém a busca é um pouco complicada. 

Apesar de ser muito popular entre os brasileiros, nem todas as franqueadoras que mexem com manutenção automotiva gostam de se dedicar às motos ou fazer desse o principal serviço oferecido. Algumas das situações que impedem esse avanço é com relação aos custo de manutenção e demanda. 

Motos são veículos super resistentes e que demandam revisão com um espaço de tempo relativamente igual aos carros, mas com uma pequena diferença. Apesar da média para ambos ser de seis meses após a compra, o tempo para a primeira revisão em quilometragem é 10 vezes menor. 

Ou seja, a recomendação é fazer uma revisão na moto assim que o veículo atingir mil quilômetros. Já com carros, apenas ao atingir 10 mil km. À primeira vista, pode parecer que soa mais vantajoso abrir uma franquia de moto peças. Mas enquanto os carros são usados para distâncias curtas, médias e longas, raramente vemos uma moto cruzando estradas. 

A menos que estejamos falando das motocicletas que são preparadas para trajetos de quilometragem maior. Assim, por causa do seu uso relativamente pequeno, as motos tendem a ficar mais tempo sem frequentar uma oficina. Por causa disso, muitos estabelecimentos trabalham com lojas de acessórios ao mesmo tempo. 

Economia na manutenção e peças

Casal andando de moto em uma cidade europeia
Moto é um veículo muito econômico e com peças duradouras

Como a demanda para manutenção tende a ser bem pontual, é preciso encontrar outra maneira de manter a franquia de pé. Ainda tratando das questões da manutenção, o dono de uma moto gasta muito menos para fazer uma troca de componentes do que o proprietário de um carro. 

Ao mesmo tempo, por possuir um tamanho mais compacto, todo o processo de manutenção ou revisão é feito rapidamente. Além disso, serviços como alinhamento e balanceamento, tão importante para quem tem carro, não é feito nas motos. Precisamos levar em consideração também outros pontos.

Moto não possui sistema de ar-condicionado, não utiliza pastilhas de freio, a troca de óleo acontece a cada três mil quilômetros, com um litro de combustível é possível andar em média mais de 30 km etc. Apesar de serem 13 milhões, ainda não é vantajoso se dedicar exclusivamente a elas.   

Ao colocar esses pontos em uma balança, fica fácil identificar o motivo pelo qual não encontramos tantas empresas dedicadas a motos. 

Mas nem tudo são espinhos, existe uma grande vantagem de empreender em uma franquia de moto peças. Primeiramente, os motociclistas tendem a ser bem fiéis as oficinas que lhe atendem. Dessa forma, basta prestar um serviço de qualidade e oferecer uma boa experiência a eles. 

Baixa concorrência

Em seguida, como vimos ao longo do texto, não existe muita concorrência no mercado. Fica fácil para você desenvolver o seu negócio com tranquilidade.

Existem oficinas espalhadas em cada esquina da sua cidade, certamente. Mas investindo em uma estrutura diferenciada, as chances de crescer se tornam exponenciais. 

A estrutura e os equipamentos para atender motos também são mais baratos. Você precisará apenas de um elevador pneumático para facilitar o trabalho dos mecânicos, ferramentas e peças de reposição. O que acaba gerando uma despesa muito menor. 

Venda de peças e outros objetos para motociclistas

Por fim, a loja de peças permite que o cliente possa comprar o que ele quiser para sua moto. Sem contar na possibilidade de oferecer capacetes e outras proteções para o motociclista. Permitindo ter um fluxo de caixa constante e mais estável. 

Qual outra opção para quem deseja abrir uma franquia de moto peças?

Abrir uma franquia de moto dedicada unicamente ao atendimento a motocicletas pode ser um desafio. Agora, se você deseja trabalhar com esse tipo de veículo e ainda ter um bom retorno financeiro, apostar em uma marca de estética automotiva pode ser um ótimo caminho para lhe ajudar a mudar de vida. 

As empresas que trabalham neste segmento oferecem para o franqueado a possibilidade de atuar em diversas frentes. Você pode trabalhar com motos, carros, caminhões, ônibus, barcos e até aviões. Uma gama muito maior de oportunidades, o que resulta em um balanço financeiro mais atrativo. 

Uma das grandes vantagens desse tipo de negócio está no seu serviço sustentável. Quase todas as franquias de estética automotiva oferecem o que conhecemos como lavagem a seco. Ou seja, com uma quantidade mínima de água é possível deixar um veículo totalmente limpo e com aparência de novo. 

Além disso, não é necessário ter gasto algum com estruturação da unidade dependendo do modelo de negócio que optar.

Algumas empresas, como a Acquazero, oferecem o formato delivery ou home office, quando cabe ao franqueado ir até o cliente e realizar os serviços contratados. confira o vídeo sobre a marca a seguir. 

Conheça o passo a passo para se tornar um franqueado

Para que você possa abrir a sua franquia de moto peças ou de estética automotiva, existem algumas dicas que vão ajudar você ao longo da sua pesquisa.

O intuito é ajudar você a encontrar a marca que casa melhor com o seu perfil. Por causa das obrigações de um franqueado, é fundamental que goste e entenda sobre a marca. 

Esse reconhecimento começa antes mesmo da sua busca inicial. Você precisa seguir algumas dicas importantes para criar o seu funil.

Cada etapa que vamos mostrar ao longo do texto, vai ajudar a afunilar ainda mais, permitindo que no final sobre apenas um ou duas empresas para você se tornar franqueado. 

Identificar-se com o mercado

A primeira coisa para conseguir encontrar a melhor franquia de moto peças ou estética automotiva é pensar se essa é a área que você quer realmente trabalhar. Por mais atrativo que possa parecer um setor, é muito importante que você tenha o mínimo de afinidade com a área. 

Empreender é praticamente dobrar a sua jornada de trabalho. Certamente não tem nada pior do que dedicar tantas horas do seu dia a um empreendimento que não faz seus olhos brilharem. No caso do empresário, essa sensação é ainda pior, afinal é o seu dinheiro que está em jogo. 

Em seguida, faça um levantamento financeiro para conhecer a sua capacidade de compra. Estudar o seu dinheiro e como ele é gasto terá reflexo direto na sobrevivência do seu negócio.

Infelizmente, ainda é comum encontrar pessoas que desejam se tornar empresárias e não tomam esse cuidado, seja por medo ou desatenção. 

Acompanhar a sua saúde financeira

Se você quer se tornar um franqueado, a primeira coisa que deve fazer é acompanhar o seu dinheiro.

Identifique todos os seus gastos, suas despesas fixas, faça um levantamento do que é realmente necessário e quais são os caprichos. Elimine todos os pontos possíveis que estão prejudicando o seu dinheiro no final do mês. 

Não deixe de ligar para as operadoras de televisão, internet e telefone para negociar pacotes mais atrativos e com um preço mais em conta.

Caso tenha dívidas a serem pagas, entre em contato com os credores e as renegocie. Eles desejam receber a parte que lhe é por direito, logo não irão poupar esforços para ajudar. 

Encontre as tendências do mercado

Após esse estudo, chegou o momento de estudar o mercado e suas tendências. Se questione o que uma franquia de moto peças ou estética automotiva podem oferecer no futuro para seus clientes. Quais os pontos precisam ser analisados desde já para que o empreendimento possa crescer com tranquilidade. 

Por exemplo, o brasileiro está cada vez mais atrás de serviços sustentáveis. A pesquisa da  Union + Webster identificou que 87% dos brasileiros dão preferência a serviços ligados a preservação ambiental. Sem contar nos 70% que não se importam em pagar mais caro por algo que atenda este requisito. 

Diante dessa situação, podemos observar que a tendência para os próximos anos são as marcas que trabalham com lavagem a seco, ganhar cada vez mais espaço no mercado. E esse é um número que tende a aumentar ainda mais. 

Para que tenha ideia do tamanho do impacto de um lava jato tradicional, para lavar apenas um carro são gastos mais de 300 litros de água. Para que uma franqueadora de estética automotiva consiga atingir esse consumo, ela precisará lavar pelo menos mil carros. 

Entre em contato com a franqueadora

Em seguida, basta fazer uma pesquisa bem detalhada das marcas que aparecem para você seguindo os critérios que levantou até aqui.

Com elas em mãos, você pode fazer uma busca nas redes sociais para ver como as pessoas estão lidando com ela. Entender as críticas e observar os elogios. 

Para que uma franquia possa dar certo, o público é fundamental. Afinal, você estará colocando o seu dinheiro em uma empresa que possui uma determinada fama no mercado. De nada adianta fazer isso se a empresa não lhe traz grandes resultados. Fique bem atento a como as marcas tratam seus consumidores. 

Caso queira ter uma experiência própria, vá até uma unidade franqueada da marca e contrate algum serviço. Verifique a qualidade do mesmo, o tratamento que recebe, os valores etc.

Cheque tudo que estiver à sua disposição. Vá com o pensamento crítico de um cliente e evite tomar partido antes de conhecer as empresas. 

Após todo esse processo, basta entrar em contato com a franquia de moto pelas ou de estética automotiva e demonstrar o interesse em abrir uma unidade.

Em seguida, você passará por uma entrevista para que ela possa conhecer o seu perfil e descobrir se está de acordo com o que ela pede aos franqueados. 

Estude a COF e assine o contrato

Se aprovado, você receberá a Circular de Oferta de Franquia (COF). Esse documento é responsável por apresentar diversas informações sobre o negócio como o histórico da marca, balanço financeiro, se há pendências judiciais, taxas cobradas, deveres e direitos do franqueado etc. 

Essa é a última etapa antes da assinatura final do contrato, então estude com bastante cuidado a circular. Fique atento a todos os pontos e não tenha pressa. A COF precisa ser entregue pelo menos 10 dias do contrato, caso contrário o acordo perderá o valor e o investimento é perdido. 

Como vimos ao longo do texto, abrir uma franquia de moto peças possui diversos desafios. Por ser um nicho muito específico, acaba não atraindo muitas pessoas. Em contrapartida, para quem deseja trabalhar com veículos em geral, o modelo de negócio mais em conta são as empresas de estética automotiva. 

Gostou do nosso conteúdo sobre franquia de moto peças? Continue explorando o nosso blog e veja o artigo “Franquia de oficina mecânica e estética automotiva: entenda as diferenças” 

Autor: Rodrigo Brito
19 de outubro de 2020

Ficou interessado em alguma franquia?

Preencha o formulário e fale com um consultor das nossas marcas.

Matérias relacionadas:

|Foods Rich In Fiber To Lose Belly Fat|Can I Ship Cbd Oil To South Korea