fbpx
  • Compre sua Franquia:

    (31) 3654-5664

  • E-mail de Contato:

    franquia@encontresuafranquia.com.br

Franquia para shopping: os prós e contras que você precisa considerar


Abrir uma franquia para shopping pode ser considerado um grande passo para os empreendedores que buscam uma forma de investir em um empreendimento de sucesso e ter boas vendas. 

Porém, antes de seguir nesse tipo de negócio, é preciso observar algumas questões: valor do aluguel, tempo de contrato, horário de funcionamento, benefícios e desvantagens de abrir uma loja dentro dos centros comerciais. 

Dessa forma, desenvolvemos o texto a seguir para apresentar todos os esses pontos e como eles podem impactar no seu empreendimento. No final, ainda veja uma dica de boas franquias para esse tipo de investimento. Acompanhe!

Como funciona uma franquia para shopping?

Uma franquia para shopping deve ser estruturada de acordo com alguns aspectos. Por causa desses detalhes, não são todas as marcas que permitem um empreendimento nesses centros comerciais. 

Assim, para se tornar dono de uma loja no shopping é preciso pesquisar bem sobre a marca que está prestes a assumir a franquia, as condições oferecidas como diferenciais pelo proprietária do centro comercial e principalmente, o fluxo de pessoas. 

Afinal, uma das coisas que tornam os shoppings tão atrativos e caros ao mesmo tempo, é o fato de conseguir concentrar um grande número de pessoas que estão interessadas em comprar algo. Muito diferente das lojas de bairros, onde grande parte dos consumidores estão na rua para resolver outras pendências. 

Outro ponto que vale a pena ser destacado, é que quando falamos de franquia para shopping, logo vem à mente as lojas elaboradas, perfumadas e com um design muito bem desenvolvido. Porém, existe uma opção mais barata e em conta que é o modelo de quiosques

Essa estrutura fica geralmente nos corredores desses centros comerciais e possuem um valor de investimento muito mais em conta que as lojas. Além disso, os quiosques possuem mobilidade fácil, ou seja, caso acredite que tenha um ponto melhor para você, basta solicitar a mudança e realizá-la.

Por fim, podemos destacar que os quiosques são aconselháveis para franquias que ainda estão crescendo e ganhando destaque entre o público. É importante para testar a aceitação dos consumidores com os produtos ou serviços.

Não à toa, os contratos de locação possuem um prazo muito menor que o convencional. Em média, o tempo é de três meses. Assim, na maioria dos casos, o empresário não tem tempo de ter a rentabilidade esperada. 

Baixe nosso ebook com dicas que você precisa saber antes de abrir uma franquia. Veja!

ebook tudo sobre franquias

Por que é interessante investir em uma franquia para shopping?

Os shoppings possuem grandes atrativos e a seguir vamos separar os pontos positivos e negativos desse tipo de empreendimento. Como todos os modelos de franquias, os detalhes sobre o investimento devem estar descritos na Circular de Oferta de Franquia (COF).

Porém, podemos dizer que ao assumir esse negócio, o franqueado terá acesso a um público que está ali com o intuito de comprar e encontrará desafios diferentes de uma loja convencional. 

Para se ter uma ideia da importância desses centros comerciais para a cultura brasileira, a Associação Brasileira de Shoppings Centers (Abrasce) fez uma previsão de 21 novos empreendimentos em 2020, demonstrando como a demanda tem crescido no país. 

Além disso, outra pesquisa realizada pela instituição, mostrou que em 2019, os shoppings registraram um faturamento de R$192,8 bilhões. Gerando mais de um milhão de empregos e registrando mais de 500 milhões de pessoas por mês. Números que não eram vistos desde 2014.

Agora que você viu o que pode esperar dos centros comerciais no Brasil, é hora de conhecer os pontos positivos e negativos desse investimento. Com base nas informações apresentadas, será possível encontrar a melhor solução para o seu empreendimento. 

Vantagens de abrir uma loja no shopping

O primeiro ponto a favor das lojas de shoppings, já citamos duas vezes ao longo do texto. A quantidade de pessoas que circulam nesses espaços com a vontade de comprar algo é incomparável com uma loja de rua, por exemplo. 

Com isso, sua unidade terá grande visibilidade e exposição. Porém, vale lembrar que para manter uma alta rotatividade em sua loja, é preciso investir em um quadro de funcionários bom e grande o suficiente para conseguir atender todas as demandas. 

O empresário também precisa está na linha de frente para garantir que tudo esteja como o planejado. 

Devido a esse alto fluxo de pessoas, a maioria dos shoppings possuem um estudo que consegue identificar o perfil e a quantidade de pessoas que frequentam o centro comercial. Dessa forma, é possível prever o seu faturamento médio antes de abrir a sua loja. 

Outro destaque a favor é a segurança que o ambiente oferece para os lojistas e público. Além dos próprios seguranças que circulam pelos corredores, há câmeras que vigiam todas as pessoas presentes no shopping. 

Vale destacar que os centros comerciais também possuem banheiros limpos, fraldários, espaço para crianças, praça de alimentação e estacionamento exclusivos. Pontos que dificilmente são encontrados com qualidade nas ruas. 

Franquias para shopping: pontos que devem ser observados

Porém, antes de escolher uma franquia para shopping como local para a sua loja, é preciso observar alguns aspectos. A começar pelas regras que devem ser seguidas, afinal você está instalado dentro de um espaço que possui hora para abrir e fechar, por exemplo. 

Grande parte dos shoppings funcionam em média 12 horas por dia, geralmente de 10 horas da manhã até às 22 horas. Com exceção em algumas épocas festivas, em que alguns centros costumam extrapolar esse horário. Porém, é obrigatório que as lojas funcionem durante todo esse tempo, sob pena de pagar multa contratual. 

Além disso, também é preciso observar quais as regras referentes a chegada de mercadorias e manutenção das lojas. A maioria dos estabelecimentos só permitem essas movimentações antes ou após o horário de movimentação. 

Outro ponto que precisa ser observado ao escolher uma franquia para shopping é em relação as despesas. Todo centro comercial cobra uma taxa de condomínio que inclui taxas de propaganda, marketing, manutenção etc. 

Por isso, deve ficar atento a essa cobrança para seu faturamento não seja comprometido. Afinal, você ainda precisa considerar os salários, bônus dos funcionários, seus fornecedores, royalties da franquia etc.

Mais um gasto que precisa ser levado em conta são as chamadas “luvas de ponto”. Esse valor garante ao empresário utilizar o espaço. Porém, a quantia pode ser recuperado caso feche sua loja e vende o ponto para outro empreendedor. 

Com todos esses pontos bem observados pelo franqueador, fica fácil escolher qual o melhor shopping que se encaixa com o seu capital disponível. Veja o infográfico a seguir com dicas de como gerir bem uma franquia!

infografico como gerir franquia

Exemplos de franquias para shoppings

Agora que conhece alguns dos prós e contras de uma franquia para shoppings. Vamos apresentar algumas das marcas que oferecem diferentes modelos para esse tipo de espaço. 

Caso ainda possua alguma dúvida sobre como funciona o modelo de franquia, veja o vídeo a seguir!

Mardelle

A Mardelle é uma marca mineira de moda íntima que surgiu há mais de 20 anos. É muito comum pensar que por se tratar desse tipo de vestuário, os produtos sejam apenas para o público feminino. 

Dessa forma, com um modelo de negócio se consolidando e ganhando mais consumidores, em menos de 10 anos a marca já possuía mais de 50 revendedoras e três lojas espalhadas por Belo Horizonte, Minas Gerais, e região metropolitana. 

Assim, sua franquia para shopping atua com produtos próprios voltadas para todos os sexos. Todas as peças são costuradas de uma forma que ofereça o máximo de conforto para os usuários, além do tecido que contribui para essa sensação.

Além disso, por trás desse objetivo, existe um modelo de negócio de muito sucesso que a faz uma das melhores franquias de roupas. Oferecendo treinamentos para qualificar empresários e colaboradores, além de uma fábrica própria para atender todos os investidores. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 165 mil
  • Faturamento médio mensal: até R$ 80 mil
  • Prazo de retorno: entre 18 e 24 meses.

Ri Happy

Franquia já tradicional no mercado do franchising brasileiro, a Ri Happy é uma loja especializada no varejo de brinquedos. Dessa forma, desde 1988, a rede é uma ótima opção para quem deseja empreender no mercado voltado ao público infantil.

Atualmente, a marca conta com quase 200 unidades espalhadas no Brasil, entre franquias e lojas próprias.

Porém, para se tornar um franqueado, é preciso que o empreendedor realize investimento inicial de R$ 1.150.000. A unidade possui faturamento médio mensal de R$ 350 mil.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 1,1 milhão
  • Faturamento médio mensal: até R$ 350 mil
  • Prazo de retorno: até 42 meses

Acquazero

A AcquaZero é uma das principais franquias automotivas no mercado de limpeza ecológica e estética automotiva e uma excelente opção para quem quer investir nesse segmento. 

Criada em 2009 e com mais de 240 unidades em todo o Brasil, a rede tem reconhecimento de público, credibilidade garantida e altas possibilidades de rendimento para seus franqueados.

Um dos grandes diferenciais da marca é a limpeza a seco que utiliza apenas 300ml de água para a lavagem completa de um veículo. Além disso, oferece enceramento, hidratação de bancos, impermeabilização de estofados, cristalização de vidros e muito mais.

Assim, para quem deseja abrir essa franquia para shopping pode escolher dois modelos: Standard ou Prime, que são instalados no estacionamento. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 17.820 mil
  • Faturamento médio mensal: até R$ 70 mil
  • Prazo de retorno: entre 3 e 18 meses.

Pudemos observar ao longo do texto que os shoppings são boas opções para os futuros franqueados. Principalmente devido ao fluxo de pessoas e a segurança que o local oferece para os lojistas e consumidores.

Porém, antes de escolher o melhor local é preciso observar algumas taxas e as regras impostas pelo centro comercial. 

Gostou de conhecer os prós e contras de uma franquia para shopping e deseja saber mais sobre as o franchising? Assine nossa newsletter e receba dicas importantes sobre as melhores redes de franquia do país!

*Informações publicadas em Agosto/2020. Os preços das franquias podem sofrer atualizações. Informe-se com a franqueadora da marca.

Autor: Rodrigo Brito
22 de Maio de 2020

Ficou interessado em alguma franquia?

Preencha o formulário e fale com um consultor das nossas marcas.

Matérias relacionadas:

Porn Penis Extension|gnc products to lose weight fast|cbdmedic oil