fbpx
  • Compre sua Franquia:

    (31) 3654-5664

  • E-mail de Contato:

    franquia@encontresuafranquia.com.br

13 melhores franquias de vestuário para investir em 2020


As franquias de vestuário terminaram 2019 em alta. Para que esse movimento não se perca diante da crise, existem algumas marcas que oferecem condições diferenciadas para os futuros franqueados. 

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o ano de 2019 detectou mais um período de avanço do setor da moda. O faturamento subiu 5,7% e o número de franquias cresceu 1,8%. Se tornando, assim, o quinto ano consecutivo no aumento da receita. 

Além disso, antes da crise causada pela pandemia, a expectativa da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) era de um crescimento de 3% em média a cada 12 meses para os próximos anos. 

Porém, esse é um setor para quem gosta de fazer atendimento ou que tenha facilidade para lidar com pessoas. Ainda mais agora, que o mundo exige alguns cuidados extras para que esse tipo de negócio consiga se desenvolver com mais segurança.

Assim, desenvolvemos o texto a seguir para mostrar algumas dicas para que você consiga escolher as melhores franquias de vestuário para investir. Acompanhe com a gente. 

Dicas para fazer sucesso com as franquias de vestuário

Antes de escolher quais as melhores franquias de vestuário para você investir, é necessário conhecer algumas das boas práticas para se tornar um franqueado. Afinal, mesmo que tenha todo um suporte por trás, é necessário seguir algumas regras. 

Estude a Circular de Oferta de Franquia

Todas essas recomendações estão presentes em um documento chamado Circular de Oferta de Franquia (COF).

Além disso, lá consta a história da marca, os dados dos atuais e ex franqueados dos últimos dois anos, pendências judiciais e valores. Por isso, o primeiro passo é estudá-la com cuidado e bastante atenção. 

A Circular deve ser entregue 10 antes da assinatura do contrato definitivo. Essa é uma das obrigações apresentadas na Lei de Franquias, caso seja desrespeitada o acordo perde a validade o franqueado perde o todo o investimento. 

Dessa forma, estude com bastante cuidado o conteúdo do documento. Caso precise de uma ajuda, não tema em procurar um advogado para ajudar nas partes mais burocráticas.

Porém, vale destacar que é obrigação da franqueadora redigir a COF de uma linguagem simples e de fácil compreensão.

Contrate um contador

Antes de iniciar um empreendimento como esse, é importante é ter um contador para auxiliar você na abertura da empresa. Por mais que você esteja investindo em uma marca que existe no mercado, é necessário passar por toda a burocracia de abertura de negócio. 

Dessa forma, esse profissional irá ajudar você com os documentos, formulários para conseguir o seu Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) e os alvarás de funcionamento nos órgãos federais, estaduais e municipais.

O papel do contato será ainda mais importante nos casos de uma sociedade, que é um processo de abertura que conta com mais documentos e precisa de um cuidado maior. Afinal, se trata do dinheiro e responsabilidade de duas pessoas distintas.

Estude o setor

estudando dados de mercado franquias de vestuário
Conhecer bem o setor é uma das formas de se preparar para o investimento.

Uma das recomendações para qualquer empreendimento que for iniciar, e não apenas nas franquias de vestuário, é ter um conhecimento minimo sobre o setor em que está prestes a entrar. Lembre-se sempre de optar por um segmento que realmente lhe atraia.

Apostar em um setor apenas por causa do dinheiro, pode ser o primeiro passo para a sua falência como empresário. É do senso comum que fazemos as coisas com muito mais intensidade se amamos a área em que atuamos.

Sem contar que um empreendimento é um negócio que irá demandar muitas horas do seu dia, muito além das oito horas tradicionais de trabalho.

Por fim, é necessário que o empresário tenha noções administrativas e organizacionais para que não coloque em risco o seu empreendimento. Ou seja, ter bom senso e dedicação para conseguir atingir o sucesso. 

Atue na linha de frente

Mesmo que seja o dono, é importante que você atue na linha de frente das vendas e sirva de exemplo para os demais colaboradores da sua unidade. Por mais que todos passem pelo mesmo treinamento, é sempre bom ter uma referência de como se lidar com os problemas do dia a dai.

Essa é uma ação muito bem vista por outros empresários e fará da sua unidade um local de sucesso. Sem contar que além de conhecer o público e entender suas necessidades, você será capaz de identificar como o mercado se comporta e traçar ações que o diferem das demais marcas.

Como escolher a melhor franquia de vestuário?

Existem diversas opções de franquias para quem deseja apostar em franquias de vestuário. Dessa forma, para conseguir escolher a melhor marca é necessário fazer um levantamento de qualidade. 

Pesquise o custo benefício

Para evitar que tenha problemas no futuro, o primeiro pensamento que deve ter é não optar pela empresa que oferece o investimento mais barato que achar. Por mais atrativo que pareça, esse é um empreendimento que pode sair mais caro. 

Isso porque, as franquias precisam garantir as melhores condições para você alcançar os resultados esperados. Ou seja, por meio de treinamentos e suporte que realmente façam a diferença para o empresário. 

Assim, se escolher uma franqueadora mais barata sem a certeza que terá um acompanhamento adequado, as chances de falir são maiores. Mesmo diante de toda segurança desse modelo de negócio, um trabalho mal feito será determinante para o fim.

Faça um levantamento das opções

homem analisando dados
O levantamento é essencial para identificar a rede ideal para o seu perfil.

A melhor maneira de encontrar a franquia ideal para você, é fazendo um levantamento para descobrir as com melhores custo benefício. Para isso, existem duas maneiras de conhecer mais a fundo sobre a marca. 

Primeiramente, é recomendável que faça uma busca em sites de busca para descobrir matérias, opiniões e recomendações referentes a franqueadora. Para isso, também existe o site “Reclame Aqui!”. 

Esse portal é responsável por reunir diversas opiniões sobre empresas diversas. Com isso, o empresário consegue certificar que a marca está sendo bem vista pelo mercado e que outros franqueados estão satisfeitos com a parceria.  

Já a segunda opção é por meio da COF. No documento existe uma lista com os atuais e ex franqueados dos últimos dois anos. Com as informações, o empreendedor pode entrar em contato com os demais empresários e conhecer um pouco mais sobre a rotina. 

Essa pesquisa irá ajudar a conhecer o dia a dia de trabalho junto a marca, como ela se comporta diante dos problemas, de que maneira ela entrega o suporte prometido, se o treinamento realmente faz a diferença. 

Sem contar no fundamental: como o público tem reagido ao negócio. Principalmente para as empresas que trabalham com vestuário. De nada adianta peças apenas bonitas, mas com qualidade e conforto abaixo do esperado. 

Conheça o ritmo da franqueadora

Outro ponto que vale a pena observar antes de definir qual das opções de franquias de vestuário, é entender como o seu cliente se comporta. Uma das grandes vantagens desse setor é que praticamente não existe cliente fidelizado. 

Ou seja, dificilmente você irá encontrar um consumidor que compra apenas na sua loja. Esse é um fator super importante para o desenvolvimento do seu negócio. Afinal, as suas chances de ter sempre pessoas consumindo na sua unidade são maiores. 

Por isso, antes de escolher a franqueadora, busque conhecer o fluxo de coleções da marca, como ela se comporta diante das tendências etc.

Lembre-se também de estudar os seus prováveis concorrentes diretos e indiretos. Tudo pode influenciar no seu momento de definição.

13 franquias de vestuário para investir em 2020 

Agora que você sabe brevemente se o seu perfil é adequado para trabalhar nas redes de franquias de vestuário, separamos algumas opções de franquias para que escolha a melhor dentro das suas condições financeiras. Confira. 

1. Mardelle

A Mardelle é uma rede voltada para a confecção e comercialização de peças íntimas. A franquia de roupas pode ser um grande diferencial para quem deseja trabalhar com esse tipo de vestuário.

No mercado há mais de 20 anos, a marca aposta no que existe de mais moderno para aplicar em suas coleções, trazendo conforto e preço justo para seus consumidores. 

Com linhas femininas, masculinas, infantil, para grávidas e pijamas, a marca oferece boas condições para que seus franqueados tenham ótimos resultados, independente do modelo de negócios que optar. Dessa forma, a Mardelle se tornou uma das franquias de vestuário mais promissoras.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 25 mil
  • Faturamento médio mensal: até R$ 80 mil
  • Prazo de retorno: entre 18 e 24 meses

Conheça um pouco mais sobre a Mardelle no vídeo que separamos para você a seguir!

2. Valisere

No mercado desde a década de 1930, a Valisere é uma das marcas de moda íntima que está sempre em busca do público jovem. Não à toa, ela foi a responsável pela campanha do primeiro sutiã, uma revolução no mundo do marketing de moda íntima para essa parte da sociedade. 

Além disso, a Valisere é reconhecida por produtos desenvolvidos com foco na qualidade por meio dos materiais e técnicas inovadoras de modelagens. Vale destacar, também, que a marca faz parte do maior grupo têxtil da América Latina: o Rosset. 

Por fim, uma das questões que marcam o DNA da marca está nas peças de renda. Dessa forma, ela conseguiu se diferenciar do mercado e se tornar a referência que é hoje, mesmo após quase 90 anos de operação. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 240 mil
  • Faturamento médio mensal: até R$ 100 mil
  • Prazo de retorno: entre 24 e 36 meses

3. Lilica & Tigor

Voltada para o público infantil, a Lilica & Tigor é uma empresa que faz parte do grupo Marisol S.A. Ao todo são mais de 130 lojas em todo o país, reconhecidas pelo seu mix de produtos. Lembrando que o alvo da marca são crianças entre zero e 10 anos. 

Uma das características desse modelo de negócio são os personagens que fazem parte de quase todas as estampas e coleções. Enquanto a Lilica é voltada para as meninas e traz mais detalhes para encantá-las, o Tigor é um tigre que visa acompanhar os meninos em suas aventuras. 

Assim, a marca consegue levantar uma imagem diferenciada para o seu público alvo. Por fim, a Lilica & Tigor está sempre em busca de antecipar as tendências do mercado para, assim, conseguir inovar e ousar em suas peças.  

  • Investimento inicial: a partir de R$ 330 mil
  • Faturamento médio mensal: não divulgado
  • Prazo de retorno: entre 18 e 36 meses

4. My Place

roupas no cabide franquias mais baratas de roupas
Apostar em nichos pode ser uma boa estratégia de atuação no setor de moda.

A My Place é uma marca da cidade do Rio de Janeiro que está há mais de 10 anos no mercado. Assim, sempre observando as tendências da moda feminina, a empresa conseguiu transmitir sua essência ao longo de suas coleções. 

Além disso, visando a transparência e o profissionalismo, a My Place busca emplacar peças que carregam um estilo vibrante e sonhador, sem perder a sua sensualidade. Por isso, surgiram suas estampas divertidas e com alto astral que tem conquistado o seu público feminino.  

Com mais de 1,2 mil pontos de venda pelo Brasil, a marca aposta no conceito fast fashion. Ou seja, seus produtos possuem um ciclo de vida inferior aos concorrentes. A My Place está presente nos segmentos de praia, fitness e casual. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 290 mil
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$70 mil
  • Prazo de retorno: entre 24 e 36 meses

5. Reserva

Criada em 2004 por meio de uma sociedade de dois amigos, a Reserva surgiu a partir da observação do mercado feita por um deles.

Segundo o empreendedor, era comum ir em academias do Rio de Janeiro e encontrar homens usando os mesmos modelos de bermudas. Assim, decidiram entrar no segmento apostando nesse lifestyle. 

Alguns anos mais tarde, a empresa passou a ser reconhecida no cenário e abriu a sua primeira loja física. Além disso, a Reserva fazia questão de se diferenciar das marcas por ser amiga de seus consumidores.

Com o pensamento diferente e o sucesso, não demorou muito para a empresa ser a primeira a atingir quase dois milhões de fãs no facebook. 

Atualmente, a Reserva cuida de outras três marcas e soma 65 lojas próprias e 8 franqueadas espalhadas pelo Brasil. Além disso, o seu e-commerce oferece acessórios diversos e alguns produtos cosméticos.  

  • Investimento inicial: a partir de R$ 300 mil
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$ 100 mil
  • Prazo de retorno: entre 24 e 30 meses

6. Liz 

Criada a partir de um conceito de solução, conforto e paixão, a Liz trabalha com produtos que possam fazer seus clientes se sentirem diferentes. Voltada para o mercado de moda íntima, a empresa trabalha com microfibras em suas peças, um dos processos tecnológicos que ela aplica nas confecções. 

Assim, buscando a excelência em tudo que faz, a marca vem se destacando no mercado desde 1989, quando deu início as suas operações. Além disso, a Liz é reconhecida por ser umas das pioneiras no desenvolvimento de bojos de tamanhos diferentes para os seus sutiãs.

Por fim, a rede também conta com o serviço de consultoria Fit Sense, oferecido aos clientes para proporcionar a segurança necessária na escolha das peças. Devido ao sucesso no Brasil, a marca é responsável por exportar seus produtos para mais de 50 países. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 398 mil
  • Faturamento médio mensal: até R$ 110 mil
  • Prazo de retorno: entre 22 e 36 meses

Saiba um pouco mais sobre os gastos necessários para abrir uma franquia no ebook que separamos para você. Basta clicar no banner abaixo.

ebook todos os custos de uma franquia

7. Container Concept

A franquia Container Concept foi desenvolvida em 2008 com o intuito de levar para o mercado um conceito diferenciado de loja. Ou seja, algo que fosse capaz de unir diversas marcas em um lugar, porém, com uma estrutura mais em conta para o empresário. 

Dessa forma, a Container Concept passou a ser considerada a única e a primeira franquia de multimarcas do mundo.

Além disso, ao utilizar container para estruturar suas unidades, a marca trouxe para o mercado um conceito inovador, inteligente e sustentável. Afinal, produtos recicláveis também fazem parte da sua decoração. 

Vale destacar que o futuro franqueado pode escolher em três tipos de modelos de negócios, mas todos envolvem os containers. Assim, o empresário tem chance de abrir um empreendimento rentável e que conta com mobilidade, muito diferente dos modelos de lojas físicas. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 209 mil
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$70 mil
  • Prazo de retorno: entre 12 e 36 meses

8. Âncora

homem na academia
As franquias de roupas para esportes e academia são destaque no mercado.

Desenvolvida em 2016 por um jovem com o sonho de empreender, a Âncora foi fundada para ser uma marca arrojada, divertida e com um conceito moderno. Em pouco tempo a empresa era considerada um sucesso e dois anos mais tarde já possuía mais de 20 lojas. 

Observando a necessidade de expandir sua área de atuação, a Âncora passou investir no mercado de franquias. Dessa forma, em 2019 atingiu as aproximadamente 30 lojas entre próprias e franqueadas.

Assim, o objetivo é continuar o crescimento e investir cada vez mais em marketing e marcando presença em diversos eventos. 

Muito do sucesso também aconteceu pela forma de atendimento ao público alvo, que visa trazer uma experiência única e inovadora para os consumidores. Além disso, a marca conta com sua loja digital e diversos produtos de moda masculina. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 55 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 250 mil
  • Prazo de retorno: entre 12 e 24 meses

9. Torcedor Esporte Clube

A Torcedor Esporte Clube é uma das franquias de vestuário que tem um segmento muito bem definido. A empresa é voltada para o comércio de produtos oficiais de clubes de futebol ou outros esportes. 

Dessa forma, se torna uma boa opção para os franqueados que buscam entrar no segmento de moda esportiva. É possível apostar em um modelo de quiosque ou loja física e escolher os produtos que serão comercializados, tudo de acordo com a região em que estará atuando. 

Além das camisas dos times, o empresário pode comercializar outras peças voltadas para a linha fitness, motorsport, bonés, chuteiras, vestuário em geral etc. Vale lembrar que parte da verba é enviada para os respectivos clubes, porém, isso não tem impacto tão direto no faturamento. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 67,5 mil
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$50 mil
  • Prazo de retorno: entre 18 e 36 meses

10. Puket

meia franquias mais baratas de roupas
Marcas famosas oferecem também podem oferecer modelos de franquias mais em conta, em formatos enxutos.

Voltada para o público infantil, a Puket é uma marca que surgiu ainda na década de 1980 e logo se tornou um sucesso do segmento. Com peças que oferecem o que há de mais confortável e tecnológico nas confecções, não demorou muito para a Puket se tornar referência. 

Buscando expandir suas atuações, a empresa iniciou no franchising em 2003 e passou a compartilhar seu modelo de franquia com diversos empresários. Assim, a Puket conta, atualmente, com mais de 180 unidades espalhadas pelo Brasil e no exterior. 

Porém, para se tornar um franqueado, é preciso passar por um processo de seleção exigente e que conta com uma etapa de test drive.

Ou seja, o candidato vai até uma loja Puket para vivenciar o dia a dia durante um período bem curto. Dessa forma, o futuro franqueado terá acesso a diversos fatores que o auxiliarão na tomada de decisão.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 368 mil
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$ 110 mil
  • Prazo de retorno: entre 24 e 36 meses

11. Any Any

Criada para ser uma empresa de lingerie e pijamas, a Any Any surgiu ainda no final dos anos 1990 e, desde então, vem buscando empreendedores para ajudá-la a expandir sua área de atuação. 

Com coleções exclusivas e voltadas para o máximo conforto devido ao seu padrão de qualidade, a marca conseguiu aumentar em mais de 60 unidades em operação pelo Brasil. Dessa forma, ampliou seu foco também para peças de homewear, aquelas roupas que foram feitas para serem usadas em casa.

Dessa forma, voltada para proporcionar uma forma diferente para seus consumidores dormirem e acordarem, a Any Any produz coleções para todas as estações do ano.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 400 mil
  • Faturamento médio mensal: A partir de R$ 130 mil
  • Prazo de retorno: entre 24 e 36 meses

12. Clube Melissa

Para os empresários que estão em busca de franquias de vestuário que foge das roupas, a Melissa é uma ótima opção. Com mais de quatro décadas de atuação, a empresa é referência em calçados femininos, que unem criatividade com o que existe de mais moderno no setor. 

Diversas pessoas cresceram ou possuem algum memória com as sapatilhas de plástico da melissa. Dessa forma, a empresa se orgulha de ter feito parte de memórias de momentos importantes de seus clientes. 

Assim, é uma chance de investir em uma das marcas mais tradicionais do mercado nacional e, ao mesmo tempo, ter uma carteira de clientes que acompanham a empresa há anos. O sucesso é tamanho que a Melissa já ultrapassou a marca de 25 milhões de peças vendidas em um ano. 

  • Investimento inicial: a partir de R$ 350 mil
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$ 130 mil
  • Prazo de retorno: entre 24 e 36 meses.

13. Peça Rara 

Trabalhando com um novo conceito de brechó, no qual o principal fator é o estímulo a novos hábitos de consumo, a Peça Rara está em busca de expansão da sua rede de franquias.

Dessa forma, a rede espera conseguir impactar a sociedade como um todo e trazer melhorias para o ambiente e a cultura do consumo. 

Assim, visando um futuro mais equilibrado, a marca desenvolveu um modelo de negócio que permite que as pessoas vendam seus bens sem sair de casa.

Ou seja, a própria Peça Rara vai até a casa do consumidor, avalia e compra as roupas. Vale lembrar que também podem ser negociados objetos e móveis. 

Ao se tornar um franqueado, é preciso que o empreendedor faça os treinamentos necessários para desenvolver o empreendimento. Afinal, o trabalho de avaliação e captação de clientes também será de sua responsabilidade, fora as questões administrativas e de gestão.  

  • Investimento inicial: a partir de R$ 250 mil
  • Faturamento médio mensal: até R$ 133 mil
  • Prazo de retorno: entre 14 e 20 meses

Como vimos, para abrir uma franquia de roupa pode é necessário gostar de lidar com o público e estar na linha de frente das vendas de roupas. Assim, você será considerado um exemplo a ser seguido pelos demais colaboradores e conseguirá garantir o melhor atendimento aos clientes. 

Veja no nosso infográfico os 10 passos para abrir a sua franquia. 

Infográfico passo a passo para adquirir uma franquia

Gostou do nosso conteúdo sobre as franquias de vestuário e deseja ficar por dentro de outras novidades do setor? Assine nossa newsletter e receba nossos e-mails com dicas e outras listas como essa.

*Informações publicadas em Agosto/2020. Os preços das franquias podem sofrer atualizações. Informe-se com a franqueadora da marca.

Autor: Rodrigo Brito
24 de agosto de 2020

Ficou interessado em alguma franquia?

Preencha o formulário e fale com um consultor das nossas marcas.

Matérias relacionadas: