fbpx
  • Compre sua Franquia:

    (31) 3654-5664

  • E-mail de Contato:

    franquia@encontresuafranquia.com.br

Franquias McDonald’s: como abrir a sua e qual é o faturamento


As franquias McDonald’s são empreendimentos que oferecem um modelo de negócio único para o franqueado. É a chance de trabalhar com uma empresa mundialmente conhecida, referência no setor e que conta com grande know how. 

Não importa o lugar no mundo em que você vai, certamente ele haverá uma unidade do McDonald’s para você se alimentar. No caso do Brasil, podemos dizer que todas as principais cidades do país contam com pelo menos um unidade disponível para você se alimentar. 

O restaurante, de origem Estadunidense, cresceu graças ao seu processo inovador para servir sanduíches. Diante do sucesso, não demorou muito para começar a ganhar espaço no mundo e fechar grandes parcerias com outras empresas, eventos esportivos, marcas etc. 

Por isso, descobrir o valor e as possibilidades de se tornar dono de uma empresa como essa, acaba chamando a atenção de muitos empreendedores que buscam mudar de vida. O mesmo acontece com outras empresas mundialmente conhecidas: quanto custa uma franquia do Subway, do Burger King, Pizza Hut, etc. 

Assim, preparamos o texto a seguir para mostrar um raio-x sobre a franquia McDonald’s. Acompanhe a leitura. 

Franquias McDonald’s

O McDonald’s é considerado, atualmente, a maior rede de restaurantes de fast food do mundo. Não importa o local que você vá, sempre haverá os arcos amarelos fáceis de identificar, se tornando uma ótima opção para quem busca uma alimentação rápida e com produtos de qualidade.

Para se ter uma ideia do tamanho da empresa, são aproximadamente 33 mil restaurantes espalhados em 119 países. Um dos motivos de tamanho sucesso, foi a possibilidade do restaurante se estabelecer tanto em centros comerciais, quanto lojas de rua. Conseguindo atender diversos públicos. 

Como surgiu o McDonald’s?

Mas para entendermos um pouco desse sucesso, precisamos entender um pouco a história da marca e como ela conseguiu atingir esse patamar. A McDonald’s nasceu ainda na década de 1950. Na época, os irmãos Richard e Maurice decidiram inaugurar um estabelecimentos na Califórnia que oferecesse sanduíches mais rápido que seus concorrentes. 

Vale destacar que na época, as hamburguerias contavam com o sistema de drive-in. Ou seja, você ia de carro, bicicleta, moto entre outros meios, estacionava no local indicado, vinha uma garçonete com o cardápio, você fazia o pedido e um tempo depois, sua comida chegava. 

Porém, esse formato sofria com diversos problemas, principalmente com atrasos nas entregas e pedidos feitos de forma equivocada. Além disso, muitos drive-in’s eram o point de jovens e acabava afastando as pessoas mais velhas e seus filhos, tornando um empreendimento não muito atrativo. 

Já tendo a experiência nesse formato, os irmãos McDonald’s desenvolveram um método exclusivo que foi capaz de revolucionar o fast-food como conhecemos hoje. Em menos de dois minutos, o cliente chegava no restaurante, fazia o pedido e o recebia sem erro e sem nenhum problema. 

Poucos anos após o início das operações, Richard e Maurice receberam a visita que iria mudar a história do negócio da família. Ray Kroc era um vendedor de máquinas de milkshake que atravessou os Estados Unidos para conhecer o estabelecimento que havia feito uma grande encomenda. 

Vendo o potencial de sucesso, decidiu se tornar sócio dos irmãos e a partir desse momento, iniciou o projeto das franquias McDonald’s. Em menos de uma década de operação, a marca contava com 20 restaurantes nos Estados Unidos e vendia aproximadamente 100 milhões de hambúrgueres. 

A história das franquias McDonald’s

Franquias McDonald's: pedido sendo entregue pelo delivery
O McDonald’s chegou no mercado revolucionando os restaurantes de fast food.

No início das operações, as franquias McDonald’s possuíam sua estrutura padrão e todos os franqueados deveriam seguir o padrão, assim como acontece em qualquer rede. Porém, existia um problema. Muitos empresários não conseguiam seguir as orientações e obrigações impostas pela rede. 

Com o decorrer dos anos, o perfil do franqueado foi mudando e até os dias atuais segue esse padrão com algumas alterações. No decorrer do texto vamos apresentar quais as características o futuro franqueado deve apresentar para conseguir adquirir a sua unidade. 

Voltando no passado, o modelo proposto de franquias ainda não entrega um bom resultado. Não era suficiente para a empresa conseguir se desenvolver como uma marca mundial e presente nas principais cidades do mundo. Para se ter uma ideia, durante anos o McDonald’s foi considerado a principal fonte de alimentação do estadunidense. 

Querendo expandir suas operações, a rede decidiu desenvolver um formato único de franquia, que perdurou por alguns anos. A marca comprava o terreno e além do valor da unidade, lucrava com o aluguel do terreno. Após essa estratégia, os arcos dourados passaram a crescer economicamente como nunca havia acontecido. 

No mesmo período, o então sócio Ray Kroc compra a parte dos irmãos Richard e Maurice e passa a ser o único proprietário da marca. Atualmente, o primeiro restaurante do McDonald’s, na cidade de Arcádia, virou um museu e ainda permite que você viva a experiência de fazer um pedido de acordo com o cardápio original.  

Quando a rede de franquias chegou ao Brasil 

Em 1979, a empresa dos arcos dourados chegava ao Brasil com sua primeira unidade na cidade do Rio de Janeiro. Por dois anos, foi o único estabelecimento no país do McDonald’s, mas em 1981 chegou a vez dos paulistanos receberem a franquia que estava fazendo sucesso no mundo inteiro nessa época. 

Com o passar do tempo, não demorou muito para a empresa se consolidar em território brasileiro. Atualmente, são aproximadamente 2,5 mil unidades. Além disso, algumas das lanchonetes de maior produção e faturamento no mundo, estão localizadas no Brasil, tendo o estado de São Paulo como o maior consumidor. 

Como abrir uma franquia do McDonald’s?

Para que você possa se tornar um franqueado do McDonald’s você precisa cumprir alguns requisitos. É importante destacar que a empresa não busca apenas o empresário que tenha condição financeira de abrir o negócio, mas também observa a experiência como gestor para evitar que os riscos de falência seja maior do que planejam. 

Passo a passo para abrir a sua franquia McDonald’s em 2020

Para que você possa se tornar um franqueado do McDonald’s é preciso entender um pouco mais sobre como funciona o modelo no Brasil. O formato adotado pela marca foi criar a franquia de desenvolvimento de área. 

Esse modelo é utilizado por diversas marcas no mundo para conseguir expandir e firmar a sua empresa internacionalmente. Dessa forma, é instalado uma sede que será responsável por todas as franquias da região em que ela está. No caso do McDonald’s, essa unidade fica no Uruguai e é conhecida como Arcos Dorados.

Apesar da autorização acontecer no país vizinho, existe uma sede da franqueadora no Brasil, localizada em São Paulo. Assim, o primeiro passo para quem deseja se tornar um franqueado é entrar em contato para demonstrar o seu interesse, a famosa levantada de mão. 

Entre em contato com o Arcos Dorados

Franquias McDonald's: imagem do poste da empresa
O processo para se tornar um franqueado do McDonald’s é um dos mais exigentes do mercado

Nesse processo, precisará enviar quase que um currículo sobre a sua vida e demonstrar que está preparado para gerir alguma das franquias do McDonald’s. Caso seja aprovado nessa primeira etapa, ele é convidado a passar três dias acompanhando um dos restaurantes da rede.

Nesse processo, são analisados como ele se comporta diante das tarefas de gestor, como lida com a equipe e tem a possibilidade de conhecer como é o trato da franqueadora com os franqueados. Após esse momento, chega a terceira etapa do processo. 

Analise a COF e tenha condições financeiras

Você precisa apresentar para a marca que possui condições de manter o negócio financeiramente. Para isso, você recebe a Circular de Oferta de Franquia (COF) com todas as informações. Após dez dias do recebimento, você precisa enviar a proposta para o McDonald’s com o valor da taxa de franquia e capital de giro. 

Participe dos treinamentos

Nesse momento, se inicia mais uma fase no processo de se tornar um franqueado da maior rede de restaurantes fast-food do mundo. Você precisará ficar nove meses em treinamento presencial. Serão cursos e atividades práticas para que conheça a fundo toda cultura e receba o know how da marca. Vale destacar que os custos são arcados pelo empresário.

Informe a localidade para abrir um restaurante

Sendo aprovado em todas essas etapas, o empresário informa qual localidade deseja abrir a sua franquia. Diferente de outras empresas, o estudo de viabilidade e a aprovação do local é feito pela própria McDonald’s. Ou seja, eles vão falar onde você deve abrir a unidade, considerando apenas a região na qual demonstrou interesse. 

Habitantes necessários para abrir uma franquia

O primeiro ponto que a marca observa com relação aos interessados é o número de habitante. São pouquíssimas cidades com menos de 100 mil habitantes que contam com um restaurante do McDonald’s. Apesar de não existir um número máximo de restaurantes, outros critérios são considerados para as cidades que já possuem uma unidade. 

A franqueadora analisa o número de pessoas e faz um comparativo com a quantidade de restaurantes na região, mais a quantidade de gente que circula pela região que você deseja instalar a nova unidade.

Qual valor investir para abrir uma franquia do McDonald’s?

notas de dólares sobrepondo umas as outras
Para se tornar dono de uma franquia do McDonald’s é necessário desembolsar um bom valor.

Para se tornar dono da franquia do McDonald’s com valor em 2020, o franqueado precisa se preparar para um investimento alto. Devido as exigências e estrutura da marca, o empreendimento é um dos mais elevados no Brasil. 

O investimento inicial pode variar entre R$ 2,5 e R$ 4,1 milhões. Esse valor vai variar exclusivamente de acordo com o tamanho da sua unidade. Nessa quantia, também é levado em consideração a taxa de franquia que fica entre R$75 mil e R$ 85 mil. Com relação as taxas mensais, o McDonald’s cobra 5% do faturamento  

Faturamento: qual é o lucro das franquias do MCDonald’s?

Por mais que seja um investimento caro, empreender na franquia do McDonald’s traz ótimos resultados para o franqueado. Assim como todo modelo, quanto maior o valor gasto para adquirir o direito de comercializar uma marca, o retorno financeiro tende a acompanhar e trazer grande números.

Faturamento mensal

O faturamento médio mensal de uma unidade do McDonald’s atinge aproximadamente R$ 560 mil. Esse valor varia muito devido as condições da região em que pretende atuar, número de pessoas circulando próximo ao restaurante e os gastos para manter o negócio funcionando.

Faturamento anual

Quando olhamos para o faturamento anual de uma unidade, precisamos analisar a rentabilidade. Essa é uma métrica que apresenta a capacidade do empreendimento conseguir se pagar. Com base nele, você consegue ter uma ideia de quanto tempo irá demorar para conseguir receber o dinheiro investido. 

No caso das franquias do McDonald’s, a porcentagem da rentabilidade pode variar entre 8% e 10%. Agora, caso queira saber essa informação como um todo, o faturamento do McDonald’s em 2019 foi aproximadamente 1,5 bilhões de dólares  

Qual é o salário de um franqueado?

Não tem como determinar qual será o salário de um empresário que optar pela franquia do McDonald’s. O franqueado precisa levar em consideração diversos fatores antes de determinar o valor da retirada. A própria rede irá ajudar você a fazer esse cálculo. 

Assim como os outros fatores que apresentemos, que pode variar de estabelecimento para estabelecimento, o valor pode sofrer alterações. Ao mesmo tempo, o tempo em que está presente no mercado também irá influenciar no seu salário como franqueado. Por isso, não podemos traçar um valor fixo ou médio. 

Franquias de sorvete McDonald’s: como funciona e como abrir a sua?

Infelizmente, o McDonald’s não permite que você abra apenas uma unidade para vender os sorvetes da marca. Caso você queira ter um quiosque para vender esse produto, é preciso adquirir o pacote completo. Ou seja, fazer o mesmo investimento que qualquer um. Então prepare o bolso. 

Agora, a partir do momento em que tem o direito de explorar comercialmente a marca, você tem caminho livre para decidir se deseja uma extensão do seu restaurante apenas para os sorvetes, se deseja um local separado etc. 

Franquias McDonald’s 2021: cenário do próximo ano para abrir uma franquia da rede 

Apesar do cenário conturbado vivido em 2020, a tendência é que o mercado se recupere e volte a atrair mais consumidores. Porém, mesmo diante da crise que atingiu o mundo inteiro, os empreendimentos que apostam no delivery tiveram grandes resultados, assim como o McDonald’s, que vem apostando nesse formato há alguns anos.

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), os empreendimentos que ofereceram o serviço de entrega em 2020, quase quadruplicou. Saindo de 3,6% em 2019 e atingindo 11,3% no primeiro semestre do ano. Sem contar no aumento do faturamento geral causado pelos aplicativos de delivery. 

Fazer parte da maior rede de restaurantes fast-food do mundo, é o sonho de muitos empresários e é necessário ficar atento a diversas condições. O processo de seleção não é dos mais simples e o dinheiro para tornar realidade a unidade é maior que muitos empreendimentos. 

Se você for empreendedor de primeira viagem, o aconselhável é adquirir experiência em outra franqueadora do segmento, para enfim, se candidatar a empresa dos arcos dourados. Além disso, é a chance perfeita para aumentar o seu capital financeiro e iniciar o empreendimento sem precisar entrar em dívidas.

Gostou do nosso conteúdo sobre franquias do McDonald’s? Continue explorando o nosso blog e conheça “Franquia Burger King: conheça a marca e como se tornar um franqueado

Autor: Rodrigo Brito
5 de novembro de 2020

Ficou interessado em alguma franquia?

Preencha o formulário e fale com um consultor das nossas marcas.

Matérias relacionadas: