fbpx
  • Compre sua Franquia:

    (31) 3654-5664

  • E-mail de Contato:

    franquia@encontresuafranquia.com.br

Mercado da moda: por que investir neste segmento de franquia?


Investir no mercado da moda é uma oportunidade de empreendimento que atende a uma demanda bem ampla do mercado de franquias. Você deseja se tornar empreendedor mas ainda não sabe bem em qual setor investir? Neste conteúdo apresentamos as vantagens do segmento de Moda. Continue a leitura!

O setor de moda e vestuário é bem variado, o que apresenta diferentes formatos de franquias e formas de atuação no mercado. 

É possível focar em um determinado nicho, trabalhando com franquias de moda plus size ou franquias de roupas masculinas, por exemplo. É também possível ter uma atuação mais ampla, investindo em um negócio que atende públicos distintos.

Entretanto, investir em nichos amplos demandam maior investimento. O que pode não ser muito interessante para quem está iniciando no franchising. Assim, franquias como a Mardelle, especialista em moda íntima, é uma das opções interessantes.

Quer saber como investir em uma franquia de sucesso no setor da Moda? Fique conosco e saiba tudo sobre a marca.

Quais são as tendências do mercado de moda?

mercado da moda intima
Tanto a venda quanto a produção de moda têxtil vem se desatando ao longo dos anos.

As tendências do mercado da moda há tempos apresentam dados significativos no mercado. Por isso, mesmo ele é um dos que mais crescem, devido a sua estabilidade no mercado.

Dados apresentados pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), estimam que o setor consiga crescer 3,1% ao ano até 2021. Além do mais, independente do momento em que o País está, o segmento não para de produzir, nem de crescer.

Outros fatores favoreceram as vendas, o que impulsiona o segmento a atuar de forma ativa desde sempre.

Algumas tendências favorecem ainda mais o potencial do ramo. Para que você compreenda melhor as razões desse desempenho, vamos trazer neste tópico algumas das principais características que vem reforçando as previsões positivas do segmento.

Investimento da tecnologia nas indústrias

Não é de hoje que as indústrias vêm investindo na tecnologia para favorecer a atuação de produção das empresas. Não seria diferente no segmento da indústria têxtil.

Por isso, funções que antes demandavam um tempo bem maior por utilizar a mão de obra, se tornaram mais precisos e rápidos graças ao investimento na tecnologia no mercado da moda.

Os cortes de tecido são realizados a laser de forma computadorizada garantindo a eficácia do processo. Contudo, as melhorias não tem ocorrido apenas no setor operacional. A tecnologia se tornou aliada dos setores de gestão das grandes empresas e indústrias.

Assim, por meio de softwares específicos é possível agregar toda a cadeia produtiva do setor. Dessa forma, é possível também a redução de custos na execução.

Os investimentos podem ser focados em ações inovadoras para a confecção das peças que serão produzidas para esse mercado tão promissor que é o da moda.

Mesmo com essa substituição de mão de obra humana para tecnológica, o setor tem investido em qualificação humana nas áreas internas das empresas.

Ampliação do e-commerce

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, o contato com o ambiente físico é importante, mas não é mais a única maneira de investir nas vendas e no interesse dos consumidores.

As facilitações permitidas pela internet reforçaram um mercado digital até então pouco explorado pelos consumidores.

Muitos ainda pela insegurança outros pela falta de conhecimento. Atualmente, o mercado digital e as diferentes formas de vendas de produtos vêm aumentando ano a pós ano.

A Mardelle, por exemplo, percebendo essas características positivas, já atua com vendas em e-commerce. A possibilidade aumenta as perspectivas de vendas e também facilita as compras dos clientes espalhados pelo País.

A influência da internet na escolha de compra

Segundo as pesquisa do Instituto Inteligência de mercado IEMI,  as consumidoras do mercado da moda íntima optam por pesquisar sobre as tendências nas redes sociais.

Assim, o levantamento realizado identificou que 62% das consumidoras de moda íntima, buscam informações sobre esses produtos na mídia. As formas de pesquisa variam e, entre as principais, se destacam os sites de moda, TV, redes sociais e revistas.

A internet ganha destaque pela sua diversidade de opções: os sites de buscas e moda somam 41% das pesquisas. Enquanto isso, as revistas ainda estão em 36% das pesquisas das consumidoras, e a TV vem em terceiro lugar com 27%.

Entretanto as redes sociais não ficaram de fora da pesquisa. Elas seguem a tendência de busca e variam de acordo com a faixa etária das usuárias. O que reforça muito essas pesquisas são as influenciadoras digitais que atuam nas redes como Instagram e Youtube.

Jovens entre 18 e 24 anos somam  34% das consumidoras que buscam referências nas tendências das influencers. Já as mulheres dentre 25 e 34 anos o percentual é de 31%. As mais maduras, acima dos 35 anos, 16% nas buscas por tendências entre as influencers.

Por isso, esse comportamento só reforça que as consumidoras preferem, na maioria das vezes, pesquisar antes de realizar um compra on-line, ou mesmo antes de ir em uma loja física.

As facilitações de hoje permitem que apenas com um clique seja possível escolher e realizar uma compra sem precisar sair de casa.

Adaptação das empresas ao mobile

moça usando o celular
As vendas pela internet cresceram muito nos últimos tempos favorecendo o crescimento das marcas que estão atentar a oportunidade

Com o aumento das vendas de forma digital, o ambiente virtual se tornou uma necessidade no ambiente de vendas. Seja em uma franquia de moda íntima ou qualquer outra voltada para vendas no mercado da moda.

Pesquisas realizadas pelo Google, identificaram que 71% das pessoas que utilizam a internet para fazer pesquisas on-line garantem que são funcionais também para compras.

Por isso, a presença virtual das empresas é fundamental nos aplicativos mobile e nos sites de busca. Além disso, as redes sociais e o suporte de marketing das franquias, como o da Mardelle, garantem uma visibilidade muito positiva para as vendas no segmento.

Presença ativa nas redes sociais

Como mencionamos acima, a presença virtual está cada vez maior entre as empresas que trabalham com vendas de produtos e serviços. Nas franquias existe toda uma estrutura criada para fortalecer a imagem da marca junto aos consumidores.

Ao se tornar um franqueado, o empreendedor pode atuar de forma física mas garantir a sua presença virtual por meio das redes sociais como Facebook, Instagram.

Por meio de vendas de roupas, que é um nicho bem visual, é possível expor todas as novidades firmando uma interação junto ao seu público. Assim, é possível também promover as vendas via site da empresa e redes sociais, por exemplo.

Dessa reforma, valorizando a presença digital de sua unidade de franquia, é possível estabelecer a comunicação entre clientes e empresa.

Garantindo, assim, a presença fundamental nesse ambiente digital cada vez mais ativo entre os consumidores e também empreendedores.

Qual o perfil ideal do empreendedor de moda?

É importante que um empreendedor do mercado de lingerie esteja atento a algumas características importantes do setor. Diferentemente do padrão de empreendedor, o de franquia de moda precisa estar atento a várias especificidades.  

Entre elas estão algumas características básicas como ter alguma experiência com o setor de vendas. Ainda que não seja obrigatório ter tido esse contato, irá facilitar muito a sua ambientação com o setor comercial da franquia.

Ter muita atenção ao seu publico, pensando sempre que irá lidar com várias tipologias. Isso porque, muitas vezes, irá ter de lidar com questões de autoestima e aceitação do corpo, por exemplo. 

O empreendedor de moda íntima precisa estar sempre em busca de conhecimento buscando sempre novas informações, tendências de mercado. Estar atento as novidades e opções irá fortalecer seu conhecimento e automaticamente a confiança de seus clientes.

Entretanto, não é só isso. O franqueado precisa estar ciente que precisará atuar na linha de frente das vendas,e de todos os processos de sua unidade.

Outro ponto fundamental nesse processo é a organização de sua loja e de sua gestão financeira. Inclusive do estoque.

Assim, será menos complexo atuar a frente de seu empreendimento. Além do mais, poderá contar com todo suporte oferecido pela marca durante o tempo em que estiver atuando a frente de sua franquia.

Saiba o que uma franquia de moda busca nos franqueados

atendimento mercado da moda lingerie
As características de um bom vendedor devem andar junto com os objetivos da marca.

Por mais que uma franquia de lingerie seja um modelo de negócio semi planejado, será necessário ter autonomia e foco para desempenhar o papel de um franqueado de sucesso na rede.

Isso não é uma característica só do setor de Moda. Mas de qualquer modelo de negócio voltado para as franquias, e até de empresas comuns.

Apesar da existência de toda uma estrutura por trás, que orienta e direciona o franqueado, as ações de desempenho serão sempre do gestor que estará gerenciando o negócio.

Por isso, é tão importante que o empreendedor saiba qual será o seu papel e o que a franquia espera dele diante da representação da marca.

Saiba neste tópico o que uma franquia de moda íntima espera que você enquanto franqueado, possa realizar a frente da franquia.

Organização e responsabilidade com o negócio

Toda empresa necessita de ter na gestão dos trabalhos alguém que tenha total organização dos projetos e a responsabilidade de acompanhá-los e colocá-los em prática.

No sistema de franquias, é necessário estar presente e atuante em todas as etapas do processo de franqueamento. Inclusive, é essencial participar de todos os treinamentos e atividades que buscam melhorar os processos da empresa.

Estando sempre atendo às mudanças e aprimoramentos para a gestão adiante. É imprescindível ter uma administração organizada, mantendo o nível de bom funcionamento esperado em todas as unidades da rede.

Reconhecer a necessidade de melhorar alguns pontos

A capacidade de reconhecer alguns pontos que devem ser melhorados é uma característica muito importante nos franqueados da marca.

Assim, é possível que o empreendedor possa reforçar aquilo que mais necessita para alcançar o que falta à frente do negócio.

Dessa forma, o objetivo será sempre ser uma referência no que oferece, na sua região. Na busca constante de conquistar e fidelizar o seu cliente independente de concorrências.

Entretanto, tudo isso só é possível se o franqueado tiver humildade e capacidade de mudar o que porventura seja necessário durante a sua jornada.

Afinidade com o setor

Esse é o primeiro ponto a ser analisado no momento de decidir por um negócio: a afinidade com o segmento do qual você irá atuar.

É preciso saber se o segmento de Moda é realmente o seu objetivo, se você gosta o bastante para caminhar e se dedicar 100% ao negócio. É importante ter em mente você passará boa parte do seu tempo a frente da sua franquia.

Por isso, é tão importante se identificar com o setor.

Interesse pelo setor de moda

Ainda que você goste do segmento, ainda não será suficiente para lidar no dia a dia com o negócio. É preciso mais, além de gostar do segmento, é preciso gostar de moda.

Isso mesmo se vai trabalhar com tendências e vários tipos de produtos, precisa conhecer as opções e as tendências para orientar o seu cliente.

Hoje em dia, os consumidores buscam muito mais do que um bom preço no mercado. As pesquisas já mostram que o consumidor valoriza muito mais um bom atendimento com as devidas orientações.

Por isso, não se importam em pagar um preço mais alto se estiverem satisfeitos com o atendimento que foi dado.

Sendo assim, esse conhecimento irá reforçar o seu potencial de vendedor e levará confiança ao seu cliente, que certamente irá tê-lo como referência de compra.

Como ser um franqueado de moda íntima?

Depois de saber bastante sobre as franquias de moda íntima e o que se espera de um franqueado, é importante saber como se tornar um franqueado.

Selecionamos um passo a  passo básico de como você deverá buscar mais sobre o negócio. Basta seguir as dicas abaixo. Veja.

Verifique sua capacidade financeira

Primeiramente, é preciso saber sobre a sua capacidade financeira para investir no negócio. Se sua definição de escolha já foi realizada, é preciso agora analisar os custos envolvidos no negócio para iniciar o seu processo de franqueamento.

Começar analisando suas contas é um bom passo. Evite gastos desnecessários para que consiga, então, investir o seu dinheiro em um empreendimento e desenvolver o seu négocio.

Elimine todas as suas dívidas, caso tenha, foque na quitação de seus débitos antes mesmo de entrar para uma franquia.

Porém, se o seu caso for a necessidade de buscar por crédito para adquirir uma franquia, analise as opções. Se a sua necessidade de empréstimo for maior, veja se vale a pena e analise a questão dos juros.

Muitas vezes, dependendo do empréstimo, é mais viável buscar por um empréstimo em nome de pessoa física do que jurídica. Isso se o valor que precisa for apenas um parte do que custa a franquia.

Outra opção é conseguir um sócio investidor que irá auxiliar com o aporte financeiro e terá a participação nos resultados. Normalmente, esse tipo de sócio não interfere na gestão, ficando por sua conta a devolução dos valores e a divisão dos lucros.

Estude a Circular de Oferta de Franquia (COF)

homem lendo cof da franquia
A leitura da COF é fundamental no ato de adquirir uma franquia

A COF é o documento mais importante depois do contrato de franquia. Apesar de vir antes do contrato. Afinal, é ele quem dita todas as informações que deverão constar no contrato definitivo de aquisição da franquia.

Assim, na COF você vai encontrar todas as informações sobre a franquia. Na COF constam a história da marca, seus rendimentos, dados sobre outros franqueados, situação jurídica, valores e taxas cobradas, entre outras. 

O prazo para que você analise com calma o documento é de, no mínimo, 10 dias garantido pela Lei de Franquias. Caso tenha alguma dúvida você pode, inclusive, solicitar auxílio de um advogado para ajudar nesse processo.

Conforme mencionamos, a Lei de Franquias não permite que o documento seja assinado antes do prazo. O objetivo é justamente garantir ao empreendedor a segurança na leitura e compreensão do documento.

Analise as taxas associadas ao negócio 

As taxas iniciais e mensais devem estar bem claras nesse ato de aquisição. Isso porque as taxas cobradas pela franqueadora garantem ao investidor o direito de comercializar e explorar todos os produtos da marca. 

A primeira delas que deve ser quitada é a taxa de franquia. Essa taxa é responsável por autorizar o empresário a fazer o direito de uso da marca, além da transferência do know how da franqueadora.

Ou seja, a transferência de todo conhecimento que será repassado para que você passe a representar a marca com as mesmas características da rede.

Ainda existem as cobranças mensais que se referem a todo o suporte que será oferecido pela marca durante o franqueamento.

Elas são correspondentes aos royalties e fundo de propaganda, entre outras taxas. Por meio delas, o franqueado tem acesso a treinamentos sobre o modelo de negócio para ele e sua equipe, suporte, materiais de estudo e auxílio jurídico.

Defina o seu modelo de negócio

Nessa altura do campeonato, sua definição de modelo de negócio já deve ter sido feita e chegou o momento de iniciar o processo de implantação de sua franquia.

Escolha a opção que esteja mais adequada a sua condição financeira, considerando o tamanho da loja o formato. Escolha por um ponto que esteja bem atrativo para o seu tipo de negócio.

Avalie questões como ponto comercial e taxa de aluguel. Por isso, procure por um local que tenha uma boa visibilidade, que seja fácil de chegar e tenha localização estratégica na região para atrair o máximo de pessoas possível.

A concorrência faz parte do processo e isso não é ruim. Ter outras empresas concorrentes faz parte do processo de desenvolvimento da sua maturidade comercial.

Mas de toda forma, a implantação da nova unidade será feita com auxílio da franqueadora. A rede, por meio de estudos de geomarketing, irá definir o melhor local, levando em consideração as suas sugestões de pontos comerciais.

Inaugure sua unidade

O último passo é abrir a unidade e começar a desempenhar o seu papel de franqueado e gestor.

Neste momento, você já terá realizado juntamente com seus colaboradores os treinamento e estará ambientado com o funcionamento da loja.

Dessa forma, com o auxílio da franqueadora, será possível iniciar com o pé direito a sua franquia e seguir com o seu objetivo de se tornar um empreendedor de sucesso.

Esteja sempre atento ao mercado da moda, conquiste seus clientes com um atendimento de qualidade e o diferencial de conhecimento sobre seu produto.

E o mais importante: esteja junto com seus colaboradores nesta busca. Oriente sua equipe sempre sobre o alcance dos resultados e, com o tempo, perceberá que fez uma ótima escolha.

Assim como você pôde perceber, o segmento de moda é uma ótima aposta para quem se interessa pelo mundo da criação e comercialização de peças do vestuário, como as peças de lingerie.

Com a oportunidade de seguir as tendências do mercado da moda, é possível atuar de forma bem atrativa para o consumidor que busca pelos produtos

Conheça a Mardelle: exemplo de franquia de moda íntima

Falando sobre moda íntima, não podemos deixar de mencionar uma opção de negócio voltada para o segmento de grande atuação no setor. A Mardelle é uma rede de franquias que atua com uma experiência no mercado da moda há mais de 25 anos.

Criada a partir da revenda de lingeries, a empresa se tornou destaque após conquistar revendedoras em pouco tempo de atuação: apenas 6 meses.

Assim, os proprietários da marca, Adele de Brito e Marcos Gonçalves, iniciaram o negócio em uma pequena loja na cidade de Betim, região metropolitana de Belo Horizonte.

Dessa forma, com o decorrer do tempo perceberam o potencial de revenda que a empresa tinha e decidiram, então, criar a própria marca. A junção dos nomes do casal se tornou Mardelle e se destacou no segmento de moda íntima.

Inevitavelmente, a marca se tornou uma rede de franquias e logo abriram mais duas lojas. Visando atender uma necessidade cada vez maior dos empreendedores que buscavam a marca, ampliaram as possibilidades de investimento e, hoje, a Madelle está presente em vários estados do Brasil.

Com cerca de seis confecções, a marca opera com a fabricação própria o que garante melhor custo-benefício aos franqueados.

Para que você saiba tudo sobre a Mardelle, selecionamos este vídeo. Veja!

Produção e peças comercializadas pela marca

Visando proporcionar cada vez mais conforto e bem-estar aos clientes, a marca oferece uma linha completa de produtos casuais e considerados de necessidade básica para toda a família.

Para a franquia, a possibilidade de criar produtos de qualidade e que oferecem a melhor experiência de conforto e bem-estar, essencial para oferecer a melhor experiência de compra aos clientes.

Assim, a criação das peças da marca acompanham as melhores tendências do mercado da moda íntima com produtos de alta qualidade e com melhor custo-benefício do mercado.

Na linha de produtos fabricados e comercializados pela Mardelle estão as seguintes opções:

  • Linha básica feminina: com calcinhas e sutiãs de modelos, tamanhos e cores variadas, seguindo as tendências da moda íntima atual;
  • Noite: baby doll, camisolas e pijamas (masculinos, femininos e infantis);
  • Masculina: cuecas e sungas;
  • Infantil: calcinhas e duas peças (feminina infantil); 
  • Maternidade: camisolas, bodys e calcinhas para o maior conforto das gestantes e mães em período de amamentação; 
  • Plus Size: lingeries, pijamas e modeladores.

Oportunidades de franquia

Entre as oportunidades disponíveis para investimento existem duas modalidades: as lojas de rua e as de shopping.

A marca trabalha com modelos de investimento consideradas franquias baratas, uma vez que os valores de investimento são mais atrativas para a maioria dos empreendedores.

Com duas modalidades de franquias de loja, o que vai mudar entre elas é o tamanho da estrutura e, automaticamente, o número de funcionários.

Unidade Shopping

Por se tratar de uma loja maior com expectativas de grande movimento, por se tratar de shopping, é necessário uma adequação que exige quatro colaboradores.

As funções necessárias nesta opção são gerente, vendedora e caixa. Para seu funcionamento sem que ocorra sobrecarga, é necessário que estejam na loja um gerente, um caixa e dois colaboradores atuando como vendedores.

Ainda é possível ampliar o quadro com para até seis funcionários, caso seja necessário. Se a sua escolha for por uma das franquias do modelo de loja da Mardelle mencionado acima os valores serão:

  • Taxa de franquia – R$ 30 mil
  • Instalação e Montagem – valor base de R$ 120 mil
  • Capital de giro – R$ 15 mil
  • Investimento inicial previsto – R$ 165 mil
  • Faturamento médio mensal – R$ 80 mil

Unidade loja de rua

imagem de uma franquia mardelle de rua
O ponto comercial de rua deve ser bem movimentado e seguro.

Na opção de loja de rua é necessário um quadro mínimo de quatro colaboradores, com as mesmas funções da unidade anterior. Porém, o quadro máximo de vendedores é menor que para a loja em shopping. A rede não permite uma maior contratação de funcionários.

  • Taxa de Franquia – R$ 30 mil
  • Instalações e Montagem – valor base de R$ 90 mil
  • Capital de giro – R$ 15 mil
  • Investimento inicial previsto – R$ 135 mil
  • Faturamento médio mensal – R$ 50 mil

Uma informação muito importante é que nestes valores correspondentes às unidades, não estão inclusos outros gastos como aluguel, luvas, obras de reforma etc.

Por isso mesmo, as informações devem ser analisadas na Circular de Oferta de Franquia (COF). Assim, é possível se programar para os custos que você terá ao longo da administração do empreendimento.

Percebeu que o mercado da moda é bem atrativo para os investidores que gostam do segmento? Para saber ainda mais sobre o setor e as possibilidades leia o conteúdo que trouxemos a seguir:Opções de franquias de roupas baratas para investir!”

*Informações publicadas em Setembro/2020. Os preços das franquias podem sofrer atualizações. Informe-se com a franqueadora da marca.

Autor: Denise Melo
17 de outubro de 2020

Ficou interessado em alguma franquia?

Preencha o formulário e fale com um consultor das nossas marcas.

Matérias relacionadas: