fbpx
  • Compre sua Franquia:

    (31) 3654-5664

  • E-mail de Contato:

    franquia@encontresuafranquia.com.br

Mercado de beleza: vantagens e desafios do setor


O mercado de beleza pode ser cheio de vantagens, mas também requer atenção. Acompanhe o conteúdo e saiba como investir no melhor empreendimento!

Anda pensando em investir no mercado de beleza? Então, é importante avaliar, com cuidado, as suas opções. O setor é amplo e cheio de modelos de negócio.

Você pode optar, por exemplo, por iniciar uma empresa do zero. Ou, quem sabe, por adquirir uma franquia. 

Porém, independentemente do modo de fazer, é essencial conhecer os prós e contras do empreendimento. Assim, será mais simples escolher o melhor negócio. Acompanhe o texto e descubra tudo o que você precisa sobre o setor da beleza!

Por que investir no mercado de beleza?

Pensando os aspectos citados no tópico anterior, a área de beleza chama a atenção dos investidores. Seu mercado é amplo, cheio de atividades e, se você está lendo este texto, já deve possuir certo interesse no ramo, não é mesmo? 

São vários os modos de investir na área da beleza. É possível, por exemplo, abrir uma clínica estética ou academias de ginástica. A perfumaria, cirurgias plásticas e produtos cosméticos são alternativas igualmente interessantes.

Mas, antes de fechar negócio com uma franquia de beleza, é importante conhecer melhor os prós e contras de apostar neste mercado.

Foi com esse objetivo que criamos este texto. A seguir, você poderá acompanhar as vantagens e desvantagens da atividade, e também dicas para a escolha da franquia ideal. Continue acompanhando!

Setor em expansão no País 

suav imagem ilustrativa mulher fazendo as unhas mercado de beleza
Mesmo com a crise econômica no País, o mercado da beleza se mantém aquecido.

A primeira vantagem de investir no mercado de beleza é que ele permanece em franca expansão no País.

Quem tem a intenção de investir em um negócio relacionado à beleza entra em um mercado muito bem desenvolvido e que continua prosperando, mesmo em um momento de instabilidade econômica.

Para se ter uma ideia, em meados de 2015, no auge da crise, o setor previa um crescimento de 160%!

Segundo dados do Euromonitor, a área da beleza movimenta 30 bilhões de dólares por ano no Brasil.

Falando especificamente do franchising brasileiro, em 2016 o mercado faturou mais de R$ 151 bilhões, e o setor de Saúde, Beleza e Bem-estar foi o que mais cresceu, apresentando uma variação de 15,5% em relação ao ano anterior. Os dados são da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Possibilidade de atuar com serviços e produtos

A maioria dos negócios exige que o franqueado escolha entre trabalhar com serviços ou com produtos. Mas, no mercado de beleza, é possível atuar com os dois.

Por exemplo: 

  • As franquias de cosméticos e maquiagem costumam ter como foco a venda de produtos. Porém, algumas redes também oferecem treinamentos, aulas, workshops e outros serviços para clientes e profissionais da área. 
  • Os salões de beleza, um dos tipos mais populares de empresas do setor, costumam prestar serviços de manicure e cabeleireiro. Ao mesmo tempo, eles podem vender produtos como esmaltes e cremes de cabelo. O objetivo é que suas clientes continuem os cuidados em casa.

Essa diversidade na atuação pode ser uma vantagem preciosa para o franqueado atrair novos clientes. Ela ainda é vantajosa porque permite ao empreendedor lidar com períodos de baixa nas vendas de um serviço ou produto, mantendo o faturamento em alta.

Diversas opções de segmentos

Como já citado, o mercado de beleza é um dos mais multifacetados que existe. Essa característica proporciona ao franqueado muitas opções para investir e um amplo público-alvo para explorar.

Dentro deste setor, há opções de redes de beleza que trabalham com cosméticos, procedimentos estéticos e maquiagem. Outras oferecem o serviço de design de sobrancelhas, tratamento do cabelo e unhas e muito mais.

Alta demanda e público variado no mercado de beleza

O brasileiro se preocupa com sua aparência e, mesmo em momentos em que precisa economizar, não deixa de gastar com a beleza. Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o brasileiro gasta mais com beleza do que com comida.

É por esse motivo que o mercado de beleza dificilmente sofre com a sazonalidade, tendo alta demanda o ano inteiro.

Homens e mulheres, de todas as idades e perfis sociais, podem se interessar por produtos e serviços relacionados à beleza. Ter um público tão grande e com desejo de investir em sua aparência e bem-estar é uma das vantagens mais fortes de investir nessa área.

A fidelização dos clientes

franquia suav unidade da loja mercado de beleza
Os consumidores se preocupam com a beleza de forma frequente. Por isso, o setor tem alta fidelização.

Quem consome produtos e serviços de beleza normalmente faz isso com certa frequência. Também é comum que essas pessoas tenham suas marcas, profissionais e redes favoritas.

Imagine que você usa um shampoo e gosta do resultado. É bem provável que você volte a comprá-lo, não é mesmo? A mesma lógica funciona para clínicas em que o consumidor gosta do resultado e do atendimento. Ou seja, na área da beleza, é sempre possível manter clientes fiéis.

Além disso, muitos serviços oferecidos pelas franquias de beleza podem ser comercializados em pacotes, “combos”. Principalmente os procedimentos estéticos, como programas de tratamento da celulite, hidratação para recuperar o cabelo danificado, ou as assinaturas de novidades em maquiagem e cosméticos. Com isso, a fidelização dos consumidores se torna muito mais fácil!

Flexibilidade de modelos de negócio

Estar à frente de uma empresa de beleza também pode proporcionar mais flexibilidade na forma de gestão e operação do negócio. Especialmente no caso das franquias.

Muitas redes oferecem a possibilidade do franqueado optar por uma loja física ou operar em esquema home office. Nessa segunda modalidade, ele pode trabalhar em casa, fazendo a divulgação do seu trabalho pela internet. 

É um enorme atrativo poder atender aos consumidores em casa ou no trabalho. Para o franqueado, esse modo de atuação também é uma ótima forma de economizar, já que não há a necessidade de investir no aluguel de um ponto comercial.

Alta concorrência no mercado

Apesar de todas as vantagens em investir no mercado de beleza, é preciso pensar algumas desvantagens do setor. Afinal, conhecendo prós e contras, você terá facilidade em definir um bom planejamento de negócio. 

Então, vamos ao primeiro incômodo: quem entra no mercado de beleza pode se deparar com uma concorrência muito grande, em praticamente todos os nichos.

Para se ter uma ideia, o setor de salões de beleza e clínicas de estética fechou 2019 com 500 mil estabelecimentos no Brasil. A informação é da Euromonitor.

Nesse sentido, lutar para ganhar espaço na área e conquistar o consumidor será um dos maiores desafios dos empreendedores. Aqueles que não estiverem bem estruturados para manter o negócio funcionando podem ter sérios problemas.

suav imagem ilustrativa depilacao feminina
A empresa que não oferece serviços com excelência tende a ficar para trás, pois a exigência dos consumidores é enorme no mercado de beleza.

Elevados padrões de qualidade

Em qualquer negócio, é importante que a qualidade dos produtos e serviços estejam alinhadas com as expectativas do consumidor. No que diz respeito à beleza, essa exigência pode ser ainda maior.

É necessário ter equipamentos adequados e uma equipe altamente especializada. Seus colaboradores devem não só instruir os clientes, mas assegurar que eles serão tratados com máxima atenção e respeito.

Regras de atuação no mercado de beleza

Outro ponto importante sobre o mercado de beleza é a necessidade de autorizações sanitárias e operacionais. É comum que elas sejam impostas a clínicas de estética, salões de beleza e outros negócios que trabalham no setor. Todos os parâmetros governamentais sobre a integridade e segurança do consumidor devem sempre ser respeitados.

Como escolher o melhor setor para investir?

O primeiro desafio de quem deseja investir em uma franquia é escolher o mercado ideal para atuar. São muitos os setores e atividades possíveis, assim como as marcas franqueadoras.

Para tomar a decisão certa, o futuro franqueado deve considerar dois aspectos principais: sua afinidade com o ramo, e o lucro que ele proporciona.

Ter afinidade com o ramo não significa, necessariamente, ter conhecimentos sobre ele. Ou mesmo ter trabalhado na atividade desejada. Na verdade, o mais importante é ter interesse na área de atuação.

Esse fator é essencial para que o empreendedor se mantenha motivado a trabalhar, investindo seu tempo e dinheiro. Atuando em uma área diferente da que gosta, dificilmente o empresário fará o negócio deslanchar.

Só depois você deve avaliar a previsão de lucro. É claro que o rendimento da atividade é importante, e será fundamental para a manutenção do negócio. Porém, ao analisar primeiro este aspecto, o empreendedor pode deixar de lado a sua afinidade. 

Sempre é possível que você se interesse pelo ramo que escolheu. Ainda assim, há a chance de que o setor se mantenha insípido, pouco interessante. Então, as chances de falha do negócio serão bem maiores. 

Por outro lado, trabalhar logo de cara com o que lhe atrai vai facilitar o processo de desenvolvimento da franquia.

O mercado de beleza para homens

Se engana quem ainda acha que o mercado da beleza atrai apenas mulheres. Seja como consumidores, seja como investidores de um negócio.

Na verdade, como citamos antes, o setor de beleza masculina não para de crescer. Só o segmento de produtos de beleza masculinos atingiu faturamento de US$ 6,2 bilhões em 2017. 

O Brasil já representa cerca 13% das vendas mundiais e, até 2022, deve alcançar 20% de representação no mercado, segundo o Euromonitor.

Entre os consumidores homens, os serviços que mais atraem incluem o cuidado com os cabelos, unhas e barba. Além de depilação, massagens corporais e outros.

Alguns negócios e franquias no mercado são pensados exatamente para o atendimento masculino.

Nestes casos, é comum que, além do tratamento para beleza, os espaços sirvam para o entretenimento do usuário. Por isso, alguns possuem sinuca, games, bebidas alcoólicas, televisão e mais.

O número de homens que investem no setor de beleza cresce mais lentamente, mas ainda está em ascensão. Segundo o Sebrae, menos de 20% das empresas que atuam com o segmento são comandadas por homens no Brasil. Ao todo, são quase 600 mil negócios do setor no país.

No caso das franquias, muitos homens abrem suas unidades em parceria com sua companheira, filha ou outro parente. 

Como investir no mercado de beleza?

Agora que você já conhece as vantagens e desvantagens do mercado de beleza, deve estar se perguntando sobre como investir no setor. Afinal, são muitas as opções do ramo, muitos os modos de atuação e, provavelmente, muitos os seus interesses. 

Independentemente da atividade para atuação, é possível abrir uma empresa de dois modos. Primeiro, começando do zero: criando uma marca, plano de negócio, modo de atuação etc. Já a segunda opção consiste em aderir a uma franquia.

Uma franquia nada mais é do que a “cópia”, uma nova unidade de uma empresa que já existe. Um bom exemplo deste modelo é o McDonald’s, que possui franqueados espalhados pelo mundo. 

Ao optar por esse tipo de empresa, o empreendedor recebe todo o plano de negócio da marca e suporte para montar a sua estrutura. A franqueadora ainda realiza o treinamento da equipe que vai atuar e auxilia no gerenciamento da empresa. 

As chances de sucesso de uma franquia são maiores do que de um negócio comum. Segundo o Sebrae, em média, 23% das empresas comuns no País fecham com até dois anos de operação. Enquanto isso, apenas 5% das franquias fecham neste mesmo período. 

O principal motivo dessa maior sobrevida é exatamente o suporte da franqueadora, além do plano de negócios. O planejamento de uma franquia já foi testado e corrigido sempre que necessário. Por isso, erros são menos comuns do que em uma empresa que ainda precisa testar, errar e corrigir o seu modo de trabalho.

No mercado de beleza, as opções de franquia disponíveis são variadas. Há, por exemplo, a Suav, a Miss Hollywood, Não+Pelo e mais!

Adquirir uma franquia de beleza é bastante simples, assim como de qualquer outro segmento. Veja no infográfico abaixo e acompanhe alguns detalhes sobre o processo!

infográfico como abrir uma franquia

Avalie sua capacidade de investimento

Quanto você tem para investir em um negócio? Seja uma franquia, seja uma empresa aberta do zero, seu empreendimento vai precisar contar com uma série de valores.

É preciso, por exemplo, adquirir ou pagar o aluguel de um espaço comercial. O empreendedor também paga para registrar a empresa, obter estoque, contratar funcionários etc.

Por isso, coloque tudo o que você tem na ponta do lápis. Depois, calcule o quanto disso poderia ser gasto sem comprometer as finanças de casa.

Se necessário, você também já pode procurar por opções de financiamento ou empréstimos. Existem, inclusive, financiamentos específicos para empresas, e até um exclusivo para franquias. Conhecendo suas possibilidades, você terá mais facilidade em obter os valores quando necessário.

Pesquise as marcas franqueadas

Como já citamos, o mercado de beleza é muito amplo, especialmente no setor do franchising. As opções trabalham com diferentes serviços e produtos, atendem públicos variados e requerem diferentes investimentos.

Assim, se sua opção for por abrir uma franquia, será preciso pesquisar. Avalie sempre se o negócio tem dado resultado com outros franqueados e sua reputação entre os consumidores. 

É importante que os usuários se sintam atraídos pela marca, ou não terá sentido contar com a franquia. Afinal, um dos objetivos de investir neste modelo de negócio é aproveitar do reconhecimento que a marca já tem. 

Entre em contato com a franqueadora

Para investir em uma franquia, é preciso mostrar seu interesse à franqueadora. Basta apenas acessar o site da marca desejar e se inscrever no formulário disponível.

Normalmente, os formulários solicitam informações como seu nome completo, telefone e capacidade de investimento.

Com os dados em mãos, a franqueadora entrará em contato. O objetivo é que, juntos, candidato e marca avaliem se o negócio é mesmo o mais interessante para o usuário.

Até porque, as franquias geralmente contam com vários modelos de negócio. Como o loja física e home office. A consultoria da franqueadora ajuda a decidir qual mais combina com o perfil do empreendedor.

Avalie a COF

A COF é a Circular de Oferta de Franquia do negócio. Ou seja, o documento que traz todas as informações sobre a marca: seus serviços e produtos, modo de atuação, planejamento do negócio, valores necessários para investimento etc.

Ler a COF com cuidado é essencial para conhecer todos os detalhes do negócio. Especialmente as regras para uma boa relação entre franqueado e franqueadora. 

Só conhecendo bem o negócio, o empreendedor terá a segurança de investir em algo que realmente acredita. O prazo mínimo entre ter acesso ao documento e assinar o contrato de franquia tem que ser de 10 dias, segundo a Lei de Franquias.

Converse com franqueados

Este não será o último passo para abrir uma franquia, mas será essencial. Conversar com os franqueados atuais e os ex-franqueados da marca permite ouvir perspectivas diversas.

Ao anunciar sua marca, uma franqueadora vai apresentar seus pontos positivos e dificuldades. Mas apenas um empreendedor que atua no dia a dia do negócio poderá oferecer uma visão mais detalhada do trabalho.

A franqueadora sempre apresenta em sua COF, dados dos empreendedores que entraram ou passaram pela franquia nos últimos anos. Assim, o candidato pode entrar em contato e ouvir as opiniões de cada um.

Mas você também não precisa se limitar a esses franqueados. Procure pelas unidades próximas à sua localidade e visite-as. Ver o negócio de perto poderá te dar mais segurança sobre ele.

Como ter uma franquia de sucesso?

Com a sua franquia adquirida, você precisará ter alguns cuidados para garantir que ela tenha sucesso. Afinal, não basta apenas contar com uma marca renomada na fachada. Na verdade, o mais importante será o que você faz com essa marca.

Por isso, temos algumas dicas principais sobre como obter êxito no seu empreendimento. Veja a seguir.

Inove!

É claro que uma franquia já possui seu plano de negócios, modo de fazer e produtos. Dificilmente você poderá inovar nessas áreas, já que todas as atividades serão acertadas pela franqueadora.

Porém, não significa que você não possa sugerir mudanças. Apresente as novidades do mercado à empresa franqueadora. O time da marca poderá avaliar as propostas e, quem sabe, integrá-las ao modo de fazer da rede. 

Outra área em que o franqueado pode inovar é no marketing. Geralmente, as franqueadoras oferecem todo o suporte de marketing, produzindo peças digitais e para publicidade tradicional. Mas muitas das ideias dessas peças podem vir do próprio empresário. 

Por exemplo: os concorrentes da sua cidade investem em cupons de desconto personalizados, mas a sua marca geralmente não trabalha com o material? Então, solicite-o ao setor de marketing da franqueadora! Peças diferentes podem chamar a atenção dos consumidores.

Dedique-se ao bom atendimento

Um bom cliente é aquele que compra com você. O cliente excelente compra com a sua empresa, volta a comprar e ainda divulga a marca para amigos e parentes.

Ou seja, o seu negócio deseja bons clientes, mas será ainda melhor se eles puderem ser excelentes.

Isso significa que os clientes precisam ser conquistados. E, além de bons produtos e serviços, a sua empresa precisa oferecer ótimo atendimento. Quando se sente bem-vindo, o consumidor tem mais chances de se tornar fiel e um promovedor da sua franquia. 

No setor da beleza, também vale a pena garantir espaços limpos e boa apresentação dos funcionários.

Você ainda pode dar dicas ao cliente. Como o consumidor pode manter os resultados do tratamento estético por mais tempo? Como ele pode melhorar o efeito dos cosméticos?

O bom atendimento é ainda mais importante quando outra unidade da sua marca de franquia atua na cidade. Nessas situações, os serviços e produtos serão exatamente os mesmos. O atendimento será o seu diferencial, o porquê do usuário escolher o seu negócio em vez do seu colega de marca.

Se mantenha atualizado

Pode ser ótimo atualizar o seu conhecimento sobre a administração de empresas. Cursos, vídeos, livros, uma Educação Superior, workshops: qualquer evento ou conhecimento sobre o assunto é válido.

Busque ajuda

Ao adquirir uma franquia, o empreendedor ganha acesso a uma série de suportes da franqueadora. Eles começam com o treinamento para atuação, mas também podem auxiliar o dia a dia do negócio.

Por exemplo: normalmente, as empresas oferecem consultoria comercial. São dicas sobre como conquistar parcerias com empresas, atrair os clientes, registrar informações etc.

Além desses, chama muito a atenção o suporte de marketing. Com estratégias bem definidas pela dona da marca, a boa divulgação da unidade se torna muito mais simples.

Planeje o negócio

Como já citamos, uma franquia entrega ao empreendedor um plano de negócios completo. Basta que ele coloque os modos de fazer da marca em prática.

Mas isso não significa que você não precisará fazer um planejamento da empresa. Apenas o franqueado tem acesso a todos os dados do seu dia a dia. Planejar suas tarefas, investimento mensal, ações de marketing e atividades pontuais é função do empreendedor.

Siga uma rotina 

Estabelecer suas atividades do cotidiano facilita, e muito, seguir um planejamento. Seja o seu, do dia a dia, seja o planejamento mais amplo da franqueadora.

Pensando nisso, crie uma rotina de tarefas, para você e sua equipe. Ao documentar tudo que precisa ser feito, será mais difícil deixar algo por fazer.

Mercado da beleza é confiável?

Assim como qualquer outro mercado, o da beleza merece estudo e muito atenção. Ele pode ser confiável e muito lucrativo, desde que o negócio seja executado da maneira certa, e com intensidade. Acompanhe abaixo um vídeo sobre o assunto!

Um dos fatores que contribui para a boa performance do mercado de beleza é a amplitude do seu público-alvo. Como os serviços possível são variados, os clientes também são, e isso promove sua atração mais simples e alto ticket médio.

Para para 66% dos brasileiros, gasto com beleza é necessidade e não luxo. Por isso, o setor também é considerado “anticrise”. Mesmo com os problemas econômicos que o Brasil vive há anos, o segmento se manteve aquecido e não interrompeu seu crescimento.

Só em 2015, o mercado de beleza e cosméticos nacional teve um aumento de 7,5% no faturamento. No total do ano, os rendimentos do setor somaram R$ 42 bilhões.

Hoje, já sai mais de 500 mil salões de beleza no País, e a expectativa é que esse número cresça 4,5% nos próximos anos.

As franquias na área da beleza

O mercado de franquias também aproveita dos bons números do setor de beleza. Ao entregar um planejamento detalhado ao empreendedor, a franqueadora aumenta consideravelmente as chances de sucesso do negócio.

Para se ter uma ideia, no franchising só 5% das franquias fecham até o segundo ano de operação. Já a taxa de mortalidade de empresas iniciadas do zero é de 23% para o mesmo período.

Enquanto isso, o faturamento das franquias de Saúde, Beleza e Bem-Estar somou R$ 31,9 bilhões em todo o território nacional. Já o crescimento no número de unidades foi de 5,4%. Os dados são de 2018 e foram coletados pela ABF.

Viu só como o mercado de beleza pode ser vantajoso? Na hora de investir no setor, avalie bem a possibilidade de uma franquia.

Lembre-se, também, de que é preciso acompanhar o negócio de perto. Quanto mais inserido o empreendedor fica no dia a dia da empresa, mais fácil será tomar decisões cruciais ao empreendimento.

Quer saber mais sobre o mercado de beleza? Acompanhe o nosso GUIA COMPLETO sobre o assunto! Basta clicar no banner abaixo.

ebook setor de beleza

*Informações publicadas em Agosto/2020. Os preços das franquias podem sofrer atualizações. Informe-se com a franqueadora da marca.

Autor: Karen Costa (Editora Encontre Sua Franquia)
18 de abril de 2018

Ficou interessado em alguma franquia?

Preencha o formulário e fale com um consultor das nossas marcas.

Matérias relacionadas: