fbpx

Efetuar este tipo de tarefa em uma minifranquia parece simples, mas existem diversos fatores que influenciam no preço final dos produtos. Alguns deles são bem diretos e perceptíveis, como o preço de custo por atacado, do material utilizado no serviço, os impostos cobrados sobre eles…

Já outros são indiretos e muitas vezes passam desapercebidos, como o custo do tempo gasto na fabricação, mão de obra utilizada, peso da marca no mercado e principalmente a margem de lucro retirada de tudo isso.

Minifranquia: Como Calcular Custo dos Produtos e Serviços

 

minifranquia_custo

 

Custos Diretos

Para o dono de uma minifranquia, principalmente o comerciante, este tipo de custo é identificado no momento da compra através do fornecedor e simplesmente aumentado para se retirar a margem de lucro.

Entretanto, estes custos diretos podem ser mais complexos, principalmente se tratando de serviços, que, dependendo do porte, podem acarretar em altos custos com materiais ou profissionais contratados temporariamente para aquela especialidade, além dos impostos cobrados e gerados para cada situação.

Os custos diretos, como meios mais práticos e fáceis, deverão ser os primeiros custos calculados sobre os produtos ou serviços.

Custos Indiretos

Calcular este tipo de custo é sempre mais difícil, já que, na maioria das vezes, não tem um valor fixo. O tempo, por exemplo, como já citei em artigos anteriores, é um bem valioso e, por isso, ele também deve estar incluso como aditivo na hora de determinar o preço.

O valor dos recursos humanos possui suas próprias variações de acordo com a profissão e a habilidade do funcionário. E se a empresa já é conhecida ou possui um produto já consolidado no mercado, isso pode entrar embutido com o preço, já que a boa fama dispensa qualquer propaganda.

Somente então, depois de todas estas variantes calculadas é que o gestor de uma minifranquia poderá determinar sua margem de lucro em cima disso, o que normalmente é calculada em porcentagem e pode chegar a 100% ou até mesmo passar disso principalmente se se tratar de um comércio.

 

Leia também:

Como Organizar o Fluxo de Caixa da sua Franquia?

O Efeito do Dólar na Vida do Franqueado

Controle as Dívidas da Sua Franquia de Negócios

Como Determinar O Valor Da Mão De Obra

Muitas classes profissionais já possuem um teto mínimo a ser pago por categoria e variam de acordo com a região. Entretanto, existem outros meios de calcular isso sem a necessidade de chutar qualquer valor.

Uma delas é comparar com o valor pago no seu trabalho anterior, dividir pelas horas e propor algo igual ou superior a isso. Caso nunca tenha trabalhado, divida o valor do salário mínimo por horas trabalhadas ao mês e multiplique por 2 ou mais caso seja um profissional de nível superior.

E se for um profissional mais experiente, com boa fama pelos serviços prestados em sua área, o valor vai depender exclusivamente de você baseado em sua experiência, complexidade do serviço e habilidade que talvez poucos possuam.

Categories: FINANÇAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Faça parte de um dos maiores grupos de franquias do Brasil!

Preencha com seu e-mail a baixo e receba em seu e-mail as melhores dicas de franquias.

chevron-down