fbpx
  • Compre sua Franquia:

    (31) 3654-5664

  • E-mail de Contato:

    franquia@encontresuafranquia.com.br

Nham, Nham: conheça 23 franquias de fast food para investir e lucrar


Franquias de fast food podem ser um ótimo investimento, mas é preciso cuidado ao escolher a sua. Quando o empreendedor se identifica com o negócio, ele tem maior chance de sucesso. Acompanhe o texto e descubra várias opções baratas e lucrativas de franquias!

Abrir uma franquia de alimentação pode ser um negócio cheio de atrativos. Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor faturou, apenas em 2018, R$ 45,827 bilhões no franchising. O crescimento do ramo foi de 5,9% em relação ao ano anterior.

Já no geral do setor de alimentação, o crescimento foi de 3,5%. A informação é da Associação Nacional de Restaurantes, e considera todo o setor de alimentos fora de casa. Ou seja, não apenas as franquias, mas também os negócios abertos por conta própria.

Os números altos e animadores mostram que o setor de alimentação é um dos mais seguros, e interessantes, para se investir. Mesmo com a instabilidade da economia do País, os bares, restaurantes e fast foods seguem em crescimento.

Outro ponto interessante é a boa receptividade dos brasileiros com o setor de alimentos. Isso se reflete no alto e constante consumo. As estimativas indicam que 34% dos brasileiros gastam com alimentação fora do lar.

O mercado de franquias de fast food 

No franchising, o ramo do fast food é o que mais oferece possibilidades ao franqueado. Principalmente alternativas que cabem no bolso do cliente e que agradam a qualquer paladar.

Há as opções de massas, pizzas, lanches, salgados, doces, pratos da culinária regional, internacional, entre outros.

Mas apesar do que você pode imaginar, o “fast food” não se refere apenas a comidas pouco saudáveis. Na verdade, o termo é amplo, e inclui qualquer tipo de comida rápida, que é servida e consumida de modo simples. 

É cada vez mais comum, por exemplo, empresas de fast food de salada. Assim, o cliente mantém a sua alimentação saudável, mas sem a necessidade de “perder tempo” em um restaurante.

Aproximadamente 80% dos brasileiros têm essa preocupação com a saúde no dia a dia, o que torna seu público em potencial enorme.

Quem tem interesse por franquias de fast food deve ficar atento a alguns detalhes. Para se tornar um bom negócio, a empresa precisa, por exemplo, contar com o suporte da franqueadora. Esse é o ponto básico do franchising: utilizar o plano de negócio de uma empresa que já existe, e contar com ajuda para isso.

O ponto comercial deste tipo de negócio ainda demanda uma excelente estrutura para a cozinha. É preciso obter licenças específicas, como da vigilância sanitária. 

Para que o seu cardápio de franquias de fast food seja variado, listamos 17 deliciosas opções logo mais. Acompanhe e escolha o seu novo investimento!

Por que escolher uma franquia para investir?

A franquia é uma nova unidade de uma marca que já atua no mercado. Para que seu padrão de qualidade seja mantido, a franqueadora promove o treinamento completo da nova equipe. Também auxilia na compra de insumos, no registro legal da companhia, gerenciamento do seu dia a dia e mais.

Outra vantagem de uma franquia é que há menor risco neste investimento. Isso acontece porque o plano de negócio da marca já foi testado e comprovado. Por isso, há menos chances de erros e problemas no gerenciamento do negócio.

Ainda é preciso destacar o prazo menor e previsível de retorno do investimento. Além, é claro, do auxílio na divulgação da empresa. Afinal, a maior parte das franqueadoras cobram taxa de propaganda.

Com o valor, a empresa promove a divulgação das suas franquias nas redes sociais, em panfletos, banners e o que mais ela e o franqueado acharem válido para a publicidade da unidade.

Quer saber mais sobre o modelo de franquia antes de investir? Clique no banner abaixo e confira nosso ebook!

Saiba como abrir uma franquia de fast food

Para que você possa abrir alguma das opções de franquias de fast food presente no mercado, é preciso seguir pelo menos duas dicas importantes. Por meio dessas orientações, os riscos de entrar em um empreendimento com baixa chance de sucesso reduz drasticamente. 

Vale lembrar que as franquias são consideradas os modelos de negócios mais seguros que existem no mercado. De acordo com um levantamento realizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), apenas 15% das unidades fecham as portas antes dos 10 anos, enquanto um negócio do zero tem um valor cinco vezes maior. 

Muito dessa segurança acontece por dois fatores principais. Primeiramente, podemos dizer que a transferência de know how e expertise das marcas para os empresários. Essa transferência de conhecimento acontece por meio de treinamentos e suportes especializados. 

Outro ponto muito importante de se observar antes de abrir uma franquia de fast food é analisar com cuidado a Circular de Oferta de Franquia (COF).

Esse documento é responsável por apresentar os principais pontos que envolvem o negócio. Nele, terá acesso a dados como o histórico da marca, taxas, investimento, balanço financeiro etc. 

A Circular precisa ser analisada com bastante cuidado. Por isso, a Lei de Franquias obriga que ela seja entregue pelo menos 10 dias antes da assinatura final do contrato, sob pena de punição para ambas as partes, como a anulação do acordo. Assim, caso tenha alguma dúvida consulte um advogado e tenha calma. 

Para que você conheça todo o passo a passo de como abrir franquia de pizzaria, hamburgueria, saladaria entre outras, separamos o infográfico a seguir. Confira.

Infográfico passo a passo para adquirir uma franquia

Qual franquia de alimentação adquirir?

Agora que você conhece um pouco mais sobre as franquias de fast food para investir e os cuidados que devem ser tomados para entrar nesse mercado, separamos uma lista com algumas opções disponíveis.

Mais uma vez, precisamos destacar que o mais importante aqui não é o valor gasto e sim o custo-benefício que cada franqueadora oferece. 

Afinal, como sabemos as franquias precisam estar em perfeito acordo com os ideais e objetivos de seus franqueados.

Essa união passa pela capacidade do empresário de seguir os padrões impostos pelas marcas e nos treinamentos oferecidos pela empresa. Essa atividade visa preparar o empreendedor a conhecer e entender como funciona uma franquia de fast food.

Por causa disso, mesmo com tantas opções no mercado, não podemos olhar apenas nos valores envolvidos.

Existem outros aspectos que irão ajudar você a tomar a decisão final. Pode ser pesquisando mais a fundo sobre as franqueadoras, conhecendo outros franqueados, sendo consumidor etc.

1. Fórmula Pizzaria

A Fórmula é uma franquia de pizzaria delivery e uma das mais novas dessa lista, mas que possui um grande crescimento e tem se consolidado cada vez mais no mercado por causa da sua atuação. A marca é reconhecida devido a qualidade de suas pizzas e um modelo de negócio acessível para diversos empresários. 

No mercado desde 2014, a Fórmula chegou para possibilitar uma nova maneira de fazer pessoas ganhar dinheiro e realizar o sonho de ter a própria pizzaria. Com três modelos de negócios distintos, o empreendedor escolhe pela sua capacidade de produção e tamanho do estabelecimento. 

Todas as opções trabalham com o delivery sendo o carro chefe, tanto que dois modelos são apenas cozinhas que oferecem apenas essa maneira de consumo. Caso você queira ter o restaurante, também é possível com base em outro modelo de negócio oferecido pela Fórmula Pizzaria. 

Entre as vantagens de investir na marca, podemos observar o cardápio diversificado com mais de 40 sabores, sendo doces e salgados.

Sem contar nas opções veganas, sobremesas e os tradicionais calzones. Prezando sempre pela qualidade dos seus produtos, a marca é reconhecida em diversos estados brasileiros.

  • Investimento inicial: a partir de R$ 99 mil
  • Faturamento médio mensal: aproximadamente R$ 70 mil
  • Prazo de retorno: entre 24 e 36 meses

Para que você conheça um pouco mais sobre o modelo de negócio da Fórmula Pizzaria, separamos o vídeo a seguir. Confira.

2. N1 Chicken

Criada em 2017, a N1 Chicken se tornou a franquia de frango frito líder no Brasil em menos de dois anos. Só em 2018, a marca faturou R$ 18 milhões com suas unidades.

Como seu nome sugere, o principal item do cardápio da empresa é o frango frito. Mas não apenas esse alimento. A marca também oferece bebidas, sobremesas e outros petiscos. Como batatas fritas, polenta frita, purê de aipim e aipim frito.

Outro destaque da franquia são seus molhos e temperos exclusivos. Eles são 100% naturais e de origem brasileira. As receitas mais famosas são: a Maionese de Bacon, Maionese Verde, Maionese de Queijo e Alho.

O modelo de negócio da N1 Chicken é focado especialmente nas entregas por delivery.

  • Investimento total: a partir de R$ 79 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 60 mil
  • Prazo de retorno: de 9 a 16 meses

3. 10 Pastéis

Criada em 1961, a 10 Pastéis tornou-se uma rede de pastelarias em 1996. Claro, os pastéis são o carro chefe da marca! Eles são servidos nas mais diversas opções: doces e salgados, fritos ou tostados.

Mas o cardápio também apresenta outras variedades de produtos, que incluem saladas, panquecas, refeições, porções e bebidas.

A empresa oferece quatro modelos de negócio, sendo eles: loja de rua, loja de shopping, loja de hipermercado e food truck.

  • Investimento total: a partir de R$ 70 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 65 mil
  • Prazo de retorno: 24 a 36 meses

4. Risotto Mix Gastronomia

Fugindo da ideia de que fast food vende apenas lanches, o Risotto Mix pretende unir o sabor da alta gastronomia com a rapidez dos fast foods. Seu cardápio é variado, com a presença de pratos brasileiros, risotos, parmegianas, grelhados, saladas, massas, pratos kids e frutos do mar.

Ao todo, a marca está presente no mercado há aproximadamente 20 anos. Com o sucesso que seu cardápio, não demorou muito para aparecer outros empresários querendo aproveitar do know how e expertise dos fundadores da empresa. Iniciando em 2003 a primeira franquia da Risotto Mix

  • Investimento total: a partir de R$ 300 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 100 mil
  • Prazo de retorno: 24 a 36 meses

5. Açaí Beat

Com mais de 50 unidades franqueadas e espalhadas pelo Brasil, a Açaí Beat oferece o sabor da Região Norte do País. O creme de açaí pode ser consumido puro ou com os acompanhamentos do cardápio. São dois os modelos de negócio oferecidos pela franquia de alimentação: a loja e o quiosque.

Atualmente, a empresa tem trabalhado com produtos exclusivos e fabricados em Minas Gerais. Ao todo são mais de 50 franquias espalhadas pela região Sul, Sudeste e Centro Oeste do Brasil.

Mesmo com pouco menos de 10 anos de mercado, a empresa é uma referência para quem deseja trabalhar com o creme.

  • Investimento total: entre R$ 90 mil a R$ 110 mil
  • Faturamento médio mensal: não informado
  • Prazo de retorno: 12 a 24 meses

6. Billy The Grill

Planejada para praças de alimentação, a Billy The Grill se destaca pelo seu churrasco na pedra. Mas, além deste, o restaurante se dedica à comida rápida caseira, tipicamente brasileira. Já são cerca de 40 unidades espalhadas pelo Brasil.

A primeira lona da Billy The Grill nasceu em meados de 2010, quando o churrasco na pedra estava começando a estourar no país.

Desde então, a empresa passou a crescer cada vez mais, se tornando uma das principais no segmento de Alimentação. O objetivo da marca, é encontrar franqueados que queiram levar os clientes a viver experiências gastronômicas únicas.

  • Investimento total: entre R$ 155 mil e R$ 450 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 135 mil
  • Prazo de retorno: 24 a 36 meses

7. Saluá Esfiha’s

Criada na cidade de Santos, litoral paulista, a Saluá Esfiha’s é uma rede de franquias desde 2012. Ela oferece ao público produtos árabes, como saladas, esfirra, porções e sobremesas, além de trabalhar com serviços delivery.

Por meio do seu sistema de franquias, a Saluá consegue levar para os consumidores o que há de melhor com relação a esfirras.

Quem optar por ser um franqueado da marca, terá a possibilidade de fazer treinamentos para ajudar no entendimento do negócio, além da ajuda para definição do ponto comercial ideal. 

  • Investimento total: a partir de R$ 295 mil
  • Faturamento médio mensal: não divulgado
  • Prazo de retorno: 18 a 24 meses

8. China In Box

A China in Box é a maior rede de delivery de comida chinesa da América Latina. Ao todo, são mais de 130 unidades em 22 estados brasileiros. 

Criada em 1992, a empresa tem como diferencial um cardápio não industrializado. Cada loja da China In Box possui sua própria cozinha.

Por isso, os pratos são preparados no momento em que o cliente faz o pedido, para que sejam entregues com a melhor qualidade possível. Os cozinheiros ainda passam por um treinamento cuidadoso, para que o padrão da rede seja seguido à risca.

  • Investimento total: a partir de R$ 540 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 150 mil
  • Prazo de retorno: de 36 a 48 meses

9. Vivenda do Camarão

franquias de fast food imagem ilustrativa vivenda do camarão
Vivenda do Camarão tem pratos que incluem os mais diversos frutos do mar.

Buscando oferecer pratos de frutos do mar a preços populares, a Vivenda do Camarão surgiu como a primeira franquia desse segmento no Brasil, em 1984.

Natural do estado de São Paulo, a Vivenda do Camarão permitiu que diversos franqueados pudessem oferecer o que há de melhor quando se trata desse tipo de culinária. Não à toa, a empresa é uma das poucas empresas do segmento, e de origem brasileira, que atua em outros países. 

A empresa trabalha com fornecedores importados e busca sempre manter a boa qualidade de seus pratos, principalmente se tratando de produtos frescos.

Uma vantagem de trabalhar com a marca é oferecer produtos de baixa caloria e rico valor proteico, ótimo para pessoas que buscam uma alimentação mais saudável.

  • Investimento total: R$ 403 mil a R$ 540 mil
  • Faturamento médio mensal:  R$ 110 mil
  • Prazo de retorno: 24 a 36 meses

10. Saladenha

Com esse divertido nome, a rede foi criada em 2015. Sua aposta é no fast food de alimentação saudável e balanceada.

O cardápio da marca conta com opções de saladas montadas e nutricionalmente equilibradas. Isso sem falar dos sucos 100% naturais, wraps e sanduíches.

Devido a sua pegada saudável, a empresa busca aumentar vertiginosamente o número de franquias espalhadas pelo Brasil. Para se ter uma ideia, o plano da franqueadora é chegar a aproximadamente 80 lojas nos próximos anos, sem contar no abertura de unidades em outros países. 

No mercado desde 2015, a marca tem apostado nas franquias de fast-food para se tornar mais presente no cotidiano das pessoas. Sempre com pratos equilibrados, coloridos e ricos em nutrientes. Principalmente em um empreendimento cujo as saladas são referentes a 80% do cardápio. 

  • Investimento total: de R$ 80 mil a R$ 250 mil
  • Faturamento médio mensal: de R$ 15 mil a R$ 240 mil
  • Prazo de retorno: 24 meses

11. Big X Picanha

Com mais de 20 anos de história, a Big X Picanha é uma boa opção para aqueles empreendedores que pretendem se aventurar no ramo dos hambúrgueres.

Porém, com um objetivo diferente, levando picanha filetada dentro do pão. Um estilo diferente de sanduíche que tem atraindo diversos consumidores. Atualmente, a marca está presente em oito estados brasileiros.

O Big X Picanha tem mais de 50 lojas espalhadas pelo Brasil. Seu cardápio oferece mais de 30 opções de lanches e pratos, contando ainda com a opção de hambúrguer vegetariano e hambúrguer de camarão.

  • Investimento total: a partir de R$ 230 mil
  • Faturamento médio mensal: a partir de R$ 80 mil
  • Prazo de retorno: de 24 a 36 meses

12. Let’s Eat

Apesar do nome em inglês, a Let’s Eat é uma rede de fast food de hamburgueria e culinária mexicana. O cardápio oferece opções de saladas, carnes, porções, hambúrgueres e sobremesas. Também há bebidas e várias comidas típicas mexicanas, como tacos, burritos, quesadilla e, claro, muito chilli.

A empresa surgiu a partir do momento em que seus fundadores tiveram a ideia de trazer para o Brasil o tradicional formato de hamburgueira estadunidense. Porém, a semelhança ficou apenas na aparência do local, uma vez que os pratos foram adaptados para cair no paladar do brasileiro. 

Assim, com um ambiente divertido e com comida de alta qualidade, sempre pensado por uma nutricionista da própria empresa, a Let’s Eat tem crescido cada vez mais no cenário nacional. Se tornando assim, uma das franquias desejadas por alguns empreendedores. 

  • Investimento total: entre R$ 380 mil e R$ 600 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 150 mil
  • Prazo de retorno: 18 a 36 meses

13. Subway

A Subway é uma das maiores franquias de fast food do mundo e oferece sanduíches. Hoje, já são quase 44 mil lojas em atividade, que oferecem refeições leves e sem frituras.

O que fez a Subway se tornar uma referência no mundo foi o formato aplicado aos seus sanduíches, o que era algo inovador e totalmente diferente do que se estava acostumado nos Estados Unidos da década de 1960. Quando chegou ao Brasil, a marca não demorou muito para se firmar e hoje é possível encontrá-la em várias esquinas. 

O consumidor monta seu próprio sanduíche, mas também existem receitas prontas. Os ingredientes das lojas são leves e frescos, para garantir a qualidade do que é oferecido. Para os futuros franqueados que desejam entrar no mercado com uma grande marca por trás, sem dúvida esse é uma boa opção

  • Investimento total: a partir de R$ 357 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 80 mil
  • Prazo de retorno: entre 24 e 36 meses

14. Burger King

imagem ilustrativa franquia hamburguer
Hamburguerias no modelo de franquias são bastante comuns, competindo diretamente com as versões “artesanais” dos hambúrgueres.

Criada em 1954, a Burger King é a segunda maior rede de hambúrgueres do mundo. Hoje, ela possui cerca de 15 mil lojas, em 100 países diferentes. A marca é conhecida, principalmente, pelo hambúrguer “Whopper”, sucesso entre os consumidores.

Para se ter ideia de como abrir uma franquia do Burguer King é vantajoso para os empresários, 90% dos restaurantes presentes no mundo são operados por franqueados independentes. Ou seja, graças ao know how e expertise adquirida nos últimos anos, a empresa consegue se manter em pleno crescimento operando apenas com franqueados, praticamente. 

No Brasil, o Burger King está presente em todos os estados e conta com aproximadamente 600 pontos de venda. Movimento que visa transformar a marca na preferida dos consumidores e entregar um empreendimento rentável para os empresários.

  • Investimento total: de R$ 1,1 milhão a R$ 3,5 milhões
  • Faturamento médio mensal: não informado
  • Prazo de retorno:  não informado

15. Mixirica

Criada em 2009, a rede Mixirica aposta na alimentação equilibrada. O seu cardápio é repleto de saladas, sanduíches, sobremesas e sucos naturais.

Por meio da franquia de alimentação, ainda é possível oferecer grelhados, wraps, shakes cremosos, vitaminas, açaí e creme de pitaia. 

  • Investimento total: R$ 150 mil
  • Faturamento médio mensal:  R$ 60 mil
  • Prazo de retorno: entre 25 e 35 meses

16. Casa do Pão de Queijo

A empresa foi criada em 1967 e se tornou uma rede de franquias 20 anos depois. A marca trouxe a principal delícia da culinária mineira para o ramo do fast food.

Mas sua variedade de produtos não para por aí, oferecendo um cardápio com sanduíches, salgados, sucos, doces, entre outras opções.

  • Investimento total: entre R$ 224.500 e R$ 229.500
  • Faturamento médio mensal:  R$ 50 mil
  • Prazo de retorno:  24 a 40 meses

17. Frango no Pote

Essa franquia de fast food traz um cardápio repleto de frango. A empresa atende a todos os públicos, e seu mix de produtos é formado por potes, combos, refeições, anéis de cebola e batatas fritas. Todos os ingredientes são selecionados e manipulados por uma equipe treinada pela franqueadora.

  • Investimento total: a partir de R$ 260 mil
  • Faturamento médio mensal: de R$ 70 mil a R$ 210 mil
  • Prazo de retorno:  24 a 26 meses

18. Chiquinho Sorvetes

Quem não gosta de um sorvete como sobremesa? O cardápio da rede Chiquinho inclui, além de sorvetes de sabores diversos, açaí, milk shakes, sundaes, petit gateau, bolos de caneca e tortilhas. Os modelos de negócio oferecidos pela franqueadora são: os quiosques e as lojas físicas.

  • Investimento total: a partir de R$ 383 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 40 mil
  • Prato de retorno: 24 a 36 Meses

19. Joe & Leo’s

A Joe & Leo’s nasceu em 1999 e, desde então, vem se dedicando a um plano intenso de expansão. A rede é especialista em hambúrgueres, que podem ser montados pelo próprio consumidor.

Para isso, a franquia conta com um cardápio base de ingredientes. Então, o cliente escolhe a carne, o pão, queijo, um acompanhamento, molho e acréscimos. Tudo para que a receita fique do seu gosto.

Também existem outros itens disponíveis na lanchonete. Como carnes, massas, cafés e sobremesas. Assim como aperitivos, saladas e receitas vegetarianas.

  • Investimento total: R$ 1,65 milhão
  • Faturamento médio mensal: R$ 250 mil
  • Prazo de retorno: de 24 a 36 meses

20. Estação Tapiocando

As opções de franquias de fast food para investir também incluem a Estação Tapiocando. Gerenciada pela Casa Maní, outra franqueadora, a marca tem expertise de mais de 40 anos no mercado.

Suas delícias são ideais para quem deseja ter uma alimentação mais saudável. Mas também para quem tem restrições alimentares. Afinal, uma série de produtos da marca são zero glúten, livres de conservantes, açúcares, gorduras e sódio.

Vale dizer que os produtos da franquia são feitos de tapioca e à base de mandioca. Sempre com grande qualidade e o cuidado de uma indústria própria.

  • Investimento total: R$ 95 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 70 mil
  • Prazo de retorno: de 12 a 15 meses

21. Baked Potato

As franquias de fast food da Baked Potato são especialistas em refeições à base de batata. São saladas, pães, batatas recheadas, carnes e nhoque.

Essa é outra marca que permite ao consumidor montar seu próprio prato, no caso da batata recheada. Então, o usuário pode escolher entre ingredientes como molho bolonhesa, brócolis, bacon, requeijão, itens veganos e uma extensa lista de produtos.

A primeira loja Baked Potato foi inaugurada em 1984, na cidade de São Paulo. Desde então, a rede se expandiu para várias regiões do Brasil. Sempre pensando em itens que podem ser consumidos em diferentes momentos do dia. No  café da manhã, almoço, jantar, lanche e happy hour.

  • Investimento total: a partir de R$ 400 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 120 mil
  • Prazo de retorno: de 24 a 36 meses

22. Brasileirinho Delivery

A rede Brasileirinho é conhecida por colocar em uma caixinha algumas das principais delícias do cardápio brasileiro. São 12 pratos principais, que geralmente incluem arroz, feijão, carne bovina e outros produtos comuns nas refeições do dia a dia.

Abrir a franquia foi uma ideia baseada nas caixinhas de comida chinesa. Se elas são um sucesso, porque caixinhas de comida brasileira não seriam?

  • Investimento total: a partir de R$ 215 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 80 mil
  • Prazo de retorno: de 20 a 24 meses

23. Franquia Pizza Crek

As unidades Pizza Crek têm vários modelos de negócio. Elas se destacam especialmente pelo modelo pequeno de loja, que não precisa de muito espaço para mesas. 

Isso porque, as pizzas da marca facilitam o consumo rápido pelo consumidor. Muita gente, inclusive, come enquanto anda pela rua. Uma característica de destaque nas franquias de fast food. 

As pizzas da Pizza Crek são montadas no formato de um wrap. Elas são extra finas e crocantes, e possuem cerca de 70 sabores no cardápio da marca. 

Segundo a empresa, unindo todas as suas quase 60 unidades pelo Brasil, mais de 500 mil Pizzas Crek consumidas todo mês. Se tornando uma das franquias de fast food com bom potencial de crescimento para os empreendedores.

  • Investimento total: a partir de R$ 245 mil
  • Faturamento médio mensal: R$ 80 mil
  • Prazo de retorno: de 22 a 36 meses

Antes de escolher a sua marca preferida, lembre-se de avaliar a reputação da franqueadora. Os atuais franqueados recebem o apoio adequado? Esse acompanhamento próximo pela dona da marca será essencial para o desenvolvimento da sua franquia de alimentação.

*Informações publicadas em Setembro/2020. Os preços das franquias podem sofrer atualizações. Informe-se com a franqueadora da marca.

Autor: Karen Costa (Editora Encontre Sua Franquia)
24 de setembro de 2020

Ficou interessado em alguma franquia?

Preencha o formulário e fale com um consultor das nossas marcas.

Matérias relacionadas: