fbpx
  • Fale Conosco:

    (31) 3654-5664

  • E-mail:

    franquia@encontresuafranquia.com.br

Encontre sua Franquia

Pesquisa mostra desempenho das franquias de beleza em 2017


O setor de franquias no Brasil não para de crescer. Prova disso é que este mercado registrou um crescimento de 7,8% em sua receita no terceiro trimestre deste ano na comparação com o mesmo período de 2016, isso de acordo com a Pesquisa de Desempenho Trimestral do setor realizada pela Associação Brasileira de Franchising – ABF

Com isso, o faturamento passou de 38,836 bilhões de reais para 41,850 bilhões reais no período pesquisado. Já na comparação entre o terceiro e o segundo trimestre deste ano, o avanço do setor foi ainda maior, de 11,4%.

Fora a expectativa de melhoria em alguns indicadores macroeconômicos, a consistente queda de juros, a baixa inflação, a leve redução da taxa de desemprego e a queda dos custos dos alimentos acabaram impactando positivamente a renda real dos consumidores. Com isso, o consumo se reaqueceu, o que se refletiu no franchising de forma geral, mas com mais ênfase nos segmentos ligados ao consumo.

É por isso, aliás, que o ramo de beleza vem se mostrando como um dos mais fortes e promissores para se investir. Entre os onze segmentos classificados pela ABF, o desempenho das franquias de beleza é um dos que mais se destacaram. Aliás, foi a maior variação de crescimento, o que marcou 12,2%

“O ganho de poder aquisitivo, ainda que pequeno, e o consequente reaquecimento do consumo foram os principais impulsionadores”, explicou Vanessa Bretas, gerente de inteligência de mercado da ABF, em nota enviada à imprensa.

Para que tenha ideia, de acordo com o relatório da ABF, quando se fala apenas do segmento de beleza dentro deste universo, ele teve um faturamento de 18,848 bilhões de reais em 2016, chegando a 21,140 bilhões de reais em 2017.

Mercado de franchising

Não foi só Vanessa que falou sobre o bom desempenho das franquias neste ano. Para Altino Cristofoletti Junior, presidente da ABF, o franchising brasileiro comprova sua maturidade e capacidade de reação em meio às turbulências vividas pelo País ao vermos os dados positivos registrados também neste terceiro trimestre.

O setor por um lado se beneficia da melhora do cenário macroeconômico e de suas características essenciais, como trabalho em rede, modelos testados e padrões pré-definidos, controle de gestão e marcas consolidadas, e, por outro, busca inovar cada vez mais, é dinâmico, e está atento aos movimentos do mercado.

Os dados animadores do franchising não param por aí. Em relação ao crescimento de janeiro a setembro (Year to Date – YTD) ante o mesmo período do ano passado, o levantamento da ABF apontou uma receita 8% maior. O faturamento do setor de franquias no período subiu de 107,725 bilhões reais para 116,305 bilhões de reais.

Quanto ao crescimento acumulado nos últimos 12 meses, o franchising ampliou sua receita em 8,2%, cujo faturamento saltou de 147,752 bilhões de reais para 159,826 bilhões de reais.

Para que saiba, a Pesquisa Trimestral de Desempenho do Franchising é referente ao terceiro trimestre de 2017 e envolveu uma base amostral com redes respondentes que representam aproximadamente 41% do faturamento total do setor e 31% das unidades de franquias em operação.

Envolvendo o mercado como um todo, inclusive não associados da ABF, os números do desempenho do setor de franchising são apurados em pesquisa por amostragem, cruzados com levantamentos feitos por entidades representantes de setores correlatos ao sistema de franquias, órgãos de governo, instituições parceiras e de ensino.

Sair

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *