Se em poucos meses você obter o retorno sobre o investimento e perceber que sua franquia já tem clientes satisfeitos, é capaz de se empolgar a ponto de pensar em investir na segunda franquia. É claro que você deve comemorar (e muito) o sucesso da primeira franquia, mas vá com calma! Afinal de contas, é necessário se planejar tanto quanto você fez na primeira vez.

Aliás, o planejamento deve ser redobrado, uma vez que você não pode abrir mão da gestão da franquia que já está em funcionamento, né? Isso sem mencionar que você precisa tomar cuidado para não virar concorrente de si mesmo com duas marcas diferentes.

A ideia de investir na segunda franquia está longe de ser ruim. Em primeiro lugar, a tendência é aumentar seus ganhos mensais, embora ainda exista riscos. Outro ponto é que muitos franqueadores entendem que multifranqueados ajudam a acelerar o processo de expansão de suas marcas. Isso porque eles já conhecem como funcionam o sistema de franquias.

Entre vantagens e cuidados, listamos algumas dicas que podem te ajudar a responder a pergunta que abre esse texto: quando investir na segunda franquia?

Preste atenção nos contratos

Antes de mais nada, vale a pena consultar o contrato da primeira franquia para verificar se ela permite que você invista em outras marcas. Muitas redes impedem que os franqueados tenham unidades de outras empresas numa tentativa de evitar concorrência.

Espere mais de um ano

Por mais que abrir uma segunda unidade possa aumentar seus ganhos, não se precipite. Talvez, você tenha alcançado o sucesso na primeira franquia rapidamente por ser justificado por um momento de pico de vendas, principalmente se você trabalha em um segmento que sofre com sazonalidade.

Isso significa que pode vir um período de baixa pela frente. E isso pode atrapalhar sua saúde financeira se você já estiver investindo na segunda franquia. Por isso, recomenda-se uma boa dose de paciência. O ideal é esperar mais de um ano para verificar o faturamento mensal. Você descobre, na prática, quais são os momentos em que vai ter de fechar a mão e, finalmente, quando pode investir na segunda franquia.

Outra vantagem de esperar mais de um ano para tomar uma decisão está na experiência adquirida ao longo do tempo. Certamente você terá muito mais habilidade para lidar com situações desconfortáveis.

Faça uma reserva financeira

Não é porque você obteve rápido retorno financeiro na primeira experiência como franqueado que isso vai se repetir no próximo investimento. Aliás, isso não é comum. Por isso, antes de investir na segunda franquia, procure fazer uma reserva financeira que seja suficiente para cobrir os custos de pelo menos seis meses de cada unidade. Lembre-se que a segunda franquia pode demorar para dar bons resultados.

Tente encontrar pontos comerciais próximos

Colocar a barriga no balcão e se envolver no dia a dia do negócio são alguns dos segredos para ter sucesso no mundo das franquias. Será que você consegue se comprometer nos dois negócios? Para dar conta, recomenda-se encontrar pontos comerciais que sejam próximos.

Outra opção é investir em uma franquia home office. Assim, você consegue administrar as duas operações em um só lugar, sem perder tempo com locomoções. E, claro, não deixe de contar com um software de gestão de franquias que centraliza as informações de todas unidades.

Recorra a parceiros

Por fim, uma alternativa para viabilizar seu sonho de investir na segunda franquia está em encontrar um sócio para ser seu parceiro. Aqui, ele pode ajudá-lo na gestão do negócio, enquanto você entra com o capital necessário. A situação pode ser inversa: ele investe o dinheiro e você cuida do dia a dia da operação.

Você já abriu a segunda franquia? Compartilhe sua experiência conosco nos comentários!

Esclareça suas dúvidas pelo Whatsapp.
Enviar pelo whatsapp

Faça parte de um dos maiores grupos de franquias do Brasil!

Preencha com seu e-mail a baixo e receba em seu e-mail as melhores dicas de franquias.

chevron-down