fbpx
  • Compre sua Franquia:

    (31) 3654-5664

  • E-mail de Contato:

    franquia@encontresuafranquia.com.br

NÃO ADQUIRA UM REPASSE DE FRANQUIA ANTES DE LER ESTE POST


Por diferentes motivos, um empreendedor pode decidir por vender sua unidade franqueada e isso é chamado de repasse de franquia. Assim, pode ser uma maneira bem vantajosa para que muitos empreendedores entrem no mercado de franquias!

Entretanto, apesar de bem atrativo, alguns cuidados precisam ser tomados. A Lei de Franquias não especifica como deve acontecer esse repasse, sendo uma relação que fica a cargo do contrato.

Por isso, é importante buscar essas informações no contrato, que é redigido de acordo com as especificidades de cada marca, e junto à franqueadora. Só assim, é possível entender se o repasse será interessante para você.

Nesse conteúdo, explicamos as diferenças entre o investimento em uma franquia inicial e o repasse de franquias. Quer saber se o repasse pode ser uma boa ideia? Acompanhe!

Como acontece o repasse de franquia?

Comprar uma franquia em funcionamento apresenta muitas vantagens. Ainda que a unidade esteja com problemas no desempenho, por exemplo, vale a pena analisar com critério o motivo do desempenho fraco.

Afinal, se este resultado estiver relacionado à postura dos franqueados anteriores, pode existir potencial de crescimento e boas lucratividades.

Entretanto, é importante desenvolver uma análise detalhada pelo futuro empreendedor. O estudo precisa identificar se é possível reverter os resultados que não iam tão bem, quais os caminhos a serem seguidos, além de identificar outros fatores que podem estar influenciando no mal resultado.

Com isso, firmado o interesse e viabilidade da aquisição da franquia em andamento, é importante analisar o negócio como um todo. Nenhuma etapa deve ser pulada e, como se fosse uma aquisição originária, é essencial fazer uma pesquisa completa.

Buscar o reconhecimento da marca no setor, as condições de operação da franquia, números de faturamento, lucratividade e prazo de retorno, são algumas das pesquisas a serem feitas.

Após essa análise, será importante definir se a aquisição será da empresa franqueada ou apenas o repasse da unidade. Explicamos: a principal diferença é que, na aquisição da empresa franqueada, há sucessão de passivos, inclusive tributários e trabalhistas. No repasse de franquias, isso não acontece.

É importante também verificar como está o contrato de locação do imóvel e o que esse documento dispõe sobre transferência de locatário. O empreendedor deve ficara tento aos termos de eventual taxa de transferência e manutenção do valor do aluguel.

Portanto, tudo deve ser conversado com a franqueadora para que o interessado conheça todas as condições para investimento.

Porque se tornar franqueado

Se comparado com um empreendimento convencional, aquele em que o empresário tira uma ideia do papel e a estrutura do zero, o investimento em franquias é bem mais seguro.

Isso porque, a taxa de mortalidade entre as duas possibilidades de formatos de negócio é bem diferente.

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), a cada cem franquias, apenas cinco fecham até o segundo ano de operação.

Em adição, o índice de mortalidade de empreendimentos próprios é quase quatro vezes maior em 24 meses. Ou seja, a cada cem empresas que são abertas, 23 fecham as portas dentro do período.

Quanto expandimos a análise, esse diferencial fica ainda mais explícito: a cada 100 empresas que são inauguradas, pelo menos 75 fecham antes de completar uma década de atuação. No franchising, por outro lado, a cada 100 franquias, apenas 15 fecham as portas em 10 anos.

No vídeo a seguir, explicamos tudo sobre o mercado e as possibilidades de investimento em franquias! Quer saber se essa é uma modalidade para você? Assista!

Regulamentação

Além dessa baixa taxa de mortalidade, os franqueadores atuam com o suporte da Lei de Franquias, que determina que algumas documentações precisam ser entregues ao empreendedor, junto do cumprimento de alguns deveres por parte da franqueadora.

A Circular de Oferta de Franquia (COF) é um desses documentos, que detalha o formato da franquia e esclarece direitos e deveres de franqueado e franqueadora. O contrato de franquias também é determinado pela Lei de Franquias, sendo uma documentação que firma o investimento.

Franquia nova ou repasse de franquia?

O momento de empreender deve ser sempre amparado por muito preparo e estudo por parte do futuro franqueado.

Ao investir em uma nova franquia, o empresario escolhe uma opção de marca para atuar. Essa escolha deve ser feita de acordo com análises de desempenho da rede, junto do apoio de um projeto de franquia oferecido pela franqueadora.

Os empreendedores devem receber treinamento para operar a unidade em todos os campos referentes à unidade.

Assim, esse tipo de investimento pode ser feita em um formato de loja, quiosque ou outro modelo de franquia, e a unidade será estruturada do zero, a começar pelo ponto comercial em que a franquia será instalada.

O repasse de franquia, por outro lado, acontece quando um franqueado já conta com uma unidade em operação e, por uma série de motivos, decide passar o ponto para um outro franqueado.

Quem adquire a franquia por meio de repasse deve passar por um processo de seleção, organizado pela detentora da marca. É uma possibilidade interessante para investir, uma vez que o empreendedor não precisa ser submetido a todos os processos de implantação de uma franquia.

O processo de repasse de franquia é diferente em cada marca. Isso porque é um tipo de investimento que não é definido pela legislação e, por isso, deve ser tratado no contrato de franquias. As marcas, portanto, ficam livres para estabelecer todas as regras e condições.

Relação de franqueado

equipe de trabalho funcionários repasse de franquia
As relações firmadas entre franqueado e franqueadora são as mesmas no investimento do zero.

Após a aquisição de uma franquia via repasse, o empreendedor começa a ter a mesma relação com a franqueadora que os demais franqueados também têm. Em alguns casos, a franqueadora pode exigir o pagamento de algumas taxas, como a de franquia, royalties e a de propaganda.

A diferença entre os dois tipos de investimento é a simplificação dos processos, apesar disso não simplificar a responsabilidade do franqueado.

Escolhendo a opção de repasse de franquias, o empreendedor não precisa arcar com gastos relativos à abertura do ponto comercial, obras, contratação de funcionários, entre outros gastos.

Documentação necessária

Todo o processo de documentação para quem opta por um repasse de franquias deve ser o mesmo quando há o investimento em uma franquia inicial.

Ou seja, o empreendedor deve receber a Circular de Oferta da Franquia (COF) e passar pelo período legal de análise. O futuro franqueado tem até 10 dias para estudar toda a COF para, depois, concordar com o investimento e assinar o contrato de franquias.

Para quem está se desfazendo da franquia e pretende passá-la para outro empreendedor, a franqueadora deve desenvolver um documento de distrato. Assim, todas as obrigações e eventuais dívidas do franqueado ficam restritas ao período até a finalização do repasse de franquia.

Assim, quem adquiriu a franquia, é responsável por gastos e investimentos somente a partir da data de repasse da franquia.

Vantagens de apostar em uma franquia de repasse

Como dito anteriormente, ao escolher uma franquia de repasse, o empreendedor não precisa arcar com custos relativos ao início da franquia: instalação, obras, reformas. Assim, a unidade já está pronta para o trabalho, o que possibilita que o franqueado comece a trabalhar de forma instantânea.

A segunda vantagem é a redução de gastos. É bem comum que uma franquia seja colocada à venda por um preço mais em conta, principalmente porque os investimentos com adaptações do ponto comercial e compra de equipamentos costuma ser a parte mais cara do investimento em franquias.

Em terceiro lugar, está um público que já conhece a unidade e os produtos/serviços oferecidos. Assim, os consumidores já estão habituados àquela franquia e, muito provavelmente, a unidade até possua um público fiel.

Essa facilidade possibilita que o empreendedor não se preocupe em conquistar os consumidores iniciais, apenas em fortalecer a relação e prospectar novos perfis.

Cuidados que precisam ser tomados

Como todo investimento, o repasse de franquia implica que o empreendedor tome alguns cuidados. Primeiro de tudo, é essencial que haja harmonia entre o seu perfil com o que a rede franqueada propõe ao mercado.

Por isso, identifique uma marca que atue em um mercado que você se identifica. Você também precisa acreditar nos produtos e serviços vendidos pela unidade. A identificação facilita bastante a rtoina de trabalho.

Portanto, passe por todos os cuidados naturais do processo de se tornar um franqueado: converse com outros empresários da rede e tire todas as suas dúvidas sobre a operação.

Outro cuidado é realizar um estudo de mercado e construir um plano de negócio para atuação. Assim, com estes estudos, fica mais compreensível a viabilidade do negócio na localidade em que o empreendedor deseja atuar.

Mesmo que a franqueadora ofereça treinamentos de capacitação, vale a pena buscar informações para avaliar se o segmento é adequado a seu perfil.

Além disso, os estudos conseguem prever algumas dificuldades e desafios. Essa previsão facilita a projeção de estratégias para consolidar o sucesso da franquia.

Estude, ao certo, quanto será necessário para adquirir a franquia. Além do valor pago ao antigo franqueado, a franqueadora pode exigir pagamento de taxa de franquia e outros custos. Por isso, coloque na ponta do lápis todos os valores necessários para o investimento.

Dito isso, será que chegou a sua hora de empreender? Independente do que te chamou mais atenção, se o investimento inicial ou o repasse de franquias, é essencial identificar o momento certo para apostar no universo dos negócios.

Para isso, acesse nosso ebook gratuito! Contamos tudo o que você precisa saber para identificar esse momento!

ebook chegou a sua hora de empreender?
Autor: Luisa Campos Batista
31 de Maio de 2020

Ficou interessado em alguma franquia?

Preencha o formulário e fale com um consultor das nossas marcas.

Matérias relacionadas:

Does The Mini Pill Kill Your Sex Drive|appetite suppressant and metabolism booster|hemp cream near me