fbpx
  • Compre sua Franquia:

    (31) 3654-5664

  • E-mail de Contato:

    franquia@encontresuafranquia.com.br

Encontre sua Franquia

Conheça os tipos de franquias e os perfis ideais para cada uma


Para quem sonha estar a frente de um negócio próprio investindo no franchising, saiba que existem tipos de franquias para diferentes perfis de empreendedores. Aquela ideia tradicional de que franquia é só em formato de loja, já ficou para trás.

Com a evolução do mercado, em consonâncias com as atualizações tecnológicas, surgiram modelos de negócio que ampliam (e muito!) as possibilidades de atuação no franchising.

Além do modelo de franquia de loja, mais tradicional e mais buscado investimento, existem formatos que permitem que o empreendedor gerencie a franquia de forma remota, operando franquias virtuais via plataforma online.

Ou, ainda, existem os tipos de franquias que permitem que os empreendedores atuem em modelos físicos, mas com estruturas bem mais enxutas – o que facilita, também, o cotidiano de gerenciamento da unidade.

Dessa forma, a ampliação das possibilidades de atuação como franqueado possibilita, também, uma maior entrada de diferentes perfis de empreendedores. Além disso, com a ampliação dos tipos de franquias, aumentam as possibilidades de investimento em franquias baratas.

Assim, a diversificação do mercado torna, de certa maneira, o franchising brasileiro mais democrático!

O cenário dos diferentes tipos de franquias

De acordo com a Pesquisa de Desempenho do Franchising Brasileiro, dentre as 50 maiores marcas de franquias, 85% operam com pelo menos um formato de franquia no modelo de loja.

Em 2018, este total era de 88%. A queda demonstra que as redes estão investindo na expansão por meio de novos tipos de franquias, como quiosque, franquias home based e unidades móveis. As franquias em formato quiosque estão como segundo formato mais escolhido pelas marcas.

Ao todo, 6,7% das franquias trabalham exclusivamente com este formato ou fornecem esta opção para investimento. Os dados são da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Consequentemente, o número de novos formatos também cresceu. Em 2018, somente 12% das 50 maiores franquias operavam com modelos variados de negócio. Em 2019, o número registrado foi de 15% das marcas.

Neste conteúdo, vamos explicar os modelos de negócios que existem no franchising brasileiro e comentar qual é o perfil de empreendedor mais indicado em cada formato. Mas, antes, você sabe como escolher a franquia ideal?

Como escolher um dos tipos de franquias?

O investimento em franquias é uma das possibilidades mais segura para quem sempre sonhou em se tornar empreendedor. Diferentemente dos empreendimentos que começam do zero, ao investir em um modelo de franquia, o franqueado atua junto de uma marca já testada no mercado.

Ou seja, ser testada no mercado significa que a rede já tem maturidade no segmento de atuação, já enfrentou desafios e, por isso, desenvolveu os melhores produtos e serviços de acordo com o know-how da marca.

Dessa forma, o risco de investimento diminui bastante, independente do formato de franquia escolhido. Ao realizar uma escolha bem certeira, que esteja em harmonia com as projeções para o futuro e com perfis pessoal e profissional, existem ainda mais chances da franquia ser um sucesso.

Alguns pontos devem ser analisados antes mesmo de saber em qual modo escolher:

  • Analisar o mercado de atuação
  • Quais são as possibilidades de investimento
  • Participe de feiras de franquias e eventos
  • Entre em contato com franqueados da marca

Circular de Oferta de Franquias

Além dessas pesquisas que ajudam bastante na compreensão do modelo de franquia proposto por uma rede, existem dois documentos que precisam ser muito bem estudados.

O primeiro é a Circular de Oferta de Franquias (COF). Mais conhecida como COF, a Circular é um documento descrito na Lei de Franquias. Ao final do processo de seleção dos candidatos a franqueados, os futuros empreendedores devem receber a COF com 10 dias de antecedência da assinatura de qualquer documento referente à franquia.

De acordo com a Lei de Franquias, este tempo é necessário para o candidato se informar mais à fundo sobre o modelo de negócio da marca, analisar como será sua atuação e, se necessário, esclarecer qualquer dúvida.

Por este motivo, na COF devem constar informações completas sobre a marca, valores e condições de investimento, responsabilidades do franqueado, produtos/serviços oferecidos pela marca, taxas que o franqueado precisa pagar, entre outras informações cruciais.

Preparamos um vídeo completo com tudo o que você precisa saber sobre a Circular de Oferta de Franquia. Assista!

Contrato de Franquias

Como segundo documento, está o Contrato de Franquias. É importante estudar todas as minutas do contrato com bastante atenção.

Como a COF e o Contrato de Franquias são documentos bastante extensos, é indicado contar com o auxílio de um advogado, com experiência em franquias, para auxiliar na na análise de ambos documentos.

Antes da assinatura, é importante que o candidato a franqueado tenha consciência quais são os direitos e deveres de ambas as partes, além das informações que competem ao gerenciamento da franquia.

Para saber se este é o momento certo de empreender, temos um conteúdo completo que funciona como bússola! Acesse!

ebook chegou a sua hora de empreender?

Franquia de loja

Como apontamos anteriormente, a franquia em formato de loja é o principal modelo trabalhado pelas marcas. Como modelo mais tradicional é, também, o mais popular: está presente em todos os segmentos do franchising basileiro.

Independente do mercado de atuação, o modelo de franquia de loja se caracteriza pela operação em uma franquia de estrutura física mais robusta e completa. A operação também conta com o auxílio de equipe de funcionários para atendimento aos clientes.

Ao mesmo tempo, uma estrutura maior e com maiores possibilidades de atuação, também incide um capital de investimento mais completo. Por isso, quem escolhe por este modelo de negócio, deve contar com valor de capital para investimento maior.

As franquias de loja exigem investimento para aluguel do ponto comercial, mobiliário, reformas, manutenções, além de capital de giro, capital para pagamento de funcionários e contas relativas à loja: água, luz, internet são as básicas.

Perfil do investidor para os tipos de franquia de loja

mulher sorrindo loja tipos de franquias
As franquias de loja exigem que o empreendedor seja comprometido e organizado.

Por se tratar de um empreendimento maior, o franqueado deve ter habililidades para gerencimento da equipe de funcionários, do estoque, além de saber operar sistemas de administração da unidade.

Ou seja, é importante que o empreendedor esteja por dentro de todos os processos que se referem à franquia: de gestão ao atendimento ao público.

É importante ter um perfil organizado, que saiba seguir a padronização informada pela franqueadora. Também é interessante ter facilidade para atendimento do público.

Franquias de quiosque: são uma boa opção?

O modelo de franquia de quiosque é uma opção de investimento para quem quer apostar em um formato físico, mas com operação mais enxuta. Por este motivo, o valor de investimento costuma ser bem mais baixo do que a opção de loja.

As franquias de quiosque são mais indicadas para serem instaladas em locais com grande circulação de consumidores: shoppings, galerias comerciais, aeroportos, rodoviárias, faculdades, supermercados, entre outros locais.

Por ser uma estrutura móvel e versátil, este formato é ideal para oferecer produtos e serviços da loja de um jeito prático. Assim, os quiosques costumam oferecer um mix de produtos mais reduzidos e, consequentemente, o faturamento também é reduzido.

Mas, o baixo mix de produtos é, também, uma possibilidade para alto giro de opções de produtos, junto de um fácil acesso aos consumidores.

Desta forma, os valores para investimento são mais acessíveis: o aluguel do ponto dentro de um shopping, por exemplo, tende a ser mais acessível para quiosques do que para lojas. Outro diferencial é o número de funcionários necessário para operação da unidade, que costuma ser mais baixo do que nos formatos de loja.

Perfil do investidor

mulher sorrindo notebook
Modelos de franquias versáteis são ideais para empreendedores de perfil flexível.

Por se tratar de um formato de franquia mais enxuto e com operação versátil, é importante que o franqueado tenha perfil multifuncional.

Pode ser que a franqueadora aconselhe mudar o local de instalação do quiosque, para um corredor da galeria ou até para outro shopping center, por exemplo, com maior movimento.

Deste modo, é importante que o franqueado entenda que mudanças e atualizações na operação podem ser necessárias para um maior sucesso da unidade. Além disso, o empreendedor também tem que ter perfil organizado, saber liderar equipe de funcionários, compromisso para gestão do estoque dos produtos.

Franquias home office: um dos tipos para investimento

Ano após ano, o franchising brasileiro vem abrindo espaço para as franquias home office. Neste modelo de negócio, não é necessário que o franqueado alugue um ponto comercial para gerencimento da franquia.

A não necessidade de estrutura física, além de não ser preciso contratar equipe de funcionários, contar com estoque, entre outros investimentos comuns nas franquias tradicionais, possibilita que o valor de investimento em franquias home office seja bem mais em conta.

Além disso, uma operação de franquia home office permite que o franqueado organize o próprio horário de trabalho. A rotina se torna bem flexível, sendo possível, inclusive, conciliar a operação da unidade com outro tipo de trabalho ou com a rotina de cuidados com a casa.

A praticidade é o lema das franquias home based: o gerencimento das unidades acontecem via plataforma online. Em alguns modelos, o empreendedor trabalha todo o tempo na internet. Em outros, é preciso conciliar a rotina com visita a clientes ou fornecedores.

Perfil dos investidores

Por permitir uma operação de dentro de casa (ou em ambientes coworking), as franquias home office apresentam valores de investimento mais baixos. Assim, possibilita a entrada de perfis mais amplos de investidores.

Ao mesmo tempo, não é porque apresentam valores mais baixos, que o comprometimento deve ser deixado de lado. A flexibilidade de horários exige que o franqueado seja comprometido, organizado e saiba seguir a padronização da franqueadora.

É ideal que o franqueado se identifique com este tipo de trabalho que é feito, quase integralmente, de forma online. Por isso, é interessante ter facilidade no uso da internet.

Franquias delivery

embalagem delivery tipos de franquias
As franquias de delivery ampliam as formas de atuação no mercado.

As franquias delivery são mais comuns no segmento de alimentação, no qual a entrega de lanches e refeições é bastante popular entre os consumidores brasileiros.

Por este motivo, a boa aceitação do público é uma das principais vantagens deste modelo de investimento. A facilidade de atendimento aos consumidores, seja em casa ou nos ambientes de trabalho e estudo, também faz com que este seja um dos tipos de franquias para quem pretende se diferenciar entre as concorrentes.

O atendimento delivery, em muitas vezes, exige um ponto comercial de estrutura menor: em muitos casos, é necessário apenas ambiente para cozinha e para o caixa. Essa característica permite que a franquia apresente valor de investimento mais baixo.

Perfil do investidor para os tipos de franquia delivery

Além do segmento de alimentação, é bem comum que o segmento de serviços também ofereceça atendimento delivery. Assim, ambos modelos de negócio possibilitam que o franqueado atue em modelo home office, levando serviços até a casa dos clientes.

É importante que o franqueado seja organizado, para manejar todos os atendimentos diários sem deixar nenhum cliente de fora da agenda! É interessante ter habilidades com o uso de plataformas online, necessárias para gerencimento da unidade.

Em alguns formatos, é permitido que o empreendedor mescle o tipo de operação delivery com atendimento tradicional. Assim, perfis de investidores mais compromissados com o empreendimento conseguem atender demandas de diferentes perfis de consumidores.

Entretanto, ao atuar com modelos mistos, o empreendedor deve contar com um capital maias elevado para investimento.

Gostou de conhecer os tipos de franquias disponíveis no mercado? Assine a nossa newsletter para receber mais conteúdos completos sobre o universo das franquias! Certamente existe uma modalidade certa pra você!

Sair

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *